7

Qual é a diferença entre uma variável global e uma variável global estática? Exemplo:

#include <stdio.h>

int numero = 5;
static int static_numero = 5;

int main(void)
{
    printf("numero: %d \n", numero);
    printf("static_numero: %d \n", static_numero);

    return 0;
}

Existe alguma diferença entre as duas variáveis? Se não há diferença então qual seria o motivo de uma variável global não poder ser inicializada em um arquivo .h quando dois arquivos .c fazem o include?

/* Isso em um arquivo .h */
int a = 5; // Da erro
static int b = 5; // Nao da erro

/* Arquivo .c 1*/
#include "arquivo.h"

/* Arquivo .c 2 */
#include "arquivo.h"

O static do código acima por algum motivo é obrigatório, quando dois arquivos .c fazem o include, mas não seria redundante usar o static uma vez que o tempo de vida dessas variáveis não vão alterar?

1 Resposta 1

7

Global é um termo um pouco ambíguo. O tempo de vida de ambas é global, de fato.

Mas a visibilidade delas é bem diferente. A variável não local tradicionalmente declarada tem visibilidade realmente global. Mas quando ela recebe um qualificador static a visibilidade é apenas do arquivo fonte do código que ela está declarada, ou seja, somente funções contidas nesse arquivo poderão ver e acessar essa variável.

Então quando você coloca o static a variável deixa de ser totalmente global (não muda o tempo de vida) e permite que se use em arquivos diferentes o que você pensa ser a mesma variável, mas são duas diferentes, com mesmo nome, com escopos diferentes.

Ambas não são recomendadas na maioria das situações. Pode usar se for realmente necessário e souber muito o que está fazendo.

Veja Qual a diferença entre escopo e tempo de vida?.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.