1

Dado a busca em largura nos grafos em prolog, um grafo aonde um nó se conecta ao outro atraves do fato conectado(a,b). conectado(b,c). conectado(b,e). e assim por diante, o algoritmo normalmente funcionaria retornando para o usuario a rota mais curta entre algum nó de partida, sendo o primeiro ou nao, e o nó destino, podendo tambem ser qualquer um. O algoritmo se pareceria com este:

/* Chegar de A a Z, retornando caminho percorrido P,
   comecando de um caminho vazio
*/
path(A,Z,P) :- path1(A,Z,[],P).

/* Se ja' cheguei ao destino, parar a busca e incluir
   destino na lista contendo o caminho percorrido */
path1(Z,Z,L,L).

/* Se ainda nao cheguei no destino, encontrar caminho
   parcial de A para Y,  adicionar `a lista contendo o
   caminho parcial e continuar a busca a partir de Y
*/
path1(A,Z,L,P) :- (conectado(A,Y);conectado(Y,A)),
       \+ member(Y,L),
      path1(Y,Z,[Y|L],P). /* encontra caminho parcial de */
                          /* Y a Z */

Porem eu busco algo diferente para a minha aplicacao, preciso nao receber o caminho mais curto entre o ponto de partida e o de destino, mas sim quero receber o caminho virtual que o algoritmo percorreu para obter esse resultado. Isto é, se ele teve que checar todos os nos da mesma largura, pra so depois aumentar a profundidade, ja que isto que o busca em largura faz obviamente, quero receber nao o caminho direto para o objetivo, mas o caminho figurativo que o algoritmo teve de fazer, isto é, que o caminho que ele me retorne contenha todos nos na mesma largura antes de passar para o proximo nivel, ao inves de nao inclui-los na resposta ao ver que existe um caminho mais curto. Basicamente eu nao quero receber o melhor caminho ideal de X até Y, e sim o caminho que o algoritmo busca em largura teve que percorrer no grafo para me retornar este caminho, como se fosse um debug

1 Resposta 1

0

A sua implementação não é de busca em largura, mas sim de profundidade. A resolução SLD do Prolog tem essa característica de sempre buscar as regras na ordem em que são apresentadas no programa, o que no seu caso faz com que conectados(A, Y) seja percorrido como num grafo.

Dito isso, eu vejo 3 maneiras de você conseguir o que deseja:

  1. Manualmente, usando trace para acompanhar todos os passos internos;
  2. Com o bom e velho debug orientado a printf, imprimindo o caminho explorado até o momento;
  3. Acumulando os passos em um termo mutável.

Vamos começar pela alternativa #2 com a função format/2. Na minha versão, as arestas do grafo são armazenadas como caminho(A, B), e eu guardo a profundidade alcançada a partir da origem. Isso permitiria reconstruir uma árvore das tentativas.

conectado(A, B) :- caminho(A, B); caminho(B, A).

path(estação(A), estação(Z), P) :-
    path_(A, Z, [A], P1, 0),
    reverse(P1, P).

path_(Z,Z,L,L, _).
path_(A,Z,L,P, Depth) :-
    conectado(A, Y),
    \+ member(Y, L),
    %%%%
    format("#~d: caminho(~w, ~w)~n", [Depth, A, Y]),
    %%%%
    Depth1 is Depth+1,
    path_(Y, Z, [Y|L], P, Depth1).

Na alternativa #3, vamos utilizar o predicado nb_setarg/3, que altera o argumento de uma struct de forma mutável, sem desfazer no backtrack.

Note que Debug recebe debug([]) inicialmente, mas como ele é modificado como parte da busca, o writeln(Debug) vai imprimir algo diferente do inicial -- uma operação que não é lógica!

conectado(A, B) :- caminho(A, B); caminho(B, A).

path(estação(A), estação(Z), P) :-
    Debug = debug([]),
    path(estação(A), estação(Z), P, Debug),
    writeln(Debug).

path(estação(A), estação(Z), P, Debug) :-
    path_(A, Z, [A], P1, 0, Debug),
    reverse(P1, P).

path_(Z,Z,L,L, _, _).
path_(A,Z,L,P, Depth, Debug) :-
    conectado(A, Y),
    \+ member(Y, L),
    %%%%
    arg(1, Debug, Changes),
    Changes1 = [passo(Depth, A, Y)|Changes],
    nb_setarg(1, Debug, Changes1),
    %%%%
    Depth1 is Depth+1,
    path_(Y, Z, [Y|L], P, Depth1, Debug).

Você pode executar esse código no Swish (SWI-Prolog online) em um notebook, usando uma parte do metrô de SP como exemplo!

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.