-2

Boa tarde! Estou tendo problema para calcular derivada de uma função de duas variaveis. A função é essa :

(z1i-z1i-1)^2+(z2i-z2i-1)^2-l^2

l é um vetor de dimensão (x ou y) -1 e config são configurações do ponto inicial e o codigo é o seguinte:

def con(zz, L, config):
    # zz= [z^1_1, z^2_1, z^3.....z^N_1, z^1_2, z^2_2,.... z^n_2]
    nL = len(L)
    res = np.zeros(nL)
    zzM = np.zeros((2, nL +1))
    zzM[:,0] = config['a']
    zzM[:,1:-1] = zz.reshape(2,-1)
    zzM[:,-1] = config['b']
    for i, l in enumerate(L['l']):
        res[i] =  sum((zzM[:, i+1] - zzM[:,i])**2) - l**2

    return res

seguindo a formula de derivada numérica:

def numGrad(xx,f):
    n= len(xx)
    eps = 1e-7
    ngrad = np.ones((2,n))
    for i in range(n):
        xxz= xx.copy()
        xxz[i]+=eps
        ngrad[i]= ( f(xxz) - f(xx))/eps
    return ngrad



fc = lambda zz: con(zz, l1, config1)

numGrad(zz,fc)

estou obtendo esse vetor:

numGrad(zz,fc)
Out[243]: 
array([ 0.        ,  0.        ,  0.        ,  0.        ,  0.        ,
        0.        ,  0.        ,  0.        ,  0.        , -0.38851931,
        0.7123603 ])

A minha pergunta é, sabendo que x e y contem 11 variáveis, a derivada dessa função não seria um vetor de 22 elementos? o que estou fazendo errado?

2
  • A minha pergunta é, sabendo que x e y contem 11 variáveis, a derivada dessa função não seria um vetor de 22 elementos? Se fosse sobre o código aqui seria o lugar da pergunta, mas como é sobre a derivada e a estrutura do tensor resultante a pergunta deve ser feita no Math SE que é outro site da nossa rede de sites especializado em matemática, lembrando que é um comunidade independente da nossa que portanto possui suas próprias regras é gerida em língua inglesa. – Augusto Vasques 1/05 às 15:10
  • Obrigado Augusto – Gilberto Carvalho 1/05 às 15:24

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.