1

Sei que é redescobrir a roda, mas quero saber como posso implementar do meu jeito um bom gerador congruente linear para sortear números inteiros de 0 a 2^B-1. Como escolher constantes, quantos bits para a sequência, como fazer essa sequência ser bem embaralhada mesmo, etc.

1
  • Se alguém postar uma resposta melhor, mais simples e efetiva, eu aceito como solução.
    – RHER WOLF
    9/04 às 18:55
2

Geradores congruentes lineares para sorteio

Primeiramente, saiba que os GCLs (geradores congruentes/congruenciais lineares) são geradores de sequências recursivas de elementos inteiros em que aplica-se a cada elemento para descobrir o próximo da sequência duas operações lineares, uma multiplicação e outra de adição, e depois restringem o resultado a um intervalo calculando resto de divisão. Isto é usado para gerar números pseudo-aleatórios por meio da formação de sequências bem embaralhadas. Como?

Dado um m ∈ ℕ*, um f ∈ {1,2,...,m-1} e um t ∈ {0,1,2,...,m-1}, temos uma recursão s[n] = ( s[n-1] * f + t ) % m. Adotando um valor inicial (semente) s[0] ∈ {0,1,...,m-1}, podemos a partir dele calcular s[1] = ( s[0] * f + t ) % m, dele calcular s[2] = ( s[1] * f + t ) % m e daí em diante. Cada vez que se obtém um novo elemento da sequência, pode-se modificá-lo de modo que vire um inteiro mais adequado como resultado pseudo-aleatório. É comum ignorar os bits menos significativos porque costumam ter um padrão nítido de comportamento.

Exemplo

A biblioteca de C do visual studio já usou a recursão s[n] = ( s[n-1]*214013+2531011 )%4294967296 retornando os bits de índice 16 a 30. Uma maneira de implementar isso é usar uma variável de estado global inteira de 32 bits int RandomState ; para armazenar o elemento atual da sequência, implementar uma definição de seed void srand( int seed ){ RandomState = seed ; } e o sorteio que atualiza o estado para o próximo elemento e pega os bits corretos.

int rand(){
    //RandomSeed = RandomSeed * 214013 + 2531011 ;
    RandomSeed = RandomSeed * 0x343FD + 0x269EC3 ;
    return ( RandomSeed & 0x7FFFFFFF )>>16 ;
}

Não foi necessário calcular o resto da divisão porque, além do tipo inteiro de 32 bits já automaticamente limitar a 4294967296 números na sequência (apesar do sinal dos altos códigos binários tornar o intervalo de incorreto, não de 0 a 4294967295 mas sim -2147483648 a 2147483647), o operador & é para anular o bit de índice 31, que tira o sinal e possibilita com o deslocamento terminar de pegar os bits de índice 16 a 30. Com isso, o sorteio resulta em números de 0 a 32767.

E a semente?

Lógico que, não apenas neste mas em qualquer GCL, se sempre usar a mesma semente a sequência será sempre a mesma, não simula um comportamento aleatório. Por isso é recomendado usá-los de modo que se garanta distintas sementes com um mecanismo oculto, como o uso de uma função relógio, pois a cada intervalo de tempo da granularidade da função o resultado do relógio é diferente e cada vez que o resultado dele muda (logo a semente muda) a sequência também muda.

Também pode-se usar como semente uma espécie de "código genético" que determina qual será a sequência de modo que um procedimento com essa sequência sempre forme os mesmos resultados para formar algo fixo associado a esse "código genético" e variado para os distintos códigos.

Fontes

https://en.wikipedia.org/wiki/Linear_congruential_generator https://pt.wikipedia.org/wiki/Geradores_congruentes_lineares

Definindo o seu

Primeiramente, saiba que GCLs têm uma variável de estado s que abriga um número inteiro, normalmente com número de bits b maior que B. Após determinar um valor inicial (semente), cada vez que essa variável é atualizada aplica-se uma fórmula como s=s*f+t onde f é um fator inteiro e t é um termo inteiro, ambos constantes ao longo da sequência e definidos a sua escolha, mas a escolha deste par fortemente afeta a qualidade dos resultados.

  • É recomendado que essas duas constantes atendam a f%4 == 1 e t%2 == 1 para que qualquer número aceito pelo tipo inteiro de s seja alcançável em qualquer sequência e seja possível o sorteio ser razoavelmente realista (busque os melhores e piores pares de f e t nesse sentido).

  • Outra alternativa é f%8 == 3 || f%8 == 5 e t == 0 para tirar a necessidade da adição, mas requer semente ímpar para funcionar bem, neste caso a sequência somente tem números ímpares (metade dos números suportados pelo tipo inteiro usado), somente uma metade ou outra (a depender da semente) desses números ímpares são acessíveis (ou seja, há a partição de suas sequências distintas, logo o número de valores alcançáveis por sequência é 1/4 dos suportados pelo tipo inteiro usado) e aparentemente os sorteios mais realistas de dezenas de bits têm t%2 == 1.

Segundo, perceba que os primeiros bits costumam seguir um padrão muito previsível, portanto a razão de se recomendar variável de estado com mais bits que os que se deseja sortear é exatamente para deslocá-los. Se a sequência pseudo-aleatória é de uma variável de b bits, então para sortear B bits deve-se deslocar b-B bits para a direita. Lembre-se de dar atenção ao sinal do inteiro ao deslocar. São recomendados altos valores de b para ter uma sequência maior, menos repetitiva, mas isso pouco aumenta o potencial de qualidade local do sorteio.

Terceiro, para sortear com essa tal qualidade não se tem uma convenção de como medir o realismo dos sorteios, mas é fato que GCLs simulam modelos uniformes discretos e esse tipo de distribuição possui características como valor médio, desvio médio, desvio máximo, desvio padrão... portanto deve-se atender ao máximo essas propriedades. A partir daí, você pode definir se acha as constantes escolhidas suficientemente boas ou não, decidir se usa ou verifica outras.

Um exemplo de padrão de qualidade

Uma maneira de medir a qualidade é experimentalmente calcular valores consecutivos da sequência, utilizá-los para estimar algumas derivadas (da função do índice que corresponde ao elemento da sequência) com diferenças finitas e então comparar com os valores esperados para assim estimar uma espécie de desvio deles.

Por exemplo, pode-se calcular s[0]=0, s[1]=s[0]*f+t, s[2]=s[1]*f+t e a partir daí cada vez que se calcula um novo s[n]=s[n-1]*f+t tem-se uma sequência s[n-3], s[n-2], s[n-1], s[n], que permite até terceira ordem de derivadas estimadas usando diferenças finitas. Em caso de b bits pequeno (como 16), pode-se calcular toda a sequência em tempo razoável com executáveis que não tenham grandes problemas de desempenho, como compilando código em C talvez sem nem precisar de otimização.

Exemplo de aplicação de terceira ordem

Sendo a sequência em s de valores únicos de 0 a 2^b-1 distribuídos pseudo-aleatoriamente, pode-se obter outra sequência aplicando um fator e um termo mantendo as propriedades uniformes. Aplicar v[n]=s[n]/2^b+1/2^(b+1) resulta em sequência em v de valores discretos únicos uniformemente distribuídos entre 0 e 1. A sequência v tem média 0.5 e desvio absoluto médio de aproximadamente 0.25. Porém as derivadas têm média 0 e desvios absolutos médios variados em função de b, f e t, sendo que de primeira ordem se espera 291539/320760 ≈ 0.909, segunda 1919/1200 ≈ 1.599 e terceira 142/135 ≈ 1.052. Se, por exemplo, você calcula derivadas 0.9, 1.6, 1.06 você percebe que o erro relativo de cada uma é 0.0098, 0.0005, 0.0077, portanto pode-se admitir erro máximo de 0.98% ou qualidade mínima 100%-0.98% (99.02%).

Para aplicar esse critério de qualidade, pode-se utilizar a fórmula 11*v[n]-18*v[n-1]+9*v[n-2]-2*v[n-3] para estimar 6x a derivada na primeira ordem (espera-se 6*291539/320760 ≈ 5.453), 2*v[n]-5*v[n-1]+4*v[n-2]-v[n-3] para estimar 1x deriva a segunda (≈1.599) e v[n]-3*v[n-1]+3*v[n-2]-v[n-3] para estimar 1x deriva a terceira (≈1.052). Com essas fórmulas, usando b=4, f=9, t=3 ou t=5 tem-se o GCL de qualidade 89.98% em toda a sequência, já b=4, f=1, t=1 ou t=15 tem qualidade 23.45%.

Experimentos

Este código em C tem a função qc implementada para calcular a qualidade do sorteio, recebendo f%4 == 1 e t%2 == 1 e usando variáveis globais m definidas cada vez que se define um b=3,4,5,6,7,8 num loop, assim calculando as qualidades e imprimindo as melhores configurações de f e t: https://ideone.com/gHg3T1. Perceba que para cada b percorre f = 1, 5, 9, ..., 2^b-3, internamente t = 1, 3, 5, ..., 2^b-1 e mais internamente (na função) sorteia toda a sequência possível, o que pesa muito se utilizar dezenas de bits.

Porém este código em C foi atualizado para código em VC++ que aceita qualquer f e t. Utilizando

# include <time.h>
# include <stdio.h>
typedef __int8 Char8 ;
typedef double Float64 ;
typedef __int64 SInt64 ;
typedef __int32 SInt32 ;
typedef unsigned __int8 UInt8 ;
typedef unsigned __int32 UInt32 ;
typedef unsigned __int64 UInt64 ;

e implementando a função

Float64 RandomQuality_Percent( UInt32 Factor , UInt32 Term , SInt64 Bits , UInt32 *MinState , UInt32 *MaxState , Float64 *StatesCount ){
    const UInt32 CBits=UInt8( Bits>0 ?( Bits<32 ? Bits : 32 ): 0 ) , AndArg=UInt32( (1LL<<CBits)-1 ) ;
    const Float64 StvFactor=1.0/(1LL<<CBits) , StvTerm=( Term==0 ? 0.0 : 0.5*StvFactor ) , MaxStatesCount=AndArg+1.0 ;
    UInt32 State=( *MinState = *MaxState = (Factor+Term)&AndArg ) , FinalState=(State*Factor+Term)&AndArg ;
    Float64 Value0 , Value1=StvFactor+StvTerm , Value2=State*StvFactor+StvTerm , Temporary ;
    Float64 Mrd0=(*StatesCount=0) , Mrd1=0 , Mrd2=0 , Value3=(State=FinalState)*StvFactor+StvTerm ;
    do {
        (*StatesCount)++ ;
        Value0 = Value1 ;
        Value1 = Value2 ;
        Value2 = Value3 ;
        Value3 = ( State=(State*Factor+Term)&AndArg )*StvFactor+StvTerm ;
        if( State < *MinState ) *MinState = State ;
        if( State > *MaxState ) *MaxState = State ;
        Temporary = 1100/5.453404414515526 * Value3 ;
        Temporary -= 1800/5.453404414515526 * Value2 ;
        Temporary += 900/5.453404414515526 * Value1 ;
        Temporary -= 200/5.453404414515526 * Value0 ;
        ( Temporary<0 ? Mrd0-=Temporary : Mrd0+=Temporary ) ;
        Temporary = 200/1.5991666666666667 * Value3 ;
        Temporary -= 500/1.5991666666666667 * Value2 ;
        Temporary += 400/1.5991666666666667 * Value1 ;
        Temporary -= 100/1.5991666666666667 * Value0 ;
        ( Temporary<0 ? Mrd1-=Temporary : Mrd1+=Temporary ) ;
        Temporary = 100/1.0518518518518519 * Value3 ;
        Temporary -= 300/1.0518518518518519 * Value2 ;
        Temporary += 300/1.0518518518518519 * Value1 ;
        Temporary -= 100/1.0518518518518519 * Value0 ;
        ( Temporary<0 ? Mrd2-=Temporary : Mrd2+=Temporary ) ;
    } while(( State != FinalState )&&( MaxStatesCount != *StatesCount )) ;
    if( (Mrd0/=*StatesCount) > 100 ) Mrd0 = 200 - Mrd0 ;
    if( (Mrd1/=*StatesCount) > 100 ) Mrd1 = 200 - Mrd1 ;
    Temporary = ( Mrd0<Mrd1 ? Mrd0 : Mrd1 ) ;
    if( (Mrd2/=*StatesCount) > 100 ) Mrd2 = 200 - Mrd2 ;
    return ( Temporary<Mrd2 ? Temporary : Mrd2 ) ;
}

para calcular a qualidade usando semente 1 e ainda armazenar valores mínimos, máximos da sequência e contagem de elementos dela, pode-se assim conseguir mais dados e para mais configurações. Esta função main busca os melhores em b=3,4,5,...,12,13.

SInt32 main( UInt32 argsLength , Char8** args ){
    Float64 TimeFactor=0 ;
    for( UInt8 Bits=2 ; Bits<=13 ; Bits++ ){
        UInt32 StartTime=time(0) ;
        printf( " >>> BITS=%u Time=?????.??s" , UInt32(Bits) ) ;
        UInt32 MaxValuePer4=1<<( Bits-2 ) , MaxValuePer2=MaxValuePer4<<1 ;
        UInt64 MaxValuePlusOne = 2LL * MaxValuePer2 ;
        Float64 Count=Float64(MaxValuePlusOne)*MaxValuePlusOne , BestQuality=0 , BestStatesCount[999] ;
        UInt32 BestLength=0 , BestFactor[999] , BestTerm[999] , BestMinState[999] , BestMaxState[999] ;
        for( UInt32 BlockFactor=0 ; BlockFactor<MaxValuePer4 ; BlockFactor++ ){
            for( UInt32 BlockTerm=0 ; BlockTerm<MaxValuePer2 ; BlockTerm++ ){
                for( UInt32 PieceFactor=0 ; PieceFactor<4 ; PieceFactor++ ){
                    UInt32 Factor = 4 * BlockFactor + PieceFactor ;
                    for( UInt32 PieceTerm=0 ; PieceTerm<2 ; PieceTerm++ ){
                        UInt32 Term = 2 * BlockTerm + PieceTerm ;
                        printf( "\b\b\b\b\b\b\b\b\b%8.2lfs" , TimeFactor * Count-- ) ;
                        Float64 Quality = 1e-9*UInt64( 0.5+1e9*RandomQuality_Percent( Factor , Term , Bits , BestMinState+BestLength , BestMaxState+BestLength , BestStatesCount+BestLength ) ) ;
                        if(( Quality >= BestQuality )&&( Quality < 100 )&&( BestStatesCount[BestLength] >= 4 )){
                            if( Quality > BestQuality ){
                                BestQuality = Quality ;
                                BestLength = 0 ;
                            }
                            BestFactor[ BestLength ] = Factor ;
                            BestTerm[ BestLength++ ] = Term ;
                        }
                    }
                }
            }
        }
        TimeFactor = Float64( time(0)-StartTime )/(( MaxValuePlusOne )*Float64( MaxValuePlusOne )) ;
        printf( "\b\b\b\b\b\b\b\b\b\b\b\b\b\bQuality=%.9lf%%\n" , BestQuality ) ;
        for( UInt32 index=0 ; index<BestLength ; index++ ){
            printf( "     --> FACTOR(%.4lf)=%u " , BestFactor[index]/Float64(MaxValuePlusOne) , BestFactor[index] ) ;
            printf( "TERM(%.4lf)=%u " , BestTerm[index]/Float64(MaxValuePlusOne) , BestTerm[index] ) ;
            printf( "MinState=%u MaxState=%u StatesCount=%.0lf\n" , BestMinState[index] , BestMaxState[index] , BestStatesCount[index] ) ;
        }
    }
}

Perceba que há mais loops que o necessário, pois há a composição de termo e fator com dois componentes, o bloco e o pedaço. É para estabilizar a contagem de tempo, pois há valores vizinhos que demoram tempos distintos. Além disso, a execução demora. Seria uma boa paralelizar os ciclos mais internos.

O resultado impresso no console foi o seguinte.

 >>> BITS=2 Quality=91.685846491%
     --> FACTOR(0.2500)=1 TERM(0.2500)=1 MinState=0 MaxState=3 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.2500)=1 TERM(0.7500)=3 MinState=0 MaxState=3 StatesCount=4
 >>> BITS=3 Quality=91.685846491%
     --> FACTOR(0.1250)=1 TERM(0.2500)=2 MinState=0 MaxState=7 StatesCount=8
     --> FACTOR(0.1250)=1 TERM(0.7500)=6 MinState=1 MaxState=7 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.6250)=5 TERM(0.2500)=2 MinState=1 MaxState=7 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.6250)=5 TERM(0.7500)=6 MinState=1 MaxState=7 StatesCount=4
 >>> BITS=4 Quality=91.685846491%
     --> FACTOR(0.0625)=1 TERM(0.2500)=4 MinState=0 MaxState=15 StatesCount=16
     --> FACTOR(0.0625)=1 TERM(0.7500)=12 MinState=1 MaxState=13 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.3125)=5 TERM(0.0000)=0 MinState=1 MaxState=13 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.3125)=5 TERM(0.5000)=8 MinState=1 MaxState=13 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.5625)=9 TERM(0.2500)=4 MinState=1 MaxState=13 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.5625)=9 TERM(0.7500)=12 MinState=1 MaxState=13 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.8125)=13 TERM(0.0000)=0 MinState=1 MaxState=13 StatesCount=4
     --> FACTOR(0.8125)=13 TERM(0.5000)=8 MinState=1 MaxState=13 StatesCount=4
 >>> BITS=5 Quality=98.987676056%
     --> FACTOR(0.9062)=29 TERM(0.1562)=5 MinState=0 MaxState=31 StatesCount=32
     --> FACTOR(0.9062)=29 TERM(0.7188)=23 MinState=0 MaxState=31 StatesCount=32
 >>> BITS=6 Quality=99.145568860%
     --> FACTOR(0.5781)=37 TERM(0.0469)=3 MinState=0 MaxState=63 StatesCount=64
     --> FACTOR(0.5781)=37 TERM(0.5156)=33 MinState=0 MaxState=63 StatesCount=64
 >>> BITS=7 Quality=99.850182387%
     --> FACTOR(0.1641)=21 TERM(0.3828)=49 MinState=0 MaxState=127 StatesCount=128
     --> FACTOR(0.1641)=21 TERM(0.7734)=99 MinState=0 MaxState=127 StatesCount=128
     --> FACTOR(0.7891)=101 TERM(0.3828)=49 MinState=0 MaxState=127 StatesCount=128
     --> FACTOR(0.7891)=101 TERM(0.3984)=51 MinState=0 MaxState=127 StatesCount=128
 >>> BITS=8 Quality=99.958983357%
     --> FACTOR(0.5820)=149 TERM(0.2461)=63 MinState=0 MaxState=255 StatesCount=256
     --> FACTOR(0.5820)=149 TERM(0.3320)=85 MinState=0 MaxState=255 StatesCount=256
 >>> BITS=9 Quality=99.985729809%
     --> FACTOR(0.9629)=493 TERM(0.4043)=207 MinState=0 MaxState=511 StatesCount=512
     --> FACTOR(0.9629)=493 TERM(0.5566)=285 MinState=0 MaxState=511 StatesCount=512
 >>> BITS=10 Quality=99.996862277%
     --> FACTOR(0.3018)=309 TERM(0.3291)=337 MinState=0 MaxState=1023 StatesCount=1024
     --> FACTOR(0.3018)=309 TERM(0.9717)=995 MinState=0 MaxState=1023 StatesCount=1024
 >>> BITS=11 Quality=99.997289187%
     --> FACTOR(0.4126)=845 TERM(0.4468)=915 MinState=0 MaxState=2047 StatesCount=2048
     --> FACTOR(0.4126)=845 TERM(0.9653)=1977 MinState=0 MaxState=2047 StatesCount=2048
 >>> BITS=12 Quality=99.999219599%
     --> FACTOR(0.5071)=2077 TERM(0.6321)=2589 MinState=0 MaxState=4095 StatesCount=4096
     --> FACTOR(0.5071)=2077 TERM(0.8748)=3583 MinState=0 MaxState=4095 StatesCount=4096
 >>> BITS=13 Quality=99.999718263%
     --> FACTOR(0.8717)=7141 TERM(0.2313)=1895 MinState=0 MaxState=8191 StatesCount=8192
     --> FACTOR(0.8717)=7141 TERM(0.6403)=5245 MinState=0 MaxState=8191 StatesCount=8192

Com um programa similar, pude por algumas horas rastrear valores de f que formem configurações b=32, t=±1, f%4==1 de sequências tais que a qualidade em cada uma completa pude calcular em cerca de um minuto.

Com 64 bits, não se calcula a qualidade na sequência inteira nem em séculos. Não se definiu outro critério razoável para medir. Logo não houve essa tentativa. Além disso, mesmo limitado a 32 bits não se encontrou um padrão para valores de t que favorecesse encontros de sequências de maior qualidade. Devido a isso, aceitou-se incremento (t=1) e decremento (t=-1 ou t=4294967295).

Examinando cada f=5°,5¹,5²,5³,...,(5^759)%4294967296 com t ∈ {1,-1}, até então a melhor fórmula encontrada foi s[n+1] = (2335288753*s[n]-1)%4294967296 = 0x8B31ADB1*s[n]+0xFFFFFFFF com o 53º valor de f, t=-1 e qualidade 99.9999999751%.

3
  • 1
    Eu só posso falar por mim. Achei pergunta e a resposta interessantes, mas se a pessoa não sabe nada sobre geradores congruentes lineares e estiver querendo conhecer o algoritmo não vai conseguir extrair nada. Só minha opinião, posso estar equivocado, mas poderia introduzir o assunto antes de ir direto ao ponto. 10/04 às 0:53
  • Notei erro no código que muda algumas conclusões sobre t==0. Corrigi tudo e adicionei mais detalhes e estrutura textual, vou só esperar para ver se termina de executar o programa que fiz para apresentar o resultado.
    – RHER WOLF
    11/04 às 14:54
  • Outro algoritmo de PRNG não o interessa, tipo o Accorn? 11/04 às 15:06

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.