2

Olá, galera! Estou implementando um código para inserir uma espécie de tabela em um ponteiro e realocar memória enquanto a função add() está sendo executada, a função name() será executada apenas uma vez para definir o nome da tabela.

O erro: ao adicionar dois nomes à tabela, o código executa normalmente, mas quando ultrapasso duas chamadas à função add(), ocorre um segmentation default.

Exemplo de erro:

add(table, "Lucas\n");
add(table, "Vanessa\n");
add(table, "Marcos\n");

Código completo:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <string.h>

int name(char *table, char *text)
{
    table = (char *) realloc(table, (strlen(text) + 1) * sizeof(char));

    if (table == NULL) {
        return EXIT_FAILURE;
    }

    /* O nome da tabela é copiado para "table" */
    strncpy(table, text, (strlen(text) + 1) * sizeof(char));

    return EXIT_SUCCESS;
}

int add(char *table, char *text)
{
    table = (char *) realloc(table, (strlen(text) + 1) * sizeof(char));

    if (table == NULL) {
        return EXIT_FAILURE;
    }

    /* Os dados da tabela são concatenados */
    strncat(table, text, (strlen(text) + 1) * sizeof(char));

    return EXIT_SUCCESS;
}

int main(void)
{
    char *table = (char *) malloc(sizeof(char));

    if (table == NULL) {
        fprintf(stderr, "Erro ao inicializar o ponteiro!\n");
        exit(EXIT_FAILURE);
    }

    name(table, "Nomes:\n");

    add(table, "Lucas\n");
    add(table, "Vanessa\n");

    printf("%s", table);

    free(table);

    return EXIT_SUCCESS;
}

Desde já, agradeço grandemente! :)

1 Resposta 1

3

O erro do seu programa está na utilização do realloc(), nesse trecho:

// Esse trecho eh da funcao add
table = (char *) realloc(table, (strlen(text) + 1) * sizeof(char));

Observe:

void *realloc(void *ptr, size_t size);

A função realloc() modifica o tamanho da memória alocada em ptr e o novo tamanho é igual a size. Quando falo igual estou dizendo que o tamanho anterior não é adicionado ao valor de size, logo realloc() pode diminuir o tamanho ao invés de aumentar e é isso que ocorre no seu código.

Voltando para esta parte do seu programa:

// Esse trecho eh da funcao add
table = (char *) realloc(table, (strlen(text) + 1) * sizeof(char));

Ao você utiliza o realloc(), o valor realocado para table será igual a (strlen(text) + 1).

Considerando o valor de (strlen(text) + 1) igual a 50 e table igual a 30, então os bytes realocados serão 50 e não 80. Quando o programa fizer isto:

strncat(table, text, (strlen(text) + 1) * sizeof(char));

table, que tem uma string de 30 bytes, será concatenada a (strlen(text) + 1), que tem uma string de 50 bytes, entretanto table só pode armazenar 50 bytes e não 80. Quanto mais valores forem adicionados com a função add, mais dados estarão em espaços de memória desconhecidos até que uma hora ou outra um erro ocorrerá.

Para resolver isso basta calcular o tamanho que realmente table precisará ter para armazenar a string concatenada, desta forma:

table = (char *) realloc(table, ((strlen(table)) + (strlen(text) + 1)) * sizeof(char));

Agora o tamanho realocado será (strlen(table)), que é o tamanho da string que já tem nela, mais (strlen(text) + 1), que é o tamanho da nova string.

Veja o código funcionado agora: código.

1
  • Caracaaa, acabei passando por desapercebido! Muito obrigado, mano :D Realmente eu pensava que a função realloc() unia o tamanho da string alocada anteriormente, mas é errando que aprendemos. Grande abraço, irmão! :) – Lucas Araújo 8/04 às 6:31

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.