0

Quero saber qual seria o melhor e pior caso do meu código. Ainda não entendo muito bem como fazer esses tipos de análise em um código e queria ter alguma ajuda para saber como identificar. Eu entendo que é necessário saber seu tipo de complexidade e tudo mais, na teoria eu até entendo, mas na hora de analisar e colocar na prática fico sem rumo.

    static void Main(string[] args)
    {
        string s, revs = "";
        Console.WriteLine(" Digite a Palavra");
        s = Console.ReadLine();
        for (int i = s.Length - 1; i >= 0; i--) 
        {
            revs += s[i].ToString();
        }
        if (revs == s) 
        {
1
  • A resposta resolveu sua dúvida? Acha que pode aceitá-la? Veja o tour se não souber como faz. Isso ajudaria muito indicar que a solução foi útil para você. Também pode votar em qualquer pergunta ou resposta que achar útil no site todo (quando tiver 15 pontos). – Maniero 18/03 às 16:01

1 Resposta 1

4

Eu sempre falo que achar a complexidade real não é tão simples assim. Olhando por cima podemos dizer fácil que é O(n) sendo n o tamanho da string s que será sabida ao digitar o texto, ou seja, é complexidade linear, porque ele leva a quantidade de passos para executar igual ao tamanho de s.

Porém tem um problema que muita gente deixaria escapar. Quando você fica concatenando string, que é imutável por padrão no C#, há um custo adicional para copiar a string atual para uma nova, então em cada passo ainda existirá um custo de cópia acumulativo. Então se mudar o algoritmo e usar um objeto de string mutável devidamente inicializado pode só considerar o O(n). Pode ler mais em O que faz o join() ser tão superior se comparado a outras técnicas de concatenação?.

E por outras razões é mais eficiente fazer:

using static System.Console;
using System.Text;

public class Program {
    public static void Main() {
        WriteLine(" Digite a Palavra");
        var s = ReadLine();
        var revs = new StringBuilder(s.Length);
        for (int i = s.Length - 1; i >= 0; i--) revs.Append(s.Substring(i, 1));
        WriteLine(revs);
    }
}

Veja funcionando no ideone. E no .NET Fiddle. Também coloquei no GitHub para referência futura.

Mas se está tentando verificar um palíndromo tem maneira mais eficiente ainda, já que não precisa fazer cópia alguma e pode verificar só metade dos caracteres.

Pode ler mais em O que é a complexidade de um algoritmo?.

2
  • Levando em consideração seu código que também tem sua complexidade O(n), como consigo identificar o melhor e pior caso? Seria algo parecido com uma função f(n)=5n para o melhor caso e para o pior f(n)=5ns. N sendo o tamanho da string e S para o numero de palavras digitadas? – fusionhelhotmailcom 9/03 às 23:58
  • Não existe número de palavras digitas, só existe o tamanho da string, que é o melhor e o pior caso, é muito simples. Eu nem sei como dizer para identificar porque qualquer cosia que percorra todos elementos é uma complexidade linear, e o código mostra justamente percorrendo toda coleção de dados. – Maniero 10/03 às 0:03

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.