14

Se eu instalar certificado SSL e usar HTTPS em meu site, por exemplo, eu executo um formulário POST, os dados do formulário chegam encriptados ao servidor?

Se sim, como descriptografar usando PHP?.

21

O SSL/TLS é uma camada de criptografia a nível de transporte. Isso significa que:

  1. Sim, os dados chegam encriptados; somente o browser do usuário e o seu servidor têm acesso a eles, ninguém no meio do caminho pode vê-los ou alterá-los sem ser percebido;

  2. Não é necessário fazer nada no PHP para descriptografar, pois o PHP opera na camada de aplicação, não de transporte. Como a imagem abaixo mostra, tudo o que está nas camadas acima dele (inclusive o próprio protocolo HTTP) continua operando normalmente, sem nem tomar conhecimento do que ocorre por baixo:

    Diagrama mostrando o posicionamento do Tls em relação ao TCP e HTTP/FTP/SMTP

    A query string e todo o corpo da requisição POST, embora estejam encriptados em trânsito, estarão disponíveis no seu formato original para o seu código PHP. De modo que para acessá-los, basta fazer da mesma forma que faria com uma conexão sem criptografia (i.e. um simples http://).

  • 1
    mais simples e ilustrativo seria difícil. Parabens – chambelix 7/02/15 às 9:27
11

A resposta do mgibsonbr já explica perfeitamente o que você deseja saber nesta pergunta. Como sei que você está interessado em criptografia end-to-end vou complementar algo importante para não usar a ferramenta errada.

Usar HTTPS não é fazer criptografia end-to-end. O conceito end-to-end só consegue ser aplicado de fato quando a criptografia é usada na camada da aplicação. Em tese seria possível aplicar em outras camadas, mas, dada a forma como elas funcionam na prática, não é possível sem fazer uma bela de uma gambiarra que não faz nenhum sentido. Pelo menos, não consigo ver de outra forma.

Usar HTTPS na forma como ele funciona hoje significa que haverá um intermediário, em algum momento haverá decrepitação da informação por um agente que não são os terminais. Como foi dito na outra resposta a aplicação não tem que lidar com a criptografia e em geral nem que o dados trafegaram criptografados, é totalmente transparente. Mesmo que o código PHP imediatamente criptografe de novo, a privacidade e garantia de autenticidade do dado já está comprometido - ainda que nada ruim seja feito com ele.

Independente de querer usar end-to-end, é bom que todos desenvolvedores saibam que o HTTPS só garante o transporte seguro dos dados. Quando o dado fica disponível para a aplicação, não há segurança alguma, um servidor comprometido ou uma aplicação que deixa brechas podem expor dados sem segurança alguma. E este é um entendimento errado muito comum. Há uma falsa impressão de segurança quando HTTPS é usado.

Não existe meia segurança

Ou é seguro ou é inseguro. Ter insegurança por uma pequena fração de segundo é suficiente para classificarmos algo como inseguro. Qualquer brecha na aplicação ou comprometimento do servidor (mesmo por acesso autorizado) pode permitir acesso a uma informação que esteja rapidamente disponível sem criptografia.

E a criptografia que depende de chave precisa ter a chave provada de forma segura. Não adianta criptografar algo e disponibilizar as chaves no mesmo ambiente ou outro ambiente também comprometido. Se você consegue descriptografar, você precisar ter todas as chaves naquele ambiente.

Isto em geral não é considerado um problema. Há consciência que não há segurança total no servidor. Quando não está querendo alcançar E2E isto não é problema. Mas quando o objetivo é o E2E só as pontas podem estar vulneráveis. E é bom que se saiba que isto não tem solução. E2E só pode garantir que não haverá acesso durante todo processo de comunicação, quando chega na ponta já não dá para garantir mais nada.

  • Isso ficou claro, porém voce me abriu uma brecha, veja de acordo com essa questao que eu tive essa duvida pt.stackoverflow.com/questions/28828/como-o-https-ssl-funciona – Elaine 7/02/15 às 14:58
  • e de acordo com o que ele explica o trafego é seguro, com HTTPS/SSL ele nao passa por mais pessoas além de Alice e Bob, agora o fato de o dado ficar desencriptado por 1 milesimo de segundo... Pode até quebrar a logica do end-to-end, mas o servidor ainda estará encriptando tudo (ok, quebrou a logica do end-to-end) mas a segurança continuou, me explique mais o motivo dos dados ficarem inseguros, por que ? e como alguem poderia estragar isso? ficou confusomas creio que entende minha duvida – Elaine 7/02/15 às 15:02
  • Não existe meia segurança, ou está seguro ou não está. Quando você recebe a resposta HTTPS pelo PHP a segurança acaba ali. mesmo que você volte criptografar, mesmo que isto aconteça em uma fração de milésimo de segundo, se a sua aplicação tiver alguma brecha, se o seu servidor estiver comprometido (e ele pode estar comprometido por você mesmo, você pode estar dizendo que está tudo seguro mas pode estar espionando), é possível pegar os dados sem criptografia. Só o fato de chegar em um servidor que eu não tenho controle eu já sei que eu não posso confiar em privacidade alguma ali. – Maniero 7/02/15 às 15:09
  • Eu sei que corro riscos da minha informação ser vazada independente da vontade do mantenedor do servidor (e ele pode ter vontade, ninguém me garante que não). Se você está inseguro por um ligeiro momento você está inseguro. Claro que alguém só poderá se apoderar de alguma informação se tiver acesso ao servidor. O problema é que é mais frequente do que deveria quem tem capacidade conseguir ter acesso à servidores indevidamente. – Maniero 7/02/15 às 15:12
  • 1
    Tem mas é algo complexo de responder aqui. Envolve um estudo profundo no assunto segurança, coisa que não sou especialista. Quando você quer segurança precisa contratar quem tem competência comprovada. Mesmo assim não há garantias. – Maniero 7/02/15 às 17:22

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.