4

Olhando a documentação do hook useReducer, verifiquei que a função redutora é criada fora do componente:

const initialState = {count: 0};

function reducer(state, action) {
  switch (action.type) {
    case 'increment':
      return {count: state.count + 1};
    case 'decrement':
      return {count: state.count - 1};
    default:
      throw new Error();
  }
}

function Counter() {
  const [state, dispatch] = useReducer(reducer, initialState);
  return (
    <>
      Count: {state.count}
      <button onClick={() => dispatch({type: 'decrement'})}>-</button>
      <button onClick={() => dispatch({type: 'increment'})}>+</button>
    </>
  );
}

Existe alguma vantagem/desvantagem em se utilizar a função redutiva fora da declaração do componente em comparação em utilizar dentro do componente?

Exemplo:

function Counter() {
  const initialState = { count: 0 };

  const reducer = (state, action) => {
    switch (action.type) {
      case "increment":
        return { count: state.count + 1 };
      case "decrement":
        return { count: state.count - 1 };
      default:
        throw new Error();
    }
  };
  const [state, dispatch] = useReducer(reducer, initialState);
  return (
    <>
      Count: {state.count}
      <button onClick={() => dispatch({ type: "decrement" })}>-</button>
      <button onClick={() => dispatch({ type: "increment" })}>+</button>
    </>
  );
}
1
  • 1
    Esse código é criado fora mesmo, mas, tem um ponto todos os componentes podem utilizar, e nesse caso pouco importa porque a regra é clara onde toda a arvore tem a possibilidade de utilizar esse código, ou seja, fica disponível, se atualizar em algum lugar toda a arvore também é atualizada. – novic 23/02 às 15:02

1 Resposta 1

2

Existe alguma vantagem/desvantagem em se utilizar a função redutiva fora da declaração do componente em comparação em utilizar dentro do componente?

Sim. É mais vantajoso declará-las fora do componente. Não somente funções redutoras, mas qualquer função deveria ser, idealmente, declarada fora do componente.


Isso acontece porque, como componentes React nada mais são que meras funções JavaScript, sempre que o React renderiza (ou re-renderiza) um componente, ocorre uma nova chamada à função do componente.

Assim, como a função do componente será chamada para cada renderização, tudo o que está dentro da função será criado novamente. Eu expliquei um pouco melhor sobre esse comportamento do JavaScript aqui.


Portanto, é vantajoso definir qualquer função fora do componente para evitar recriações de funções (e até mesmo objetos) desnecessariamente.

Claro, isso nem sempre é possível, uma vez que eventualmente funções podem precisar de alguma propriedade que o componente recebe. Nessas situações, alguns caminhos podem ser tomados:

  1. Fazer com que a função (declarada fora do componente) aceite algum argumento, pelo qual a propriedade será passada à função;
  2. Declarar a função dentro do componente ao mesmo tempo em que se evita as recriações desnecessárias utilizando o hook useCallback, que memoiza a função passada e só a cria novamente mediante alteração de algum valor passado ao array de dependências do hook. O custo disso é que a memoização pode implicar em um custo adicional de memória para o cliente.

Vale observar que o React também provê um hook para memoizar objetos mais genéricos, o useMemo.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.