2

Já vi falar que mp3, mp4 e etc... usa o mesmo codec, mas o que são cada uma e qual a diferença?

0
2

Vamos pegar um exemplo: "imagem.jpg"

  • Formato do arquivo: é a forma como os dados são armazenados no arquivo. Nesse caso é uma imagem, que foi "compactada" com o compressão JPG/JPEG. Em muitos tipos de arquivo além do conteúdo em si isso implica em ter um cabeçalho (header) no começo do arquivo contendo informações sobre esse conteúdo (metadados) como identificador do formato de arquivo, dimensões (no caso de imagens), autor, local, encoding utilizado, etc.

  • Codec: (de "codificador-decodificador") é o software que foi utilizado para, a partir de um arquivo no formato "padrão" ou mais simples, gerar um arquivo no formato esperado. Ou seja, é o codec que gerar o gera o arquivo no formato certo. Outros exemplos seriam mpg e mkv para vídeo, ou seja, exitem codecs que processam um vídeo e geram videos compactados nesses outros formatos.

  • Extensão: nada é mais é que a parte do nome do arquivo que identifica o formato ou o tipo do arquivo. No exemplo, o ".jpg" é extensão que indica que é um arquivo com o formato JPG/JPEG. Uma observação é que, a extensão é usada pelos programas que vão abrir esse arquivo para "saber" que foi codificado (encoding) naquele formato, mas isso não significa que necessariamente aquele arquivo está nesse formato. As extensões ajudam o SO a associar determinado programa a um tipo de formato de arquivo, assim por exemplo ao clicar num arquivo o SO sabe qual software deve usar para "abrir" ou "ler" aquele arquivo. Existiu uma restrição histórica para a extensão ter no máximo três letras, mas hoje isso não é mais verdade, embora possa ser visto em algumas extensões tradicionais como .exe, .zip, .txt, .jpg, .gif, etc.

Como bônus temos também o termo formato de compressão, que tem a ver com comprimir dados (codec) em um formato mais portável (compactado) e/ou mais otimizado para transmissão. Essa compressão pode ser lossy (sofre perda de informação em relação ao original) ou lossless (não há perda). Por exemplo, MPEG é uma família de formatos lossy voltado para streaming de áudio/vídeo que inclui o MPEG-1 Layer 3, que é o famoso MP3. PKZIP e RAR são formatos conhecidos de compressão lossless de arquivos em geral (arquivos .zip e .rar, respectivamente). Note que certos arquivos compensa compactar, para fins de transporte/armazenamento, outros já são orginalmente bem compactados por algum outro formato e há pouca ou nenhuma vantagem em compactar em outro, podendo deixar o arquivo inclusive maior do que já era.

inserir a descrição da imagem aqui

8

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.