1

Exemplo, eu dou o comando no terminal:

import os

os.system('ipconfig')

Isso me retorna o ipconfig igual ao comando no CMD, porém eu preciso pegar o resultado que mostrou no terminal e salvar em um arquivo txt que no meu caso é o resultado.txt, porém não consigo.

Segue código completo:

import os

def save(filename, info):
    file = open('{}'.format(filename), 'w', encoding='UTF-8')
    file.write(info + '\n')
    file.close()

save('resultado.txt', os.system('ipconfig'))

Até procurei perguntas parecidas, mas não consegui localizar algo que seja conclusivo.

2

Em outra reposta você encontrará o uso do subprocess, bem mais elegante que a resposta que eu apresento aqui. Porém, esta é bem mais simples.

import os

def save(filename, comando):
    comando_completo = f"{comando} > {filename}"
    os.system(comando_completo)

save('resultado.txt', 'ipconfig')

Espero que ajude

4
  • Sensacional, funcionou perfeitamente, Obrigado, Paulo! 1/02 às 19:09
  • Só de duvida esse f" serve pra que ? 1/02 às 19:12
  • 1
    f-string : exemplo: print(f"O vavor é {sua_variavel}") é o equivalente a print("O valor é %s" % str(sua_variavel)). Acho que o f-string passou a existir a partir da 3.7 - Veja mais aqui 1/02 às 19:16
  • Não conhecia, agora já aprendi mais uma rsrs Obrigado! 1/02 às 19:24
3

De acordo com a documentação de os.system:

No Unix, o valor de retorno é o status de saída do processo codificado no formato especificado para wait(). Observe que POSIX não especifica o significado do valor de retorno da função C system(), então o valor de retorno da função Python é dependente do sistema.

No Windows, o valor de retorno é aquele retornado pelo shell do sistema após a execução de command. O shell é fornecido pela variável de ambiente Windows COMSPEC: normalmente é cmd.exe, que retorna o status de saída da execução do comando; em sistemas que usam um shell não nativo, consulte a documentação do shell.

Então utilizar os.system para obter o output stdout de um programa não é uma boa ideia.

Uma opção é utilizar a função run, do módulo subprocess. Mais ou menos assim:

from subprocess import run, PIPE


def save(filename, info):
    with open(filename, 'w', encoding='utf-8') as file:
        file.write(info)


result = run('ifconfig', stdout=PIPE)
save('resultado.txt', result.stdout.decode('utf-8'))

Note que passamos o argumento stdout como subprocess.PIPE para que ele possa ser capturado. Além disso, result.stdout é um bytes object, de modo que utilizamos o método decode para convertê-lo para uma string UTF-8.

Como run é relativamente recente no Python (>= versão 3.5), você pode utilizar a função check_output do mesmo módulo se precisar de um suporte mais antigo.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.