1

Gostaria de saber se alguém já passou por esse problema. Utilizo Firedac com Firebird no Rad Studio 10.2 Tokyo, porém já tentei de diversas formas gravar a transação, mas o registro não persiste no banco.

Utilizei este código abaixo como sugere a documentação da Embarcadero, mas nenhuma combinação dele funciona comigo:

FDQuery1.CachedUpdates := True;
FDQuery1.Append;
...
FDQuery1.Post;
FDQuery1.Append;
...
FDQuery1.Post;
FDQuery1.Append;
...
FDQuery1.Post;
FDConnection1.StartTransaction;
iErrors := FDQuery1.ApplyUpdates;
if iErrors = 0 then begin
  FDQuery1.CommitUpdates;
  FDConnection1.Commit;
end
else
  FDConnection1.Rollback;

Utilizo FDConnection e FDQuery e já tentei usar FDSchemaAdapter, CachedUpdates, mas nenhuma combinação funcionou. A única solução que funcionou foi desligar e ativar a conexão do banco após o Post da tabela:

FDConnection1.Connected := False;
FDConnection1.Connected := True;

Eu sempre usei transação com ADOConnection e nunca tive problemas. Mas com Firedac não está funcionando.

Alguém já passou por isto ?

2 Respostas 2

0

Descobri que esta falha do Firedac vem de muitas versões. Achei um aplicativo feito com Firedac em Delphi 2009 que também está com problemas de persistência. Chama-se Admig. Aqui os curiosos podem baixar e se certificar: (https://www.admig.com/setup/setup.exe). Para testar é só abrir o sistema e cadastrar um Novo Membro, depois navegar até a opçao "Grupos" do menu "Ministério" e preencher um novo cadastro. Repare no combobox "Lider" que o novo membro não aparece na lista. Então feche o sistema e logue novamente, e volte ao cadastro de "Grupos". Lá você vai encontrar o nome cadastrado agora. Este é o comportamento que está presente em muitos sistemas feitos com o Firedac. Note que no Admig o desenvolvedor ainda colocou um botão de "Atualizar" em cada tela de cadastro para tentar persistir os dados. Mas nem isto resolveu. O desenvolvedor do Admig utilizou o componente Madshi para gerenciar os erros. De vez em quando aparece a tela de erro e lá a versão do compilador usado e o tipo de componente query utilizado, que neste caso é o Firedac. O relatório do Madshi é bem completo e mostra todos estes detalhes curiosos da aplicação.

-2

Vou testar o Unidac, pois estou achando que esse Firedac está bugado. Tem hora que grava, tem hora que não grava.

1
  • Agora não resta mais dúvidas de que o Firedac do Delphi Tokyo está bugado. Resolvi o problema trocando o componente Firedac pelo Unidac da Devart. Bastou abrir os DFM e PAS do projeto e trocar a herança. A vantagem do Unidac é que não precisou sequer usar transação, um simples Post foi necessário para persistir os dados na tabela. Testei o projeto inteiro e me certifiquei que o problema foi resolvido. Estou satisfeito com o Unidac. – Henry ABM 31/12/20 às 14:37

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.