12

Vejo muito isso em métodos

class Exemplo
{
    public function exemplo1(array $parameters = array())
    {
    }

    public function exemplo2(array $parameters)
    {
    }

    public function exemplo3($parameters = array())
    {
    }
}

Isso significa que $parameters é um array, mas qual a diferença entre essas implementações?

13

Dois conceitos importantes que você precisa entender são o de type hinting e valor padrão do parâmetro.

O type hinting obriga que argumento passado tenha um tipo específico (no caso um array).

A partir do PHP 7 podemos fazer type hinting dos tipos primitivos (int, string, float).

Antes do PHP 7 o type hinting é limitado a Objetos, Interfaces, arrays e closures.

Agora o valor padrão do parâmetro, é o valor que o parâmetro irá assumir caso não seja passado nada para aquele parâmetro. Entenda como um parâmetro opcional.

Tomando seus exemplos, você então teria:

// Um método que obriga que o argumento seja um array 
// mas aceita uma chamada sem parâmetros:
public function exemplo1(array $parameters = array()){ }

$obj->exemplo1();

// Obriga que o argumento seja um array, e que o parâmetro seja passado: 
public function exemplo2(array $parameters){ }

$obj->exemplo2(array('id' => 1));

// Se nada for passado como argumento, assumirá o valor de um array vazio, 
// mas te permite passar outros tipos como argumento
public function exemplo3($parameters = array()){ }

$obj->exemplo3("Eu nao sou um array, mas tudo bem!");

Ao passar um valor padrão que não satisfaça o type hinting, será retornado um erro:

// Type hinting de array e valor padrão string
public function test(array $teste = "array")

PHP Fatal error: Default value for parameters with array type hint can only be an array or NULL

  • Obrogado gmsantos, pela sua atenção! Entendi perfeitamente... – José Neto 30/01/15 às 14:23
11

Os dois primeiros estão indicando explicitamente que o parâmetro deve receber um array. O último não, um valor de qualquer tipo pode ser passado. Isto é chamado type hinting no PHP.

O primeiro e o último inicializam o parâmetro com um array vazio se nenhum valor for passado para ele. A prioridade será do argumento passado se ele existir.

  • Obrigado bigown, pela sua atenção! – José Neto 30/01/15 às 14:20
7

Esse primeiro método define $parameters deve obrigatoriamente ser um array caso seja passado um valor diferente disso é gerado um erro, caso não seja passado nenhum argumento parameters será tratado como um array vazio.

public function exemplo1(array $parameters = array())

Exemplo:

$e = new Exemplo();
$e->exemplo1(1);

Erro gerado:

Catchable fatal error: Argument 1 passed to Exemplo::exemplo1() must be of the type array, integer given, called

Obriga que parameters seja um array, caso contrario gera o mesmo erro citado a acima, e seu valor padrão é NULL e não um array vazio como exemplo1().

public function exemplo2(array $parameters)

Define que se nenhum argumento for passado $parameters será um array vazio, esse método aceita outros valores como por exemplo uma string ou inteiro.

public function exemplo3($parameters = array())

O tipo definido ao lado esquerdo do paramêtro é chamado de type hinting, isso garante que o tipo definido deve ser respeitado caso venha algo diferente um erro é lançado. Mas é não possível tipar paramêtros com tipos primitivos(int, float, sting), int or string. Resources e Traits. Normalmente é colocado o nome de uma classe ou interface.

  • Obrigado rray, pela sua atenção! Entendi perfeitamente! – José Neto 30/01/15 às 14:21
7

Esse e meu entendimento

 public function exemplo2(array $parameters)

A função esta obrigando que o programador passe uma array.


public function exemplo3($parameters = array())

A função esta colocando o valor padrão como array, mas o programador pode passar qualquer coisa.


 public function exemplo1(array $parameters = array())

A função só aceita valores do tipo array e o preenchimento e opcional, caso o programador não passe irá usar o valor padrão array()

  • Obrigado Icaro Martins, pela sua atenção! – José Neto 30/01/15 às 14:20
3

Na função exemplo1 o array serve pra indicar que o parâmetro $parameters deve ser um array. Se a função for chamada com um parâmetro de outro tipo o PHP vai gerar um aviso (Warning) informando que o tipo passado é incorreto.

A parte = array() serve para inicializar o valor do parâmetro, o que o torna opcional na hora de chamar a função.

  • Obrigado André Ribeiro, pela sua atenção! – José Neto 30/01/15 às 14:21
3

Apenas pra complementar, como já dito nas demais respostas:

//O primeiro parâmetro deve ser array ou vazio (caso vazio assume `array()`)
public function exemplo1(array $parameters = array())

//O primeiro parâmetro deve ser um array e não pode ser vazio
public function exemplo2(array $parameters)

//O primeiro parâmetro deve ser de qualquer tipo, se vazio assume `array()`
public function exemplo3($parameters = array())

Agora os adicionais, os parâmetros usando type hinting passam a ser suportados nesta ordem:

PHP 5.0.0

  • Class/interface: O parâmetro O parâmetro deve ser uma instância de um determinado nome de uma classe ou interface.

  • self: O parâmetro deve ser uma instância da mesma classe que o método é definido na. Isso só pode ser utilizado em métodos de classe e instância.

PHP 5.1.0

  • array O parâmetro de ser um array

PHP 5.4.0

  • callable O parametro dever uma uma função ou método ou algo que equivale aos mesmo que possa ser chamado assim $param(); e equivale ao is_callabe();

PHP 7.0.0

O PHP7 (lançado em 3/Dez/2015) passou a suportar vários tipos e no PHP7 passou a se chamar Type declarations e passou a gerar um TypeError exception quando declarado uma parâmetro de um tipo diferente.

atualmente ele se encontra na versão 7.0.3 (lançado em 4/Fev/2016), é altamente recomendável que não use o 7.0.0, 7.0.1 e 7.0.2.

  • bool o parâmetro dever se do tipo booleano (true ou false).
  • float o parâmetro deve ser um numero com ponto flutuante (1.1, 2.5, 3.8, etc)
  • int o parâmetro deve ser do tipo inteiro 1, 2, 3 por exemplo.
  • string o parâmetro deve ser do tipo string.

Tipos estrito (strict)

O PHP7 também passou a suportar o "strict mode" para declaração de tipos como por exemplo:

<?php
declare(strict_types=1);

function sum(int $a, int $b) {
    return $a + $b;
}

var_dump(sum(1, 2));
var_dump(sum(1.5, 2.5));

O resultado será este erro:

int(3)

Fatal error: Uncaught TypeError: Argument 1 passed to sum() must be of the type integer, float given, called in - on line 9 and defined in -:4
Stack trace:
#0 -(9): sum(1.5, 2.5)
#1 {main}
  thrown in - on line 4

Retorno de tipo

Também passou a ser suportado no PHP7 o retorno de tipo, por exemplo:

<?php
function sum($a, $b): float {
    return $a + $b;
}

var_dump(sum(1, 2));

Este também suporta o strict

0

Sobre cada método

Basicamente o que muda é apenas a assinatura do método, eles poderiam estar fazendo a mesma coisa.

Método exemplo1: é esperado um valor do tipo array, além disso, este método está recebendo um valor padrão que é um array vazio, o que faz o parâmetro ser opcional.

Método exemplo2: neste método é esperado um valor do tipo array. O parâmetro não é opcional nesse caso.

Método exemplo3: o método aceita qualquer tipo de valor, pois nenhum type hinting foi definido. Além disso, o parâmetro em questão é opcional e está recebendo um array como valor padrão, entretanto ele não está restrito a receber somente arrays.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.