4

No PHP, segundo o manual, a referência de uma variável serve para uma variável apontar para o mesmo lugar em que a outra está na memória. Vi também que quando declaramos referênciamos a uma variável que não existe, ela é criada e definda para NULL.

Daí surgiu um questionamento.

Temos os seguintes códigos.

Nessa tentativa de atribuição abaixo, um erro de execução será gerado.

$a  = $b->b->c->d->e->f->g; 

/*
    Undefined variable 'a'
    Trying to get property of non-object (6 vezes)
*/


var_dump($a, $b); // resultado: NULL NULL

Agora, quando utilizamos o operador de atribuição por referência (&), nenhum erro é gerado, e o objeto (que não existe) é magicamente criado.

$a  =& $b->b->c->d->e->f->g; 
var_dump($a);
/*
    a = NULL
*/


print_r($b);

/* 

stdClass Object
(
    [b] => stdClass Object
        (
            [c] => stdClass Object
                (
                    [d] => stdClass Object
                        (
                            [e] => stdClass Object
                                (
                                    [f] => stdClass Object
                                        (
                                            [g] => 
                                        )

                                )

                        )

                )

        )

)

*/
  1. Gostaria de saber como isso funciona internamente, no interpretador do PHP.
  2. É recomendado criar um objeto dentro do outro dessa forma (pois já vi isso sendo usado numa implementação de Dot Notation para PHP, porém ao invés de um objeto, é usado um array)?
4

Se você atribuir, passar ou retornar uma variável indefinida por referência, ela irá ser criada.

http://php.net/manual/pt_BR/language.references.whatdo.php

Uma variável PHP é armazenada em um recipiente chamado de "zval". Um recipiente zval contém, além do tipo e valor da variável, dois bits adicionais de informação. O primeiro é chamado de "is_ref" e é um valor booleano que indica se ou não a variável é parte de um "conjunto de referência". Com este bit, o motor do PHP sabe como diferenciar entre as variáveis normais e referências.

Desde que o PHP começou a permitir referências a nível de usuário, criada pelo operador &, o recipiente zval passou a ter um mecanismo de contagem de referência interna para otimizar o uso de memória. Esta segunda parte de informação adicional, chamado "refcount", contém quantos nomes de variáveis (também chamados de símbolos) apontam para este recipiente zval.

Todos os símbolos são armazenadas em uma tabela de símbolos, dos quais há um por escopo. Há um espaço para o script principal (ou seja, a uma requerida pelo navegador), bem como uma para cada função ou método.

http://php.net/manual/pt_BR/features.gc.refcounting-basics.php

Sendo assim, quando uma variável é copiada $a = $b, o PHP usa internamente a referência até que a cópia $a seja modificada.

Portanto, você deve evitar criar variáveis através de referências sem necessidade, uma vez que não vai guardar seu estado em memória e aumenta a chance de erros de lógica difíceis de descobrir.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.