0

Eu preciso fazer um programa que guarde em arquivo os 100 primeiros números da sequência de Fibonacci. Eu consegui fazer a sequência direitinho, só que na hora do programa salvar o arquivo aparece no arquivo só o número "695895453".

Como que eu faço para salvar todos os números?

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <locale.h>

 int main() {
    setlocale (LC_ALL,"portuguese");
    FILE * teste;

    int a, b, aux, i;

    a = 1;
    b = 0;

    for(i = 0; i < 100; i++)
    {
        aux = a + b;
        a = b;
        b = aux;

        printf(" %d ,", aux);
    }


    if((teste = fopen("teste.txt","w")) == NULL)
    {
        printf("Erro de abertura! \n");
    }

    else
    {
        for(i = 0; i < 64; i++)
        {
            aux = a + b;
            a = b;
            b = aux;

            fprintf(teste,"%d" ,aux);
            fclose(teste);
        }


        return 0;
    }
}
2
  • Você primeiro imprime os primeiros 64 membros da sequencia de Fibonacci e logo a seguir grava os 64 membros seguintes da sequencia. Se quiser gravar os 64 primeiros reinicialize as variáveis a e b.
    – anonimo
    26/11/2020 às 13:23
  • Na realidade deveria ser a = 0; e b = 1; e estes são os dois primeiros elementos da sequencia e portanto devem ser gravados primeiro e depois gravados os 62 elementos seguintes.
    – anonimo
    26/11/2020 às 13:35

2 Respostas 2

0

Não estás a indicar a criação de uma nova linha. Inclui o valor \n na instrução fprintf para criar uma nova linha.

(...)
fprintf(teste,"%d\n" ,aux);
(...)

Atenção, noutro ponto: Convém só fechar o ficheiro depois de terminar o processo de escrita. A instrução fclose(teste) deve ser colocado fora do ciclo for.

Com estas alterações no teu código, na minha máquina (não é Windows) funciona sem espinhas.

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <locale.h>

int main() {
    setlocale (LC_ALL,"portuguese");
    FILE * teste;

    long a, b, aux, i;

    a = 1;
    b = 0;

    if((teste = fopen("teste.txt","w")) == NULL) {
        printf("Erro de abertura! \n");
        exit(1);
    }

    for(i = 0; i < 64; i++) {
        aux = a + b;
        a = b;
        b = aux;

        fprintf(teste,"%ld\n" ,aux);
        printf(" %ld ,", aux);
    }

    fclose(teste);
    exit(0);
}
8
  • Não funcionou, continua imprimindo só o número "695895453" no arquivo.
    – Unknown
    26/11/2020 às 13:19
  • Windows ou Linux? 26/11/2020 às 13:20
  • Windows. Eu coloquei o fclose(teste) fora do loop mas agora está imprimindo uns números negativos e não a sequência completa de fibonacci. Será que isso é lixo armazenado no programa?
    – Unknown
    26/11/2020 às 13:23
  • Para windows a string é \r\n. 26/11/2020 às 13:24
  • Eu mudei e mesmo assim não funcionou.
    – Unknown
    26/11/2020 às 13:30
0

Seu programa não está bom. Tem um livro sobre C? Pensou sobre isso? Leu alguma tabela sore a sequência?

  • Tivesse pensado nisso e procurado por uma tabela e veria por exemplo em Os primeiros 100 números na sequência de Fibonacci que o último número de que precisa é 10610209857723 que tem 14 dígitos
  • E assim não ficaria surpreso por ver valores negativos usando um int cujo máximo é bem conhecido: INT_MAX = +2147483647 que tem só 10 dígitos. E se pensar a respeito vai ver também que a sequência começa em 1 então todos os números são positivos e não há sentido em usar int que tem sinal
  • evite esse tipo (comum) de construção
 if((teste = fopen("teste.txt","w")) == NULL)
    {
        printf("Erro de abertura! \n");
    }

    else
    {
        for(i = 0; i < 64; i++)
        {
            aux = a + b;
            a = b;
            b = aux;

            fprintf(teste,"%d" ,aux);
            fclose(teste);
        }
        return 0;
    }
  • Note que o return está dentro da cláusula do if() e não fora, e se o fopen() falhar o programa não passa pelo return.
  • entenda que se não conseguir abrir o arquivo não tem razão para continuar com o programa, já que o objetivo é gravar o arquivo. Faça o simples e retorne.
  • ao gerar os números grave no arquivo ao mesmo tempo ou vai perder os valores que não gravou. Claro que pode reiniciar a e b e usar outro loop mas seria pouco inteligente
  • declare variáveis de controle DENTRO do loop. Levou muitos anos para o comitê arrumar isso na linguagem, mas faz 30 anos. É muito importante para você mesmo reduzir o escopo --- scope, vida --- das variáveis. em especial umas com nomes singelos como a,b e aux.

Um exemplo

Copiando de seu código

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#include <locale.h>

 int main()
 {
    setlocale (LC_ALL,"portuguese");
    FILE * teste = fopen("teste.txt","w");
    if( teste == NULL)
    {   printf("Erro de abertura! \n");
        return 0;
    }

    unsigned long long a = 1;
    unsigned long long  b = 0;

    for(int i = 0; i < 64; i++)
    {
        unsigned long long aux = a + b;
        a = b;
        b = aux;
        printf("%4i%15llu\n", 1+i,aux);
        fprintf(teste, "%15llu\n", aux);
    };  // for()
    fclose(teste);
    return 0;
};  // main()

Mostra na tela

   1              1
   2              1
   3              2
   4              3
   5              5
   ...
  62  4052739537881
  63  6557470319842
  64 10610209857723

E grava no disco um número por linha

              1
              1
              2
              3
              5
...
  4052739537881
  6557470319842
 10610209857723

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .