1

Até onde eu sei não é possível manter o estado da DOM mesmo depois do page load, existe alguma técnica ou alguma maneira fora manter a function em cookie ou storage(local, session) para posteriormente dar eval()?

  • 4
    Leandro, qual o propósito disso? – Thomas Lima 27/01/15 às 11:25
  • Seguinte, eu recebo de rest server um JSON criptografado e também o método javascript com uma chave única para decriptar o conteúdo do JSON, ao receber essa function armazeno ela na dom dando eval(). porém caso eu dê akgum page load perco tudo o que estava na DOM, preciso manter esse método vivo sem storage ou cookie, mas estou vendo que isso é impossível. – Leandro Curioso 27/01/15 às 11:39
  • Porque você não salva apenas a chave para descriptografar o conteúdo? – Oeslei 27/01/15 às 15:34
3

Não aconselho manter a informação numa funcion. Seria melhor modificar o código e armazenar somente as chaves necessárias.

Além disso, local storage não é recomendado para armazenar informações de sessão ou dados "sensíveis" (fonte).

Neste caso, seria mais adequada a utilização de um cookie. Se possível, use HTTPS e a flag secure ativada, o que ajuda a evitar alguns ataques do tipo man-in-the-middle. Como você precisa acessar a chave no JavaScript, não poderá acionar httpOnly, portanto sua página será suscetível a ataques XSS (Cross-Site Scripting).

Mas entenda que qualquer chave gravada no cliente não oferece bons níveis de segurança, dá quase no mesmo de usar um session id qualquer, afinal qualquer um que que consiga ter acesso às informações da sua página poderá replicar o comportamento "natural" do sistema.

  • Mas o seguinte a chave não é gerada pelo cleinte e sim pelo rest. Quando eu mando o objeto JSON do rest para o client eu já mando um método em javascript com uma chave única dentro do método exemplo: function a (b){ var d = "4jn234324uh234u4h3"; return decrypt(b,d); } Na próxima requisição seria function a (b){ var d = "5fg4df564gdf65g4fg654f"; return decrypt(b,d); } E consequentemente só o client poderia abrir o conteúdo do json visto que todo o token e toda a informação depende de chave que é dinâmica para cada requisição. – Leandro Curioso 27/01/15 às 14:33
  • 1
    @LeandroCurioso Perfeitamente. Eu entendi isso. A única coisa que está torta na resposta é que você não poderá usar a flag httpOnly para acessar o cookie através do script. O problema disso é que seu site sempre será vulnerável a ataques XSS. – utluiz 27/01/15 às 14:37
  • 1
    @LeandroCurioso Neste caso o que você tem é um token, que serve contra ataques CRSF (Cross-site request forgery). – utluiz 27/01/15 às 14:41
  • 1
    @LeandroCurioso O correto é se mudar de página o servidor enviar outra função e não usar a anterior. Caso contrário vai virar gambiarra. Todas as soluções de CRSF funcionam dessa forma. – utluiz 27/01/15 às 14:45
  • 2
    @LeandroCurioso Exato. Esse é o modo correto. – utluiz 27/01/15 às 15:02

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.