8

Eu estava procurando por uma função em javascript equivalente à função dir do Python. Em Python, se quero ver todos os métodos associados a determinado objeto, basta passar a função dir diretamente ao constructor do objeto ou a uma instância do objeto. Assim, para ver métodos associados a strings, por exemplo, faço:

print(dir(str))

Ou:

print(dir("stack"))

Em JavaScript, eu descobri o método getOwnPropertyNames. Contudo, quando usei esse método tive acesso ao que parece ser apenas uma parcela dos métodos do objeto em questão. Exemplo:

console.log(Object.getOwnPropertyNames(Array))

Retorna:

[ 'length', 'name', 'prototype', 'isArray', 'from', 'of' ]

Ocorre que Arrays em Javascript também tem o método sort():

var names = ['Jesse', 'Walter', 'Hank']
console.log(names.sort())

Que resulta:

[ 'Hank', 'Jesse', 'Walter' ]

Porque o sort não apareceu na lista de métodos de Array quando utilizei Object.getOwnPropertyNames? Existe uma função em JavaScript equivalente ao dir do Python que retorna a lista completa de métodos de um objeto?

1 Resposta 1

7

Isso acontece porque, na verdade, métodos como o sort não pertencem ao construtor Array, mas sim ao Array.prototype.

Note, na saída do código que você rodou, que o Array possui uma propriedade chamada prototype. É nela que estão todos os métodos e propriedades que poderão ser acessados em qualquer instância de Array.

Então, para listar todos os métodos das instâncias de um Array, faça:

console.log(Object.getOwnPropertyNames(Array.prototype));

No JavaScript, quando você instancia um objeto a partir de um construtor, o objeto <constructor>.prototype será associado ao protótipo do objeto construído. Isso é explicado em mais detalhes em Como funciona a cadeia de protótipos em JavaScript?. A questão da nomenclatura é explicada em mais detalhes aqui.

Pense nas propriedades de Array como "métodos estáticos" e nas propriedades de Array.prototype como "métodos de instância".

Vale notar que a sintaxe de array literal é, basicamente, açúcar sintático para new Array(). Portanto, os dois jeitos de se criar um array abaixo são equivalentes:

const arr1 = new Array();
const arr2 = [];

Note que você não pode utilizar a função Object.getOwnPropertyNames diretamente em uma instância para tentar acessar seus métodos "herdados", já que, como o próprio nome da função diz, somente as "own properties", isto é, as propriedades definidas no próprio objeto serão retornadas. Como propriedades como sort e forEach não foram definidas diretamente em cada instância, mas sim em seu protótipo, você não terá acesso a elas.

Você pode utilizar a função Reflect.getPrototypeOf para acessar o protótipo de qualquer objeto, que, teoricamente, não pode ser acessado "diretamente":

console.log(
  // Retorna as propriedades do protótipo de `[]` (uma instância de `Array`)
  Object.getOwnPropertyNames(
    // Acessa o protótipo do 1º argumento. No caso, `[]`.
    Reflect.getPrototypeOf([])
  )
);

Utilizei o termo "teoricamente" acima porque, pela especificação, o protótipo de um objeto é uma "propriedade interna da linguagem". No entanto, existem meios para o acessar, tais como a propriedade __proto__ e as funções Object.getPrototypeOf e Reflect.getPrototypeOf.

Quando você dá um console.dir em algum objeto (como uma instância de Array[]), a propriedade __proto__ que aparece lá é uma referência ao protótipo do objeto. É esse protótipo (que não é "acessível" diretamente, conforme já vimos acima) que contém os métodos (como sort ou forEach) que você usa.

É um pouco confuso. Não deixe de compreender o que é protótipo em JavaScript (algo essencial para entender esta resposta). Esta outra resposta também é excelente. Além disso, não deixe de saber como a nomenclatura funciona para não escrever errado (Array.prototype.forEach é diferente de Array.forEach).


Se você realmente quiser listar todas as propriedades (incluindo não enumeráveis, símbolos e "herdadas" via herança prototípica), pode fazer sua própria função dir. Assim:

function dir(obj) {
  const allKeys = new Set();
  let currProto = Object(obj);

  while (currProto) {
    for (const key of Reflect.ownKeys(currProto)) {
      allKeys.add(key);
    }

    currProto = Reflect.getPrototypeOf(currProto);
  }

  // Retorna em formato de array por conveniência.
  return [...allKeys];
}

O código basicamente percorre toda a cadeia de protótipos do valor fornecido, inserindo no set todas as propriedades que ele encontrar. Utilizei o Set porque ele evita elementos duplicados (o que pode ocorrer).

Havendo propriedades duplicadas, a mais "próxima" será retornada — esse comportamento se deve ao modelo prototípico do JavaScript. Saiba mais sobre o Reflect.ownKeys.

Exemplo de uso:

function dir(obj) {
  const allKeys = new Set();
  let currProto = Object(obj);

  while (currProto) {
    for (const key of Reflect.ownKeys(currProto)) {
      allKeys.add(key);
    }

    currProto = Reflect.getPrototypeOf(currProto);
  }

  return [...allKeys];
}

const myArr = [1, 2, 3];
const allKeys = dir(myArr);

console.log(allKeys.includes('0')); //=> true; índice 0 (é uma propriedade, já que arrays nada mais são que objetos)
console.log(allKeys.includes('map')); //=> true; herdada via herança prototípica
console.log(allKeys.includes('from')); //=> false; é método "estático" de array. Logo, não existe na instância

console.log(allKeys);

Os null que apareceram no último console.log do exemplo acima são as propriedades com chave sendo símbolo. O console do snippet do Stack Overflow não sabe mostrar símbolos corretamente e, portanto, mostra null.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.