4

let a = 2;

let change = (val) => {
  val = 3;
}

change(a);
console.log(a);

Eu esperava que o valor de a fosse 3, mas na verdade é 2. Por quê?

1
  • 2
    pq vc passou o valor (by val) da variável para a function, e não a variável (by reference) – Ricardo Pontual 3/11/20 às 9:35

2 Respostas 2

3

O motivo está descrito na documentação:

Primitive parameters (such as a number) are passed to functions by value; the value is passed to the function, but if the function changes the value of the parameter, this change is not reflected globally or in the calling function.

Ou seja, parâmetros primitivos (como um número) são passados para funções por valor: isso quer dizer que o valor é passado para a função, mas se a função mudar o valor do parâmetro, esta mudança não se reflete fora dela.

Isso quer dizer que esta função:

function change(val) {
    val = 3;
}

muda o valor do parâmetro val, mas esta mudança não se reflete fora da função.

Aliás, uma função criada com a palavra-chave function nem sempre é equivalente à arrow function (que é a sintaxe que você usou). Claro que em muitos casos "funcionará" da mesma forma, mas existem diferenças importantes entre essas duas opções. Tenho visto muita gente usando arrow function sem pensar, achando que é o único jeito (ou o "jeito moderno") de declarar uma função, mas para casos como o seu, não há ganho nenhum em usá-las, e eu prefiro criar uma function normal mesmo.


E faz sentido que seja assim. Por exemplo, eu posso chamar a função desta forma:

change(10);

Passei o valor diretamente, sem nenhuma variável externa à função. Se a função mudasse o valor que está fora dela, ao fazer val = 3, o que exatamente seria mudado? O 10? Não faz sentido.

E se eu chamasse assim?

change(outraFuncao() * 10 + 5);

Supondo que outraFuncao é uma função que retorna algum valor, e eu ainda multiplico-o por 10 e somo 5, e o resultado é passado para change. Se a função change mudasse o valor que está fora dela, o que exatamente seria alterado?

Ou seja, na minha humilde opinião, não faz sentido que a atribuição feita dentro da função reflita fora dela.


Resumindo, se você faz:

function change(val) {
    val = 3;
}

let a = 2;
change(a);

O valor de a é copiado para o parâmetro val. Dentro da função, val tem seu valor alterado, mas esta alteração não reflete em a (já que val é apenas uma cópia do valor de a). Quando a função encerra sua execução, val é descartada (pois ela só existe dentro da função). E a segue com seu valor inalterado.


Por fim, é interessante conhecer os conceitos de passagem por valor e por referência para entender melhor o que acontece. E para se aprofundar especificamente no JavaScript, leia aqui.

3

E eu devolvo a pergunta, por que acha que que a deveria ser 3 se em nenhum momento você mudou seu valor?

Sabe O que é uma variável? Então tem um valor armazenado nela, se você não muda o valor da variável, como esse valor deveria mudar automaticamente?

É bom perguntar, mas precisa partir de premissas corretas.

Você tem duas variáveis, uma é a que nunca foi alterada. E tem val que existe dentro de uma função que é alterada, mas logo depois seu valor é descartado. val só existe dentro da função.

Quando você chama uma função e passa um argumento está atribuindo o valor desse argumento para a variável declarada como um parâmetro. Na chamada da função seria o mesmo que fazer:

val = a;

val recebe o valor que tinha em a, mas val não passa ser a. Há uma cópia de valor.

Vou fazer outra pergunta. Por que fez:

let change = (val) => {
    val = 3;
}

Quando poderia ter feito:

function change(val) {
    val = 3;
}

Sabe as implicações de cada um? Faça o simples até ter necessidade de fazer o complexo.

0

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.