2

Pelo que pesquisei aqui no SO e no Google, há pelo menos três pacotes diferentes para construir mapas do Brasil no R.

    1. O pacote "geobr";
    1. O pacote "brazilmaps"
    1. Uma combinação dos pacotes "plotly" e "maps";

Algum usuário experiente na construção de mapas no R teria alguma fonte de informação autoritativa que justifique o uso de um desses pacotes em relação aos demais? Ou se haveria um pacote melhor (por "melhor" eu quero dizer: com mais funcionalidades relevantes para a plotagem georreferenciada de dados estatísticos e sintaxe mais amigável)? Seria capaz de dar informações embasadas em fatos e com justificativa quais as vantagens e desvantagens de cada um desses pacotes?

Contextualização: Eu estou utilizando o brazilmaps. Esse pacote tem uma sintaxe bem amigável, e fácil de utilizar. Mas está desatualizado (precisa ser baixado do github) e estou enfrentando duas dificuldades:

  1. Estou fazendo mapas de municípios para diferentes momentos na história do Brasil. O número de municípios no Brasil mudou ao longo dos anos, pois novos municípios foram criados. Entretanto, aparentemente o pacote brazilmaps só tem o shapefile da configuração mais recente dos municípios brasileiros. Isso cria espaços em branco (dados ausentes) nos mapas quando eu ploto dados antigos. O ideal seria que o pacote tivesse shapefiles para as diversas configurações do território brasileiro ao longo dos anos.

  2. Estou fazendo também mapas por estados (UFs). Nesses mapas, gostaria de plotar rótulos de valores numéricos sobre o território dos Estados, mas não encontro essa opção.

Gostaria de saber se algum usuário teria um informações embasada em fatos sobre quais vantagens de cada pacote para plotar dados em mapas no R.

Atenção

Por favor, queria deixar claro que não estou pedindo apenas uma opinião. Gostaria de obter respostas embasadas e com informações que indiquem com clareza e justificativa o motivo do uso, ou não, desses pacotes para plotar dados estatísticos sobre o território brasileiro.

Faço essa exigência me inspirando (e citando) esse outro post do SOpt

Muito obrigado,