3

Tenho um arquivo de persistence.xml que é padrão da aplicação, porém cada desenvolvedor usa um diferente e sempre tem um que comita essa persistence sem querer. Queria saber se tem como fazer com que este arquivo mesmo alterado não apareça para ser comitado.

2
  • Não é só adicioná-lo no .gitignore? – LINQ 28/10/20 às 13:53
  • @LINQ não conheço, mesmo usando o git local nao o gitHub da para usar o .gitignore? – Julio Cesar Stein 28/10/20 às 14:00

2 Respostas 2

2

Como já foi dito nos comentários, você pode fazer uso do .gitignore.

O .gitignore é um arquivo no qual você especifica outros arquivos que não devem ser rastreados, ou seja, que ignorará o fato de ter ou não mudanças nestes arquivos.

Se um arquivo já está no seu repositório remoto, digamos local.config, e você adicioná-lo ao .gitignore, o arquivo continuará no repositório remoto, mas qualquer mudança local feita nele não será refletida no repositório remoto pois ele não está mais sendo "rastreado".

Padrão de busca

Cada linha do arquivo .gitignore especifica um caminho que segue um padrão descrito na própria documentação:

  • Linhas vazias são ignoradas, então pode usá-las como separador entre grupos de arquivos;
  • # no início da linha faz com que ela seja considerada um comentário;
  • espaços no final da linha são ignorados;
  • ! serve para ignorar um padrão. Por exemplo, diretório/ ignorará todos arquivos do diretório especificado, mas você pode utilizar diretório/!arquivo para remover o arquivo da lista de ignorados;
  • / é usado como um separador de diretórios, se a barra / estiver no início ou meio do padrão, significa que este padrão será aplicado em relação ao nível de diretório que o .gitignore está;
  • / no fim do padrão indica que é um padrão para diretórios, caso contrário pode ser tanto diretório como arquivo;
  • * corresponde a qualquer caracteres com exceção da barra /;
  • ? corresponde a um único caractere qualquer, com exceção da barra /;
  • **/ no início corresponde a "qualquer diretório";
  • /** no final corresponde a "tudo dentro do diretório";
  • /**/ corresponde a "zero ou mais diretórios".

Exemplo

Dada a seguinte estrutura de arquivos e diretórios:

meuprojeto
├── app
│   ├── paginas
│   │   ├── .config
│   │   ├── contato.html
│   │   ├── home.html
│   │   ├── home.css
│   │   ├── home.js
│   │   ├── teste
│   │   ├── teste.html
│   │    
│   ├── teste
│   │   ├── .config
│   │    
│   ├── debug.log
│   ├── error.log
│   ├── error1.log
│   ├── error2.log
│   ├── error30.log
│   ├── example.log
│   ├── main.log
│
├── .config
├── .gitignore

Poderíamos ter o seguinte no .gitignore:

# Ignorar qualquer arquivo ou diretório chamado `teste`, note que `teste.html` não é ignorado
teste

# Ignorar todos `.log` com exceção do `example.log`
*.log
!example.log

# Parar de ignorar os arquivos `error<identificador_1digito>.log`, note que `error30.log` continuará ignorado
!error?.log

# Ignorar o `.config` que está dentro de `paginas`
/app/paginas/.config
1
3

Primeiro você cria um arquivo exemplo desse persistence.xml, para todos que forem desenvolver saberem que ele é necessário, para isso você pode criar um arquivo persistence.exemple.xml. Nele você coloca a estrutura do arquivo sem os valores. Exemplo:

<persistence-unit name="Hello" transaction-type="RESOURCE_LOCAL">
    <provider>org.hibernate.ejb.HibernatePersistence</provider>

    <properties>
        <property name="hibernate.show_sql" value="" />
        <property name="javax.persistence.jdbc.driver" value="" />
        <property name="javax.persistence.jdbc.url" value=""/>
        <property name="javax.persistence.jdbc.user" value="" />
        <property name="javax.persistence.jdbc.password" value="" />
        <property name="hibernate.dialect" value=""/>
        <property name="hibernate.hbm2ddl.auto" value=""/>
    </properties>
</persistence-unit>

Esse arquivo você deve fazer commit dele. Agora o que já existia você precisa dizer ao git para não observa-lo mais. Você pode fazer isso com esse comando: git rm persistence.xml

Agora para garantir que nenum desenvolvedor commit o arquivo dele você cria um arquivo chamado .gitignore na raiz do projeto e dentro dele coloque todos os arquivos que não devem ir pro git. Neste caso ficaria assim seu arquivo .gitignore:

persistence.xml
1

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.