0

Estou com alguns problemas nessa validação para e-mail. Qualquer texto que coloco ele valida e aceita. O que ocasiona isso?

import re

def email_validation(email):
        regex = "^[a-zA-Z0-9.!#$%&'*+\/=?^_`{|}~-]+@[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?(?:\.[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?)$"
        try:
            if re.search(regex,email):
                return email        
        except:
            raise Exception("Email inválido")

1 Resposta 1

0

Veja na documentação que search retorna None se nada é encontrado, mas em nenhum momento ele lança exceção, então não vai cair no except. Então basta ver se o retorno é None, algo assim:

def email_validation(email):
    regex = r"^[a-zA-Z0-9.!#$%&'*+\/=?^_`{|}~-]+@[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?(?:\.[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?)$"
    if re.search(regex, email) is None:
        raise Exception('Email inválido')
    return email        

Repare também que usei uma raw literal string (com o "r" antes das aspas) para que a \ seja corretamente interpretada dentro da expressão.


Mas na verdade não sei para que retornar o próprio email se ele for válido (e questiono se lançar exceção seria a melhor forma de validar), então outra sugestão é fazer a função retornar somente se o email é válido ou não (apenas True ou False):

# retorna True se o email é válido, False se for inválido
def email_validation(email):
    regex = r"^[a-zA-Z0-9.!#$%&'*+\/=?^_`{|}~-]+@[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?(?:\.[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?)$"
    return re.search(regex, email) is not None

E aí quem chama a função decide o que fazer com o resultado:

if email_validation('teste@teste.com'):
    print('email válido')
else:
    print('email inválido')

Aí você pode escolher se mostra uma mensagem, lança exceção, etc. A função só tem a responsabilidade de dizer se o email é válido ou não, o que acontece depois fica a cargo de quem chamá-la. Não vejo necessidade de lançar uma exceção se dá para resolver com um retorno booleano.


Outro detalhe é que a documentação diz que se uma expressão é usada várias vezes (como parece que vai ser o caso), pode ser interessante compilá-la antes.

Então uma alternativa é usar re.compile para deixar a regex já compilada:

def email_validation(email, regex=re.compile(r"^[a-zA-Z0-9.!#$%&'*+\/=?^_`{|}~-]+@[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?(?:\.[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?)$")):
    return regex.search(email) is not None

Assim a regex é compilada apenas uma vez, e você pode chamar a função várias vezes sem ter que recriá-la. E colocando-a como parâmetro, é possível mudar a regex se quiser:

# valida usando a regex default
email_validation(email)

# valida usando outra regex
email_validation(email, re.compile('outra regex...'))

Por fim, não cheguei a analisar a regex. Mas sobre o uso de regex para validar emails, tem algumas coisas aqui, aqui, aqui e aqui (este último link tem algumas opções no final, só não recomendo a última regex).

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.