1

Eu criei uma classe, que tem 4 atributos int valInt, float valFloat, double valDouble, bool valBool, e um metódo chamado getValue() do tipo auto que retorna o valor de acordo com um outro atributo chamado type, segue o código:

auto
ShareMemory::
getValue()
{
    switch (type) {
        case 0:
            return valInt;
        break;

        case 1:
            return valFloat;
        break;

        case 2:
            return valDouble;
        break;

        case 3:
            return valBool;
        break;

    }
}

Ao compilar, ele acusa o seguinte erro na linha do return valFloat:

error: 'auto' in return type deduced as 'float' here but deduced as 'int' in earlier return statement.*

Existe alguma outra forma de eu retornar qualquer um destes valores, sem ele puxar o tipo do primeiro return?

0

1 Resposta 1

0

Esse parece um caso clássico para usar variant que permite que valores de tipos diferentes possam ser armazenados em um objeto container e que você vai desencapsular depois e usar como quiser. Isso tem sua utilidade, mas quase sempre indica que há um design ruim se você tem controle sobre a API, então veja se não pode fazer funções que retornem o valor específico, quase sempre pode. Se não puder você deixa para o código consumidor lidar com isso, não costuma ser legal.

O variant foi criado para ser uma opção mais segura da union que já existia desde o C. Como o variant foi introduzido só no C++17 eu sugiro mudar para esta versão ou mais nova. Mas se não puder, o union será sua solução. Só que aí fica pior porque você terá que se virar para identificar o tipo correto que retornou e usar do jeito que precisa. Por isso o retorno teria que ser algo composto, pode ser por exemplo uma struct que tenha um campo que seja uma tag do tipo (pode ser um valor numérico qualquer, uma enumeração por exemplo), e a união em si com o valor. Explico isso em Como montar uma lista de objetos genéricos em C?. Também dá para retornar um pair.

O auto não faz o que imagina. Não significa que aceita qualquer tipo, só indica que o compilador descobre sozinho que tipo vai retornar, e no caso ele não conseguiu descobrir porque nem manualmente isso é possível, é ambíguo.

Em algumas situações o any pode ser interessante, mas é mais raro ainda. E tem outras soluções possíveis, mas não devem ser melhores.

Fora isso poderá criar seu próprio variant, quem sabe até copiar do que já existe no C++17. Mas só faça isso se não puder mesmo usar uma versão mais nova. C++20 está aí pra ajudar a todos.

Pode ajudar:

1
  • Obrigado pela resposta, abriu um leque de opções, e muita coisa que eu não conhecia, vou estuda-las, obrigado. – Morvy 26/10/20 às 21:56

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.