2

Em um sistema legado, tenho situação que 2 classes possuem o mesmo nome. Uma versão legada e outra recente (usando framework MVC). Há casos que na versão nova da classe eu precise chamar a mesma (antiga) ou outra classe do sistema antigo. Infelizmente não há como eliminar a classe antiga (para manter compatibilidade) e seria muito complicado migrar para a versão nova, tendo que manter a nova e a antiga. O sistema velho não foi projetado para chamar métodos da nova, somente a nova consegue chamar a velha.

Após discussão, acabamos optando em criar uma classe que sirva de "ponte" para as classes antigas do sistema. Queríamos criar uma espécie de "sandbox", onde podíamos chamar classes velhas (com o mesmo nome que as novas) e retornar seus resultados, isoladamente.

Algo que resolveria (e seria o correto) seria utilizar namespaces, mas barra no problema do retrabalho de adequar tanto o velho como a nova parte. Então descartamos isso.

Acabamos injetando um __autoload() personalizado quando invocamos essa classe de "ponte". Onde verificar se o nome chamado existe na parte velha do sistema, se existir, pega o conteúdo dela, dá um append no nome dela, para modificar o nome e não causar conflito, verifica no código da classe e faz substituições de nomeclatura de outras classes para garantir que tudo dependente seja invocado. O conteúdo é salvado em um arquivo temporário e incluído, após o término é apagado o arquivo temporário.

Acho que vendo a classe vão poder entender melhor: https://gist.github.com/juliovedovatto/559eb1d76c4ea8fb81d8

Quero saber se existe uma forma mais eficiente de fazer isso, sem apelar para um hack do sistema. Vimos sobre o php Runkit_Sandbox (http://php.net/manual/pt_BR/runkit.sandbox.php) e o uopz (http://php.net/uopz), mas nem imagino como se usaria isso (e se realmente dá certo). Temos outro problema que a versão do nosso PHP é 5.3 (infelizmente é trabalhoso atualizarmos versão, por causa do sistema legado).

  • Não poderia aplicar namespace? – Daniel Omine 20/02/15 às 7:41
  • Você pode usar namespaces somente na versão nova e chamar as classes com mesmo nome do namespaces raiz como uma dependência. – gmsantos 20/02/15 às 15:20
1

Primeira opção, faça isso no deploy em vez de fazer um loader. É mais fácil e eficiente seu script de deploy fazer este renomeamento de classes uma vez só e só escolher o arquivo PHP.

Runkit em produção é uma má ideia.

Qualquer outra solução (exceto refatorar) vai ainda ser pior -- e eu recomendaria totalmente um refactoring. Note, se você só precisa alterar nomes de classes você consegue fazer um sed ou replace no seu próprio IDE com um regex, igual ao que você já colocou no seu autoloader, e resolver isso eternamente. Só vai ter problemas se o código abusar de evals, e você vai detectar qualquer problema na hora quando rodar sua suíte de testes.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.