4

Eu estou desenvolvendo um projeto web multi-camadas e multi-módulos. Para a camada de persistência estou usando JPA 2.1 e hibernate 4.2 e para os testes JUnit 4. Nesta arquitetura meu projeto foi dividido em classes:

  • GenericDAO (interface);
  • GenericDAOImpl (implementação);
  • EntityDAOImpl (herda de GenericDAOImpl);
  • GenericService (interface);
  • GenericServiceImpl (implementação);
  • EntityServiceImpl (herda de GenericServiceImpl);
  • Entity (POJO).

Naturalmente estas entidades possuem dependências entre si e mapementos one-to-one, one-to-many, many-to-one e many-to-many. Eu gostaria de testar se tais entidades estão sendo persistidas, com seus respectivos relacionamentos, corretamente no banco de dados.

Iniciei o desenvolvimento destes testes utilizando um banco de dados em memória (HSQLDB) provido pelo spring. Criei uma classe genérica de teste GenericServiceTest que testam os métodos das minhas classes GenericServicesImpl e extendi para cada entidade específica, por exemplo EntityServiceTest. Uma entity pode ser qualquer objeto, usuário, conta, cidade, país ...

Então ao executar a classe de teste EntityServiceTest todos os métodos e anotações do JUnit localizadas na classe GenericServiceTest são herdados e o teste para esta entidade específica é realizado.

Para simular os objetos utilizei fixture objects (fake objects). Porém estou tendo um trabalho considerável para testar a persistência entre as entidades exatamente por conta de tais relacionamentos e a execução concorrente dos metodos de teste. Problemas do tipo: atributos not-null que devem ser recuperados do banco antes de salvar o objeto que depende dele e objetos que estão sendo salvos em um método já ter sido salvos em métodos executados anteriormente.

As minhas dúvidas são:

  • Existe um jeito melhor de testar a persistencia tais relacionamentos ?
  • É comum testar a camada de persistência desta forma ?
  • Posso dizer que este tipo de teste é de integração, visto que estou testando a integração entre a camada de serviços e a camada de persistência ?
  • Para evitar problemas de concorrência durante os testes de persistência, você pode executar cada teste com uma transação de banco de dados exclusiva e fazer rollback da transação ao final do teste. O bom é que isso exige um design bastante desacoplado, o ruim é que o teu design atual pode não estar tão desacoplado assim (essas heranças acendem uma luz amarela pra mim). Uma dúvida: por que você está testando persistência de dependências? Não confia na estabilidade do Hibernate? Eu uso banco em memória para testar queries que podem ter ficado inválida após refactoring e para testar serviços. – Caffé 19/01/15 às 13:05
  • Quantos aos nomes, eu conheço por "teste de integração" aquilo que testa a integração dos módulos de um sistema, ou a integração entre sistemas. Há quem chame assim os testes da integração do trabalho de diversos desenvolvedores (essa não gosto muito porque isso deveria ser algo natural e super frequente: integrar e testar o trabalho de todos). Os seus testes para mim estão mais pra "testes de serviço", onde você invoca um serviço e deixa essa chamada cruzar todas as camadas do seu sistema (no caso, fachada de serviço -> negócio -> banco de dados). – Caffé 19/01/15 às 13:16
  • O objetivo não é testar o hibernate e sim garantir que os mapeamentos do JPA foram feitos corretamente. Garantir que ao persistir um objeto seus relacionamentos estejam sendo feitos. E que no futuro um outro desenvolvedor não quebre os mapeamentos que foram feito hoje. Obrigado ! – Ciro Anacleto 19/01/15 às 16:01
1

Você pode evitar esse trabalho usando o Arquillian.

Ele permite que você suba uma parte do seu programa para o servidor e execute os testes. Preferencialmente em ambiente idêntico ao da produção.

Da forma que você está fazendo, o teste pode passar e a aplicação falhar quando for colocada em produção, já que o ambiente de testes é diferente.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.