6

Sobre métodos "chamáveis" de fora de objetos, eu posso dizer que essas três formas abaixo agem da mesma forma dentro do meu código?

Exemplos:

var barquinho = {
  pedro: () => {
    console.log("a");
  },
  tiago: function() {
    console.log("b");
  },
  joao() {
    console.log("c");
  }
};

Essas são as formas que eu conheço para se definir métodos dentro de objetos.

Gostaria de saber quais são as diferenças entre as três formas acima, visto que uso a mesma forma para os invocar:

barquinho.pedro();
barquinho.tiago();
barquinho.joao();
0

1 Resposta 1

4

"Métodos" como arrow functions

A diferença é que, no primeiro caso, você está utilizando uma arrow function para definir o método. Consulte esta pergunta e a documentação para saber mais sobre esse tipo de função.

Em resumo, a arrow function não tem o seu próprio this binding, isto é, não possui o this associado ao objeto a qual está contida (lembrar que toda função está associada a algum objeto). Exatamente por isso não faz muito sentido utilizá-la para definir um método, uma vez que, por definição, métodos sempre estão associados a ideia de algum "objeto" ou "instância". Basicamente, o this da arrow function será herdado do escopo léxico imediatamente superior.

const obj = {
  arrow: () => {
    console.log(this.toString()); // [object Window]
    console.log(this === obj); // false
    console.log(this === window); // true
  }
};

obj.arrow();

Como utilizamos uma arrow function para definir o "método" arrow, este herdará o valor this do escopo léxico acima. Como objetos não têm escopo léxico, o this refere-se ao escopo global, que em browsers é window. Vale observar também que, no modo estrito, o comportamento do this global é um pouco diferente.

Justamente por isso não vale a pena utilizar arrow functions em todo lugar, ao contrário do que muita gente parece fazer. Qual o sentido de usar arrow function para definir um método, sendo que você não poderá sequer de acessar, através do this, outras propriedades desse objeto? Justamente por isso coloquei o termo "métodos" entre aspas no título desta seção.

Métodos com function expression e a nova notação

Nos outros dois exemplos, utiliza-se expressão de função para definir os métodos. Nesse caso, o this refere-se ao objeto no qual os métodos estão contidos. Vejamos:

const obj = {
  a: function() {
    console.log(this.toString()); // [object Object]
    console.log(this === obj); // true
    console.log(this === window); // false
  },
  
  b() {
    console.log(this.toString()); // [object Object]
    console.log(this === obj); // true
    console.log(this === window); // false
  }
};

obj.a();
console.log('---');
obj.b();

A única diferença entre a e b, no exemplo acima, é que b utiliza uma notação introduzida no ECMAScript 2015 (ES6) para facilitar a definição de function expressions em objetos. Embora seja um açúcar sintático, existe uma sutil diferença:

Ao contrário de definir uma função utilizando a notação "antiga" (no exemplo acima, método a) de expressão de função, ao utilizar a nova sintaxe (no exemplo acima, método b), não pode-se utilizar a função como construtora.

Desse modo, poderíamos, em tese, fazer isto:

const obj = {
  functionExpression: function() { /* ... */ }
}; 

new obj.functionExpression(); // Totalmente válido!

No entanto, funções definidas com a nova notação não são construíveis:

const obj = {
  newMethodDefinitionSyntax: function() { /* ... */ }
}; 

new obj.newMethodDefinitionSyntax(); // TypeError: obj.newMethodDefinitionSyntax is not a constructor

Justamente por isso, ao utilizar a nova notação, propriedades como prototype (não confundir com __proto__) não estarão definidas, já que só fazem sentido no caso de funções construtoras.

Fora isso, a diferença é meramente sintática. Saiba mais sobre esse açúcar sintático na documentação.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.