7

Estou estudando o módulo Enum da linguagem Elixir no qual fornece varias funções que permite trabalhar com enumerables, entretanto, uma coisa me chamou a atenção na chamada de algumas das funções.

A função any quando esta a chamar ela é necessário informar um ? caso contrario da erro, veja os exemplos:

array = [1, 23, 54, 1, 121]
r = Enum.any?(array,
    fn(v) ->
        v > 100
    end
)
IO.puts(r)

Saída:

true

Sem o ? na chamada da função:

r = Enum.any(array,
    fn(v) ->
        v > 100
    end
)

Saída:

** (UndefinedFunctionError) function Enum.any/2 is undefined or private. Did you mean one of:

      * any?/1
      * any?/2

    (elixir) Enum.any([1, 23, 54, 1, 121], #Function<1.115443437 in file:main.exs>)
    main.exs:26: (file)
    (elixir) lib/code.ex:363: Code.require_file/2

Dúvidas

  1. Qual é a finalidade do ? em uma função?
  2. Qual é a relação do ? com a assinatura da função?
  3. O que o ? faz de especial na função?
0

2 Respostas 2

6

Qual é a finalidade do ? em uma função?

Só estilo de codificação e convenção de nomenclatura.

Qual é a relação do ? com a assinatura da função?

Nenhuma real, só uma convencional.

O que o ? faz de especial na função?

Na linguagem, nada.

Mas é convencionado que funções que resultam em um valor booleano deve ter seu nome pós-fixado com esse caractere para indicar que é uma indagação que deve ser respondida com um sim ou não. Você pode só não usar, ou usar de forma diferente, mas estará fugindo da recomendação. É só um caractere como outro qualquer no nome.

O erro é só porque não usou o nome completo, se tiver uma função retornando booleano sem o ? no nome tem que chamar sem o ?, assim como se uma função EVerdade é diferente de EhVerdade.

Documentação.

2
  • O interessante é que nas outras linguagens o ? no final do nome da syntax invalida. – gato 31/08/20 às 0:30
  • Sim, na maioria. – Maniero 31/08/20 às 0:31
3

A própria documentação do Elixir fala sobre isso em "Naming Conventions".

Interrogação?

O ponto de interrogação no Elixir indica que a função retorna um booleano. Veja que não só nas funções, mas também em variáveis.

iex> active? = (1 + 1 == 2)
true

Note que as cláusulas de guarda do Elixir não possuem essa mesma convenção, porém seguem o estilo do Erlang, com is_*, ao invés de *?.

iex> defmodule Math do
iex>   def double(arg) when is_number(arg) do
iex>     ...
iex>   end
iex>
iex>   def double(arg) when is_list(arg) do
iex>     ...
iex>   end
iex> end

As clásulas de guarda acima são definidas com is_number e is_list, e sem interrogação.

Exclamação!

O ponto de exclamação no Elixir indica que a função pode gerar uma exceção, ao invés da tupla de erro, que é padrão no Elixir. Veja:

File.read("file.txt")
{:ok, "file contents"}
iex> File.read("no_such_file.txt")
{:error, :enoent}

iex> File.read!("file.txt")
"file contents"
iex> File.read!("no_such_file.txt")
** (File.Error) could not read file no_such_file.txt: no such file or directory

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.