69

Já encontrei em vários lugares este termo, "Vanilla JS". Ele parece ser citado como um framework, mas nos códigos onde ele é citado e no próprio site o código apresentado é puro JavaScript.

  • Vanilla JS, é uma piada, então utiliza apenas javascript puro, aqui tem um comparativo de velocidade, mostrando as versão javascript de alguns códigos de framework populares. Hehe. (É algo tipo: "Não utilizo bibliotecas"). – Fernando Leal 15/01/15 às 12:10
  • 3
    A brincadeira é mais ou menos assim – rray 15/01/15 às 14:18
87

Você viu certo, é JavaScript puro. Talvez a forma apresentada para parecer como um framework seja proposital como forma de piada já que há crítica sobre a proliferação de frameworks que em geral pouco agregam de fato.

Provavelmente o site que você viu é esse. O objetivo dele é divulgar de forma jocosa o uso de JavaScript puro em detrimento aos frameworks já que estes últimos não permitem fazer nada novo, no máximo, e isto muitas vezes pode ser questionado, de forma mais fácil.

Não nego que existem algumas vantagens no uso de alguns destes frameworks mas eles também trazem desvantagens que muitas pessoas ignoram tais como o aumento no consumo de recursos e a dificuldade de enxergar o que realmente está acontecendo.

Você pode ler mais a respeito no Google (a lista é muito grande para listar um a um).

Vou aproveitar a oportunidade para esclarecer uma confusão muito comum:

jQuery NÃO é uma linguagem de programação

jQuery é apenas uma biblioteca, ou se preferir, chame-o de framework. Mas, por favor, não chame ele de linguagem de programação. O mesmo vale para outras bibliotecas feitas para auxiliarem o uso do JavaScript. O mesmo vale para ASP.Net ser chamada de linguagem, quando é apenas uma tecnologia.

jQuery depende de outra linguagem de programação diretamente. Ou seja, sem a sintaxe do JavaScript, não é possível fazer nada com jQuery. Não é uma questão que o jQuery exista por si só e depois é convertido para JS, como ocorre com outras linguagens.

O objetivo desta biblioteca é facilitar escrever alguns padrões, encurtar o código, compatibilizar o uso entre os diversos navegadores e fornecer algumas operações comumente necessárias quando se está escrevendo código JavaScript, normalmente usando uma uma sintaxe Fluente. Note que usando jQuery você ainda escreve código JS, mesmo que não pareça.

jQuery aumenta o nível de abstração.

jQuery não possui variáveis, elas são usadas porque o JS as possui. Embora a biblioteca tenha função que evitam o uso de controle de fluxo em muitas situações, ela não tem nenhum controle, nem mesmo a chamada de funções é dela própria. Toda semântica de programação em linguagens de programação, ou seja, em linguagens que são turing complete só está presente na parte fornecida pelo JS.

Então você não programa EM jQuery, você programa em JavaScript COM jQuery. Assim como você não programa em HTML.

Pode ser que você não precise de jQuery

  • 15
    Segue documentação do Vanilla JS: developer.mozilla.org/en-US/docs/Web/JavaScript. kkkk – Joao Paulo 15/01/15 às 17:18
  • 7
    @JoaoPaulo, UP no seu comentário, pela bela referência a documentação. kkkkk. E não se esqueçam de incluir a biblioteca vanilla.js, senão não funciona. kkkkkk – Fernando Leal 16/01/15 às 0:55
  • 2
    É o principal @Fernando!! Aconselho 'checkar' todas as funcionalidades antes de baixar, para ter o pacote completo. – Joao Paulo 16/01/15 às 12:10
  • 1
    @Fernando a maioria dos navegadores modernos não precisam mais incluir mais o vanilla.js podendo ser usado nativamente 😂 – LeonanCarvalho 16/05/17 às 18:10
35

É JavaScript puro mesmo. Em inglês existe essa expressão "vanilla [something]" para se referir à variante mais comum, mais simples ou mais pura de algo - talvez porque "baunilha" seja o sabor mais básico de quitutes como biscoitos, sorvete, etc.

16

Como já disseram é apenas uma piada. O Vanilla foi uma forma inteligente de fazer uma critica a uso indiscriminado de frameworks ou bibliotecas, quando você deveria apenas usar o javascript puro.

Aqui outra brincadeira como exemplo: needsmorejquery

14

Não necessariamente era piada. O termo "Vanilla _______" em si é algo sério e usado em diversas áreas. Vide: https://en.wikipedia.org/wiki/Vanilla_software

is called vanilla when not customized from its original form, meaning that it is used without any customizations or updates applied to it.[...] The term comes from the traditional standard flavor of ice cream, vanilla flavor.

Traduzindo:

é chamado de vanilla (baunilha) quando é algo não customizado da sua forma original, significando que é usado sem customização ou updates aplicados à ele. [...] O termo vem do tradicional sabor padrão de sorvete, baunilha.

Outro exemplo da utilização: Building and installing a vanilla Linux kernel on Ubuntu, ou seja um kernel de linux puro, sem customizações.

  • 2
    Vale a tradução do trecho, já que é o que explica o que é Vanilla ***. – cantoni 18/11/15 às 11:45
  • @cantoni traduzido. Obrigado pelo toque ;-) – Luiz 9/06/17 às 12:18
11

JavaScript mais puro que esse não tem muitos por ai não, no site quando se faz o download o que vem é um arquivo chamado vanilla.js sem nada. Piada mesmo!

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.