-1

Qual o motivo de time1 imprimir 3 e time2 imprimir 2?

let gols = 1

const time1 = function () {
    console.log(gols)
    gols = 2
}

gols = 3

const time2 = function () {
    console.log(gols)
}

time1() // 3
time2() // 2

3 Respostas 3

4

Isso nada tem a ver com closure, inclusive essa forma que se espalhou por aí de declarar a função é horrível porque passa a ideia errada do que é aquilo, quando tem uma função simples, use uma função simples, só adicione complexidade quando for necessário. Se fosse uma closure o comportamento seria diferente em certos cenários. Sem função anônima fica igual:

let gols = 1

function time1() {
    console.log(gols)
    gols = 2
}

gols = 3

function time2() {
    console.log(gols)
}

time1() // 3
time2() // 2

O problema é achar que o código está executando em ordem que você lê.

A execução disso na verdade é assim:

const time1 = function () {
    console.log(gols)
    gols = 2
}

const time2 = function () {
    console.log(gols)
}

let gols = 1
gols = 3
time1() // 3
time2() // 2

Coloquei no GitHub para referência futura.

Tudo que está no mesmo contexto é executado junto. Note que as funções acima estão apenas declaradas, elas não são executadas até sua chamada. O contexto global, ou seja, fora de alguma função é uma coisa só e as declarações não são executadas.

A variável gols é global. Nada no let indica que não seja. Talvez esteja confundindo isso. Ela foi declarada em um contexto global, então ele tem escopo e é visível globalmente. Em qualquer lugar que mude o valor dela afetará tudo.

Então o que acontece aí é que:

  • declara uma função
  • declara a outra
  • declara uma variável gols com um valor
  • logo em seguida o valor é mudado
  • e chama uma das funções. Como internamente essa função faz referência à variável global o valor dela, nesse momento, é usado. E em seguida o valor é alterado. A variável é global, então o valor global é alterado. O próximo acesso à variável em qualquer lugar da aplicação verá esse novo valor.
  • depois acessa o valor global de novo em outra função.

Esse é só um dos motivos para não usar variável global. Ela não funciona como as pessoas esperam. Há perda do controle de onde ela é alterada. Se em código simples causa confusão imagine em um complexo.

2

Como disse nos comentários faça um teste de mesa para compreender o que programa está fazendo passo a passo.

Nesse teste são quatro colunas Código, gols, saída e comentário, onde:

  • Código: mostra a linha que está sendo executada.
  • gols: mostra o valor da variável gols após a execução do Código.
  • saída: mostra a saída no console decorrente ao uso de console.log().
  • Comentário: um comentário auxiliar do que o código está fazendo.

Cada linha representa um passo do funcionamento do algorítimo:

+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| Código                             |   gols   | saída |            Comentário           |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| let gols = 1                       |     1    |       | declara gols com valor 1.       |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| const time1 = function () {        |     1    |       | declara a função time1()...     |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
|     console.log(gols)              |     1    |       |    declara o corpo da função.   |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
|     gols = 2                       |     1    |       |    declara o corpo da função.   |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| }                                  |     1    |       | ...encerra declaração           |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| gols = 3                           |     3    |       | atribua 3 para gols.            |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| const time2 = function () {        |     3    |       | declara a função time2()...     |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
|     console.log(gols)              |     3    |       |    declara o corpo da função.   |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| }                                  |     3    |       | ...encerra declaração           |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| time1()                            |     3    |       | executa time1()                   |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
|     console.log(gols)              |     3    |   3   |    imprime o valor de gols      |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
|     gols = 2                       |     2    |       |    atribua 2 para gols.         |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
| time2()                            |     2    |       | executa time1()                   |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
|     console.log(gols)              |     2    |   2   |    imprime o valor de gols      |
+------------------------------------+----------+-------+---------------------------------+
1

Existe uma diferença entre a definição da função e a execução da mesma.

Quando você faz time1 = function () etc, está definindo a função. Ou seja, só está dizendo o que ela faz, mas neste momento ela ainda não executa o que está lá dentro ("função, você deve fazer isso, mas não agora, só quando eu mandar").

Quando você faz time1(), aí sim está executando a função ("função, sabe aquilo que eu disse que é pra você fazer? Faça agora").

Então seu código cria a variável gols com o valor 1. Depois define a função time1, depois muda o valor da variável para 3, depois define a função time2.

E só depois você executa time1, que imprime o valor de gols (que nesse momento é 3), e logo depois muda o valor para 2.

Por fim, você executa time2, que imprime o valor de gols, que agora vale 2.


Só pra constar, você poderia ter declarado como funções normais (function time1() { etc }), pois não há ganho nenhum em usar uma function expression - nesse caso não faz diferença no resultado, mas tem casos em que faz, veja aqui.

E você não está exatamente usando closures, leia aqui e aqui para entender melhor.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.