9

Tenho duas variáveis, uma com a data e outra com a hora. Como posso obter o seu timestamp das duas variáveis. Exemplo:

var data = 02/01/2015;
var hora = 10:00:00;
var d = new Date(data + hora);
d.getTime();
6

É só uma questão de formatação do conteúdo. Primeiro você não pode ter a data e a hora assim solta, provavelmente você tem como string. E depois você precisa separar os dois conteúdos com um espaço em branco.

var data = "02/01/2015";
var hora = "10:00:00";
var d = new Date(data + " " + hora);
console.log(d.getTime());

Veja funcionando no JsFiddle. Também coloquei no GitHub para referência futura.

5

Você só precisa adicionar um espaço em braco pra separar a data da hora.

var data = "02/01/2015 ";
var hora = "10:00:00";
var d = new Date(data + hora);
d.getTime();

O método getTime retorna os timestamp em milisegundos.

Recomendo a leitura: https://developer.mozilla.org/pt-BR/docs/Web/JavaScript/Reference/Global_Objects/Date

2

Tem dois pequenos detalhes que as outras respostas não se atentaram (e que pode fazer toda a diferença).

Primeiro problema: formato da data

Quando você tem uma string que representa a data no formato "xx/yy/zzzz", alguns browsers/runtimes podem interpretar como "mês/dia/ano".

Por exemplo, o código abaixo (testei no Chrome e no Node, pode ser que em outros browsers/ambientes não ocorra o problema) cria uma data referente a 1 de fevereiro (quando o correto deveria ser 2 de janeiro):

// 2 de janeiro
var data = "02/01/2015";

var hora = "10:00:00";
var d = new Date(data + " " + hora);

// Date refere-se a 1 de fevereiro em vez de 2 de janeiro
console.log(d.toString());

O que quer dizer que se você obter o timestamp desta data, não necessariamente será o valor que espera (pois o timestamp referente a 2 de janeiro é diferente do timestamp referente a 1 de fevereiro).

Pior ainda, se o dia for maior que 12, a data criada é inválida:

// 22 de janeiro
var data = "22/01/2015";
var hora = "10:00:00";
var d = new Date(data + " " + hora);

// data inválida
console.log(d);
// NaN
console.log(d.getTime());

Pois como ela está sendo interpretada como "mês/dia/ano", ele tenta criar a data referente ao mês 22 (e como não existe, o resultado é uma data inválida).

Isso acontece porque o único formato garantido pela especificação da linguagem que funciona em qualquer ambiente é o definido pela norma ISO 8601 (no caso, seria "aaaa-mm-dd"). Qualquer outro formato é dependente da implementação e pode ou não funcionar. Inclusive, este comportamento é descrito na especificação da linguagem:

If the String does not conform to that format the function may fall back to any implementation-specific heuristics or implementation-specific date formats.

Ou seja, qualquer outro formato que não seja o ISO 8601 pode ou não funcionar (como é o caso acima).

Sendo assim, uma opção seria converter a string para o formato ISO 8601:

var data = "02/01/2015";
var [dia, mes, ano] = data.split('/');
data = `${ano}-${mes}-${dia}`;
var hora = "10:00:00";
var d = new Date(`${data}T${hora}`);

// 2 de janeiro (e não mais 1 de fevereiro)
console.log(d.toString());
console.log(d.getTime());

E repare que entre a data e a hora foi colocado um "T", conforme definido pela norma ISO 8601. É comum ver muitos códigos por aí que colocam um espaço, o que não é compatível com o ISO 8601, e como já dito acima, isso pode ou não funcionar (tenho notado que o espaço geralmente funciona, mas se quer ter certeza, prefira usar o formato indicado pela especificação).

Outra opção é extrair os valores numéricos e passá-los diretamente para o construtor:

var data = "02/01/2015";
var hora = "10:00:00";
var [dia, mes, ano] = data.split('/').map(v => parseInt(v));
var [hora, minuto, segundo] = hora.split(':').map(v => parseInt(v));
var d = new Date(ano, mes - 1, dia, hora, minuto, segundo);

// 2 de janeiro (e não mais 1 de fevereiro)
console.log(d.toString());
console.log(d.getTime());

Só que neste caso temos que lembrar do irritante detalhe de que no JavaScript os meses são indexados em zero (janeiro é zero, fevereiro é 1, etc) e por isso temos que subtrair 1 do mês (é confuso porque quando é uma string no formato ISO 8601, não precisa fazer isso, mas se for passar o valor numérico para o construtor, aí precisa).

Mas ainda não terminou. Eu disse que tinham dois pequenos detalhes, então vamos ao segundo.

Segundo problema: timezones

O Date do JavaScript não é de fato uma data, pelo menos não no sentido de representar um único valor de dia, mês, ano, hora, minuto e segundo. Na verdade ele representa um timestamp (um ponto na linha do tempo). Para ser mais preciso, o Date contém apenas um valor: a quantidade de milissegundos que se passaram desde o Unix Epoch (que é o "instante zero", e corresponde a 1 de janeiro de 1970, à meia-noite, em UTC).

O problema é que se tivermos apenas a data e a hora, isso não é suficiente para termos o timestamp, pois precisamos saber a qual timezone (fuso horário) ele se refere. O código acima só "funciona" porque o JavaScript usa um timezone implicitamente (o que está configurado no ambiente no qual ele roda, seja o browser, o Node, etc).

Só que o mesmo código acima, rodando em ambientes diferentes, dará resultados diferentes. Por exemplo, qual o timestamp referente ao dia 2 de janeiro de 2015, às 10 da manhã? Depende, pois em cada parte do mundo esta data e hora ocorreu em instantes diferentes. No Japão, ela ocorreu 11 horas antes, se comparado à São Paulo (não é 12 horas porque aqui estávamos em horário de verão). Mas em vários estados do Nordeste não teve horário de verão, então lá mesma data e hora só ocorreu 1 hora depois de São Paulo. E em cada parte do mundo esta data e hora ocorreu em um instante diferente. Por isso, dependendo do timezone utilizado, o valor do timestamp poderá ser diferente.

Claro que se você quer usar o timezone que está configurado no browser, basta usar o código acima. Mas lembre-se que os resultados poderão ser diferentes, pois depende do timezone que está configurado no ambiente no qual o código roda e você não tem controle sobre isso.

Porém, se quiser usar algum timezone específico, o JavaScript não possui uma forma fácil de fazer (ainda), e o jeito é recorrer a bibliotecas externas (exemplos: 1, 2, 3).


Para mais detalhes sobre o Date do JavaScript, leia aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

1

1º Forma

function TimeStamp(){
   return new Date().getTime();
} alert(TimeStamp());

2º Forma

function TimeStamp() {
    var d = new Date();
    var timestamp = d.getTime();
    return timestamp;
} alert(TimeStamp());

3º Forma

function TimeStamp() {
    return event.timeStamp;
} alert(TimeStamp());

Importante! Se usar o getTime() para obter o timestamp real devera fazer a conversão abaixo.

Math.round((new Date()).getTime() / 1000);

O getTime() retorna milissegundos desde a época UNIX, então dividi-lo por 1000 para obter a representação de segundos. Ele é arredondado usando Math.round() para torná-lo um número inteiro. O resultado agora tem o timestamp UNIX a data atual e relevando tempo para o navegador do usuário.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.