1

No código abaixo a intenção é fazer a interseção de dois vetores, porem quando ele não verifica se o valor for 0 nesse trecho

if(vet1[i] == vet2[j]) 
{
    n = vet1[i];
}else
{
    C[i] = '\0'; 
}

Eu verifico se os valores são iguais para a interseção, mas quando chego no printf

for(int i=0; i < 5;i++)
{
    if(C[i] != '\0')
    printf("os dois vetores tem em comum %d.\n", C[i]);
}

Como faço para verificar que há uma interseção do numero 0 ? Utilizei o \0 pra que quando não haja uma interseção ele aderir um valor nulo.

Código inteiro abaixo:

#include <iostream>
int main() 
{
    int n;
    int vet1[5]= {1,8,9,4,5}, vet2[8] = {8,3,6,5,4,3,2,1}, C[5];
    
    for(int i=0; i < 5;i++)
    {
        n=0;
        for(int j=0;j < 8;j++)
        {
            // verifica se na posiçao i o vetor é 
            if(vet1[i] == vet2[j])
            {
                n = vet1[i];
            }else
            {
                C[i] = '\0'; 
            }
        }
        C[i] = n;

    }
    for(int i=0; i < 5;i++)
    {
        if(C[i] != '\0')
        printf("os dois vetores tem em comum %d.\n", C[i]);
    }
    for
    
    return 0;
}

1 Resposta 1

1

O problema na solução que tem refere-se com a lógica e ao valor "nulo". Não existe valor nulo para inteiro, e \0 é incorreto também porque é um char e apenas tem aplicação em strings. Acontece que o compilador vai lhe permitir fazer isso mas vai colocar um zero normal. Então seria o mesmo que fazer C[i] = 0. Isso também não está correto pois pode ter intersecção com o valor 0, e depois não consegue distinguir se é valor válido ou "nulo".

A solução é controlar o tamanho do vetor de intersecção e ir aumentando cada vez que percebe que um elemento existe nos dois vetores. Assim tem a certeza que só tem valores válidos no vetor

Solução:

#include <iostream>
int main()
{
    int vet1[5]= {1,8,9,4,5}, vet2[8] = {8,3,6,5,4,3,2,1}, C[5];
    int tamC = 0; //novo tamanho para o vetor C

    for(int i=0; i < 5;i++)
    {
        for(int j=0;j < 8;j++)
        {
            if(vet1[i] == vet2[j])
            {
                C[tamC] = vet1[i]; //coloca o elemento no vetor de interseccao
                tamC++; //aumenta a quantidade no vetor de interseccao
                break; //termina a procura
            }
            //sem else
        }
    }

    for(int i=0; i < tamC;i++) //percorre até ao tamC
    {
        std::cout << "os dois vetores tem em comum " << C[i] << std::endl;
    }

    return 0;
}

Comentei no código todos os ajustes que fiz.

A lógica dentro do if que regista o valor no vetor de interseção poderia ser mais resumida, guardando o valor e incrementando simultaneamente:

if(vet1[i] == vet2[j])
{
    C[tamC++] = vet1[i]; // <--
    break;
}

Mas optei por deixar na forma mais extensa para ser mais clara, e não gerar qualquer confusão mesmo a principiantes.

Veja a funcionar no Ideone

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.