2

Criei um projeto em Angular e estou usando a seguinte expressão regular:

export const INTERFACE_REGEX = new RegExp(/(?<=.*\/)(.*?)(?=@|-.+)/gi);

Acontece que ao usar o Goggle Chrome o projeto funciona normal, mas se eu tentar abrir pelo Firefox dá erro:

Erro: syntax invalid regex group

Eu fiz vários testes e descobri que se eu tirar o ?<= da expressão deixa assim eu consigo compilar usando o firefox.

Qual seria o equivalente desse trecho da expressão (?<=.*\/)?

1 Resposta 1

4

Primeiramente, um detalhe: não precisa construir a regex desta forma. Ao usar as barras (que é a notação literal para expressões regulares), você já está criando um RegExp, então passá-lo para o construtor é redundante. Ou seja, as 4 formas abaixo são equivalentes:

regex = /expressão/gi;
regex = new RegExp('expressão', 'gi');
regex = new RegExp(/expressão/gi);
regex = new RegExp(/expressão/, 'gi');

Mas eu só usaria as 2 primeiras (a primeira se a expressão for "fixa", e a segunda se você tiver uma string que represente a expressão - desde que se tome os devidos cuidados). As 2 últimas são redundantes (a última talvez seja útil em casos nos quais as flags são dinâmicas, mas vale lembrar que ela só é válida a partir do ECMAScript 6).

Dito isso, vamos ao problema em si:


O erro ocorre porque o trecho (?<=.*\/) é um lookbehind, e até o momento, é um recurso que o Firefox não suporta.

Mas existe uma forma de simular isso no Firefox (e em qualquer outro ambiente que não suporte lookbehind). A ideia do lookbehind é verificar se algo existe antes do match atual. Sendo assim, basta quebrar a regex em duas (a parte que vem antes e o restante). Se eu encontrar um match, eu vejo se o que vem antes dele corresponde ao lookbehind. Mais ou menos assim:

let r_match = /(.?)(?=@|-.+)/gi;
let lookbehind = /.*\/$/; // simula o lookbehind
let match;
let results = [];
while (match = r_match.exec('./a@ ./x-fd')) { // testando com uma string qualquer
  if (match.index == r_match.lastIndex) r_match.lastIndex++;
  // obtém a substring de zero até o índice em que o match ocorre
  let leftContext = match.input.substring(0, match.index);
  if (lookbehind.test(leftContext)) { // simular lookbehind
    results.push(match[1]);
  }
}
console.log(results); // [ 'a', 'x' ]

Então a ideia é primeiro verificar se tem um match. Depois eu pego a substring, do início da string até o ponto em que o match foi encontrado, e vejo se ele termina com o trecho correspondente ao lookbehind. Para isso adicionei o marcador $, que significa o final da string. E nesse caso específico, a regex poderia ser apenas /\/$/- termina com / - pois .* significa "zero ou mais caracteres" e nesse caso não faz diferença ("terminar com zero ou mais caracteres seguidos de /" é a mesma coisa que "terminar com /").

Se quiser, você pode fazer push de todo o match (pois o objeto contém mais informações, como por exemplo o índice em que ocorre o match, etc). No caso, eu optei por apenas pegar o caractere correspondente a (.?).

O if (match.index == r_match.lastIndex) é para corrigir um bug no caso de zero width matches (explicado em detalhes aqui).


Outra alternativa é não usar lookbehind e obter somente o grupo de captura correspondente à informação que você quer:

let regex = /([^\/]*\/)(.?)(?=@|-.+)/gi;
let s = './a@ ./x-fd';
console.log([...s.matchAll(regex)].map(m => m[2])); // [ 'a', 'x' ]

Como agora o trecho (.?) é o segundo par de parênteses da expressão, ele está no grupo 2, por isso usei m[2] (mas você poderia eliminar o map caso queira um array com os matches).

E mudei o ponto para [^\/] (qualquer caractere que não seja /), pois senão a regex pode acabar pegando mais caracteres do que deve (inclusive a própria barra), dando resultados incorretos (como pegar somente o x, por exemplo).

Se bem que neste caso, não precisa do primeiro parênteses (assim, a informação que eu quero estará no grupo 1):

let regex = /[^\/]*\/(.?)(?=@|-.+)/gi;
let s = './a@ ./x-fd';
console.log([...s.matchAll(regex)].map(m => m[1])); // [ 'a', 'x' ]

Por fim, a flag i serve para deixar a regex case insensitive (não diferencia letras maiúsculas e minúsculas). Mas como sua regex não tem letras, esta flag é desnecessária (pode deixar somente o g, que no seu caso não fará diferença).


Veja mais detalhes em "Negative lookbehind só funciona no Google Chrome, existe uma alternativa para os outros browsers?".

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.