2

Não sei se consegui ser claro no título, e por isso vou exemplificar. No jQuery, a gente poderia fazer algo como isso para deixar todos os H2 com a cor verde:

$('h2').css('color','green')

Estou tentando me livrar do jQuery, criando função genéricas baseadas no que mais faço em meu site. Por isso, estava transformar aquele código acima em algo como:

// $$ é meu seletor, para evitar conflitos com jQuery, e está definido como

function $$(selector){
    return document.querySelectorAll(selector);
}

// setStyle seria uma função que utilizaria um forEach para percorrer todos os itens que o seletor encontrou (o forEach como está na função não funciona pois precisa de ser "chamado" pelo array)

function setStyle(styleName, value){
    forEach(function(x){
        x.style[styleName] = value;
    })
}

// É assim que gostaria de realizar a mudança em meu site, porém não vejo como passar os itens do seletor para aquele forEach poder utilizar

$$('h2').setStyle('color','green')

*** Lembrando que se eu passar o seletor como sendo um parâmetro da função setStyle, eu já resolvo isso, conforme exemplo abaixo. Porém não é a maneira que desejo aplicar.

function setStyle(elements, styleName, value){
    elements.forEach(function(x){
        x.style[styleName] = value;
    })
}

setStyle($$('h2'),'color','green')

Espero ter conseguido exemplificar de maneira clara, e estou aberto a qualquer mudança sugerida no código que me ajude a poder realizar a ação conforme o exemplo que citei acima.

2 Respostas 2

2

Se você quiser criar isso sem utilizar classes, você também pode usar uma abordagem mais dependente de factory functions:

Não há nada de errado com as classes. É só um outro exemplo de uso para mostrar que você não está obrigado a usar classes se quiser fazer algo assim.

// API PÚBLICA
// ===========

function $$(selector) {
  const els = document.querySelectorAll(selector);
  return create$$Object(Array.from(els));
}

// API PRIVADA
// ===========

function create$$Object(els) {
  return {
    getAll: () => els,
    get: (i) => els[i],
    css: $$css(els)
  };
}

function $$css(els) {
  return function css(prop, value) {
    for (const el of els) {
      el.style.setProperty(prop, value);
    }
    return create$$Object(els);
  };
}

Note que a função $$ cria um objeto $$Object (nome arbitrário) através da função create$$Object. Esse objeto possui todas as funções que esse "clone" do jQuery deve suportar. Além da função $$, as outras funções, como o $$css também retornam um novo objeto do mesmo tipo, para permitir o encadeamento de funções.

Exemplo de uso:

// Exemplo:
$$('li').css('color', 'red').css('background-color', 'black');

// API PÚBLICA
// ===========

function $$(selector) {
  const els = document.querySelectorAll(selector);
  return create$$Object(Array.from(els));
}

// API PRIVADA
// ===========

function create$$Object(els) {
  return {
    getAll: () => els,
    get: (i) => els[i],
    css: $$css(els)
  };
}

function $$css(els) {
  return function css(prop, value) {
    for (const el of els) {
      el.style.setProperty(prop, value);
    }
    return create$$Object(els);
  };
}
<ul>
  <li>Foo</li>
  <li>Bar</li>
  <li>Baz</li>
  <li>Qux</li>
</ul>

Um exemplo um pouco mais completo:

// Exemplo:
$$('li')
  .filter((li) => parseInt(li.textContent, 10) % 2 === 0)
  .append(' (par)')
  .css('color', 'red');

// API PÚBLICA
// ===========

function $$(selector) {
  const els = document.querySelectorAll(selector);
  return create$$Object(Array.from(els));
}

// API PRIVADA
// ===========

function create$$Object(els) {
  return {
    getAll: () => els,
    get: (i) => els[i],
    
    // Manipulação e outros:
    css: $$css(els),
    append: $$append(els),
    filter: $$filter(els)
  };
}

function $$css(els) {
  return function css(prop, value) {
    for (const el of els) {
      el.style.setProperty(prop, value);
    }
    return create$$Object(els);
  };
}

function $$append(els) {
  return function append(html) {
    for (const el of els) {
      el.innerHTML += html;
    }
    return create$$Object(els);
  };
}

function $$filter(els) {
  return function filter(predicate) {
    return create$$Object(els.filter(predicate));
  };
}
<ul>
  <li>1</li>
  <li>2</li>
  <li>3</li>
  <li>4</li>
  <li>5</li>
</ul>

0

Se você quer utilizar essa função setStyle como método, você terá que utilizar a mesma abordagem do jQuery: crie uma classe contendo todos esses métodos.

Exemplo:

class Selector extends Array {
    constructor(query) {
        super()
        var nodos = document.querySelectorAll(query)
        Object.assign(this, nodos)
    }

    css(propriedade, valor) {
        for (var i = 0; i < this.length; i++) this[i].style[propriedade] = valor
        return this
    }
}

function $$(query) {
    return new Selector(query)
}

Na classe criada, ele irá armazenar todos os nodos encontrado pela função querySelectorAll como propriedades, e com o método css, eu faço a iteração sobre essas propriedades e aplico o estilo passado como parâmetro. A função $$ é apenas um "atalho" para criar uma nova instancia dessa classe.


A outra alternativa seria adicionar esses métodos direto na classe NodeList

Object.defineProperty(NodeList.prototype, 'css', {
    value(propriedade, valor) {
        for (var i = 0; i < this.length; i++) this[i].style[propriedade] = valor
        return this
    }
})

Você terá que criar e tratar todos os métodos métodos dessa classe manualmente. Isso realmente é mais interessante do que utilizar uma biblioteca como o jQuery?

Enfim, aqui estão exemplos funcionando:

class Selector extends Array {
    constructor(query) {
        super()
        var nodos = document.querySelectorAll(query)
        Object.assign(this, nodos)
    }

    css(propriedade, valor) {
        for (var i = 0; i < this.length; i++) this[i].style[propriedade] = valor
        return this
    }
}

function $$(query) {
    return new Selector(query)
}

function trocarCor() {
    $$('span').css('color', 'red')
}
<span>Exemplo</span>
<button onclick="trocarCor()">Clique aqui para alterar a cor</button>

Object.defineProperty(NodeList.prototype, 'css', {
    value(propriedade, valor) {
        for (var i = 0; i < this.length; i++) this[i].style[propriedade] = valor
        return this
    }
})

function $$(query) {
    return document.querySelectorAll(query)
}

function trocarCor() {
    $$('span').css('color', 'red')
}
<span>Exemplo</span>
<button onclick="trocarCor()">Clique aqui para alterar a cor</button>

  • 1
    Eu realmente acho que aconselhar a utilizar a modificação de um protótipo no SOpt não é uma boa ideia. No mínimo um aviso. A "poluição de protótpios" não é uma boa prática e quase sempre deve ser evitada, já que pode trazer alguns problemas. – Luiz Felipe 14/06 às 0:32

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.