8

Estou tendo algumas dificuldades com a precedência de seletores do CSS para criar um fundo dinâmico (transição de imagens.) na primeira seção/div apresentada no site. Atualmente tenho o seguinte cenário:

HTML:

        <section id="intro" class="intro main style1 dark fullscreen">
            <div class="content container small">
                <header>
                    <h2 class="shade"></h2>
                </header>
                <p class="shade">[TEXTO]</p>
                <footer>
                    <a href="#one" class="button style2 down">Mais</a>
                </footer>
            </div>
        </section>
        ...
        <section id="intro4" class="intro main style1 dark fullscreen">
            <div class="content container small">
                <header>
                    <h2 class="shade"></h2>
                </header>
                <p class="shade">[TEXTO]</p>
                <footer>
                    <a href="#one" class="button style2 down">Mais</a>
                </footer>
            </div>
        </section>  

CSS: (o "ideal" seria, onde tenho propriedades específicas por ID e propriedades genéricas que se aplicam a todas, por classe.)

#intro {
    background: url('images/overlay.png'), url('../images/intro.jpg');
}
#intro2 {
    background: url('images/overlay.png'), url('../images/intro2.jpg');
}
#intro3 {
    background: url('images/overlay.png'), url('../images/intro3.jpg');
}
#intro4 {
    background: url('images/overlay.png'), url('../images/intro4.jpg');
}
.intro {
    background-size: 256px 256px, cover;
    background-attachment: fixed, fixed;
    background-position: top left, bottom center;
    background-repeat: repeat, no-repeat;
}  

Para evitar repetição e fazer algo como:

#intro {
    background: url('images/overlay.png'), url('../images/intro.jpg');
    background-size: 256px 256px, cover;
    background-attachment: fixed, fixed;
    background-position: top left, bottom center;
    background-repeat: repeat, no-repeat;
}
...
#intro4 {
    background: url('images/overlay.png'), url('../images/intro4.jpg');
    background-size: 256px 256px, cover;
    background-attachment: fixed, fixed;
    background-position: top left, bottom center;
    background-repeat: repeat, no-repeat;
}  

Pensei em recorrer a propriedade !important, que faria com que o seletor de classe (que normalmente seria sobreposto por background-size: initial e background-attachment: initial, já que ids terem precedência sobre classes.) não tivessem de ser repetidas, se aproximando de um conceito DRY (Don't Repeat Yourself) - Sugestões de como melhorar deixar "mais" DRY, são bem-vindas.

Já fiz isso em propriedades como font-size: 200% !important e claramente funcionou OK. No entanto, em seletores com mais de um valor, como o caso do background-size e background-attachment, o inspetor de propriedades (no meu caso, Chrome Dev Tools.) diz que a propriedade abaixo seria inválida:

background-attachment: fixed !important, fixed !important;  

Enquanto que o seguinte:

background-attachment: fixed, fixed !important;  

Não traz o resultado esperado.

Alguém poderia me dizer se:

(1) É possível acrescentar !important em uma propriedade shorthand com múltiplos valores
(2) Caso seja possível, como fazê-lo, observando as melhores práticas e
(3) Se existe outra maneira de alcançar o mesmo resultado, preservando a atual estrutura HTML (pois preciso de alguns modelos genéricos apenas nessas <sections>/<divs>, embora cada uma tenha seu próprio fundo com imagem.), qual seria e como implementar.

  • Estás a gerar esse código no servidor, ou é HTML/CSS já feito que tens de usar? Assim podias fazer algumas melhoras para ser mais DRY... – Sergio 2/01/15 às 18:19
  • HTML/CSS manual. Sou adepto de SASS/SCSS mas no caso não estou compilando nada, nem Node.js ou algo do tipo. Busco ser DRY em tudo, pra evitar aquela macarronada de seletores e tags desnecessárias que ficam poluindo o código. E é justamente por não usar SASS neste projeto que estou tendo essa dificuldade - se estivesse, simplesmente faria um @extend, que teria o mesmo resultado em CSS que não desejo, mas seria mais fácil de manter e atualizar. – nmindz 2/01/15 às 18:21
4

Acredito que o correto seja:

background-attachment: fixed, fixed !important;

Apesar de não estar trazendo o resultado que você espera, essa regra na classe sobrepõe a regra definida para o ID. Apesar disso o ideal é evitar usar !important, pois deixa o código mais difícil de manter. Um link interessante sobre isso:

http://css-tricks.com/when-using-important-is-the-right-choice/

Acho que o maior problema no seu código é a regra do ID estar sobrescrevendo a regra da classe, já que você define regras para background em ambos. Não seria mais simples você transformar aqueles IDs em classes? Dessa forma você teria classes que definem regras mais genéricas e classes que definem regras mais específicas e isso soluciona o seu problema da precedência do ID, sem ter que usar o !important. Algo como:

HTML:

<section class="intro intro1">
...
</section>

CSS:

.intro1 {
  background: url('images/overlay.png'), url('../images/intro.jpg');
}
...
.intro {
  background-size: 256px 256px, cover;
  background-attachment: fixed, fixed;
  background-position: top left, bottom center;
  background-repeat: repeat, no-repeat;
}
  • 1
    Essa era minha idéia, usar o ID apenas para o que serve especificamente para aquela seção. O que acontece é que, atualmente, faço algumas chamadas em jQuery mencionando o ID, sendo #intro a introdução de verdade, enquanto os #introX são placeholders pra trocar de fundo. Além do que já estou meio saturado de classes, mas pode ser essa a única alternativa a usar o !important. Estou ciente das nocividades de utilizar o !important e que seu uso deve ser consciente, pra não tornar o CSS um code-hell. Obrigado, vou considerar! :) – nmindz 3/01/15 às 1:44

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.