2

Qual a diferença entre utilizar dynamic e Object no Dart?

Por exemplo, funções que não sei o tipo de retorno:

Future<dynamic> getQuery ou Future<Object> getQuery

Para fazer casting:

final myvar = myReturn as dynamic

final myvar = myReturn as Object

1 Resposta 1

2

Object é um tipo como outro qualquer que é usado como base para os outros tipos e possuem alguns poucos membros conforme pode ver na documentação. Então ele é usado mais para compor outros tipos ou indicar que você aceita qualquer objeto em determinado local do código (o que está fazendo na pergunta).

Se estiver acessando o objeto por esse tipo só pode ver os membros de Object mostrado na documentação. Só poderá acessar outros membros se fizer um cast para um subtipo, o que só é possível se o objeto concreto for desse subtipo (se não for a aplicação quebra).

Então ele é uma generalização, uma abstração, mas é um tipo regular muito simples e que não tem utilidade específica.

dynamic (notou o minúsculo?) não é um tipo, é uma indicação que o objeto pode ser de um tipo qualquer e qualquer coisa que você tente acessar o compilador deixará sem dar erro (não quer dizer que funcionará, poderá dar erro durante a execução se o objeto concreto não possuir o membro que está acessando). É só uma sintaxe para desligar a verificação de tipos.

Então o objeto que foi declarado que será dinâmico permite trabalhar livremente como acontece em uma linguagem de tipagem dinâmica sem impedir a compilação porque está acessando um membro que não existe. Ele deixa a aplicação mais lenta, além de menos robusta.

Eles parecem iguais porque a ideia é poder não definir o tipo exato, mas a forma como lida com isso é bem diferente. O Object tem pouca utilidade real, você precisa converter para um subtipo para fazer uso específico de alguma funcionalidade do objeto, enquanto que dynamic subverte o sistema de segurança de tipos.

Em todas linguagens que tem esses mecanismos vejo os programadores abusando, em geral eles são menos necessários do que parece quando tem disponível generics e outros mecanismos mais seguros e úteis. Em Dart não é diferente, é mais robusto e as vezes mais fácil usar um objeto específico, mesmo que de forma genérica. Raros os casos que precisa aceitar um objeto qualquer ou um objeto que você não sabe sua composição.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.