0

Eu montei um dataset com meus dados de imagens. Eu quero fazer o treinamento de uma rede neural convolucional mas acabei parando na camada de saida da rede. A ideia depois de treinar a rede é gerar uma imagem a partir dessa rede treinada (problema de regressão). Porém, na hora de treinar a rede eu encontrei a seguinte msg de erro:

ValueError: A target array with shape (1501, 32, 32, 1) was passed for an output of shape (None, 1) while using as loss mean_squared_error. This loss expects targets to have the same shape as the output.

Como posso corrigir isso?

Abaixo segue o meu código:

import os
import PIL
import numpy as np
import matplotlib.pyplot as plt
from sklearn.model_selection import train_test_split
import cv2
import glob
import tensorflow as tf
import matplotlib.pyplot as plt

x = []
files = glob.glob ("E:/NN_SRTM/Teste_Split_imagem/srtm_treino/*.tif")

y = []
files1 = glob.glob ("E:/NN_SRTM/Teste_Split_imagem/gnsstreino/*.tif")

IMG_SIZE = 32

for myFile in files:
    print(myFile)
    image = cv2.imread (myFile, cv2.IMREAD_GRAYSCALE)
    image = cv2.resize(image, (IMG_SIZE, IMG_SIZE))
    x.append (image)

for myFile1 in files1:
    print(myFile1)
    image1 = cv2.imread (myFile1, cv2.IMREAD_GRAYSCALE)
    image1 = cv2.resize(image1, (IMG_SIZE, IMG_SIZE))
    y.append (image1)

x = np.array(x)
x = x.astype('float32')

y = np.array(y)
y = y.astype('float32')

x = x.reshape(x.shape[0],32,32,1)
y = y.reshape(y.shape[0],32,32,1)

X_treinamento, X_teste, y_treinamento, y_teste = train_test_split(x,y, 
                                                                  test_size=0.30,random_state=0)

model = tf.keras.models.Sequential()

model.add(tf.keras.layers.Conv2D(filters=32, kernel_size=3, padding="same", 
                                 activation="relu", input_shape=[32, 32, 1]))

model.add(tf.keras.layers.Conv2D(filters=32, kernel_size=3, 
                                 padding="same", activation="relu"))

model.add(tf.keras.layers.MaxPool2D(pool_size=2, strides=2, padding='valid'))

model.add(tf.keras.layers.Conv2D(filters=64, kernel_size=3, padding="same", activation="relu"))

model.add(tf.keras.layers.Conv2D(filters=64, kernel_size=3, padding="same", activation="relu"))

model.add(tf.keras.layers.MaxPool2D(pool_size=2, strides=2, padding='valid'))

model.add(tf.keras.layers.Flatten())

model.add(tf.keras.layers.Dense(units=128, activation='relu'))

model.add(tf.keras.layers.Dense(units=1, activation='relu'))

model.compile(loss="mean_squared_error", optimizer="Adam", 
              metrics=["accuracy"])

model.summary()

model.fit(X_treinamento, y_treinamento, epochs=5)

inserir a descrição da imagem aqui

Grato pela atenção

2
  • 1
    Para gerar novas imagens você deve pesquisar sobre Generative Adversarial Networks (GANs) aqui tem uns exemplos – Bernardo Lopes 25/05/20 às 0:14
  • Eu acreditava q uma CNN poderia gerar isso mais rápido. Mas entendi a sua colocação. Obrigado. – Rodrigo Ferraz 25/05/20 às 0:17

1 Resposta 1

1

O problema de gerar imagens artificiais não é um problema de regressão. É conhecido na literatura como modelos generativos, dentre eles temos as Generative Adversarial Networks (GANs) que é uma classe de modelos generativos, dentre dessa classe foram desenvolvidos diversos trabalhos com ótimos resultados na geração de imagens artificiais, segue uma demonstração.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.