-1

Tenho a versão 3.7.3 do Python (apenas para estudos) no meu Raspbian Buster e gostaria de atualiza-lo para a versão mais recente (3.8.3).

Já tentei utilizar sudo apt update e sudo apt upgrade mas o sistema não atualizou informando que os pacotes estão atualizados.

Como proceder neste caso?

  • pelo o pouco tempo que venho usando exclusivamente linux, notei que python só é atualizado para versões recentes quando os desenvolvedores da distro escolhem fazer, ai o apt update/upgrade vai funcionar, se vc quer python3.8 instalado vc teria que fazer isso explicitamente, trate como um segundo programa, um programa independente, e ja adiantando não exclua o python 3.7 pois pode haver funções do sistema dependentes desta versão e a exclusão pode quebrar o sistema, ja vi em foruns relatos de tal, não era rasp, mas melhor não arriscar – Elton Nunes 4/05 às 14:36

1 Resposta 1

0

O Python que vem no sistema é usado, dentre outras coisas, para rodar as diversas aplicações que estão instaladas e que foram feitas em Python. É claro que você pode usá-lo para programar em Python, mas a maioria das distribuições não vai ter a versão mais nova. Especialmente uma distribuição baseada no Debian (que prima pela estabilidade e não por estar "na crista da onda") como o Raspbian.

Já o Arch Linux, por exemplo, tem um modelo de "rolling release" e sempre está atualizado e nesse momento que escrevo a versão do Python no Arch é 3.8.2 (essa é a última versão até o momento e a 3.8.3 ainda está como "release candidate").

Mas o melhor mesmo quando se programa em Python é usar um ambiente virtual ao invés de usar o Python que vem com o sistema. Um ambiente virtual é isolado e separado do Python do sistema e com isso você pode usar differentes versões do Python e de quaisquer biblioteca que queria usar sem correr o risco de prejudicar alguma outra aplicação.

Para se trabalhar com ambientes virtuais existem algumas opções, incluindo distribuições completas (com repositórios próprios) como o anaconda (provavelmetne a opção mais fácil). Com o anaconda você cria um ambiente virtual e especifica a versão exata do Python que quer usar.

Outras opções para usar ambientes virtuais são pipenv, poetry, ou até o próprio módulo venv que já vem no python 3. Mas acredito que essas opções só gerenciem as bibliotecas e não a versão do python (você trabalha com um python isolado, mas a mesma versão do sistema). Para trabalhar com diferentes versões do python tem o pyenv, que certamente é usado junto com algumas das opções para trabalhar com ambientes virtuais.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.