5

Eu gostaria de saber se possui alguma diferença ou relevância entre as duas formas abaixo na construção de um objeto:

Criar um objeto a partir da forma literal:

let pessoa = {
   nome: 'Pedro'
};

console.log(pessoa.nome);

Criar um objeto a partir de uma função construtora:

let pessoa = new Person();

function Person() {
    this.nome = 'Pedro';
}

console.log(pessoa.nome);

1 Resposta 1

5

Em resumo, a diferença está na forma como os objetos são criados e, portanto, o construtor dos objetos.


No seu primeiro exemplo:

let pessoa = {
   nome: 'Pedro'
};

console.log(pessoa.nome);

Você simplesmente está criando um novo objeto através de sua notação literal. Você está atribuindo uma propriedade name diretamente através dessa notação. Não há nada de muito especial além disso.

No seu segundo exemplo:

function Person() {
    this.nome = 'Pedro';
}

let pessoa = new Person();
console.log(pessoa.nome);

Você está instanciando um novo objeto do construtor Person, ou seja, você está criando um novo objeto do "tipo" Person.

Há, então, a diferença, já que quando você usa o operador new, o objeto retornado (instanciado) irá herdar o prototype de sua função construtora. No seu exemplo, pode-se notar a diferença com o seguinte exemplo:

const person1 = {
  name: 'Luiz'
};

function Person() {
  this.name = 'Luiz';
}

const person2 = new Person();

console.log(person1.constructor.name); // "Object"
console.log(person2.constructor.name); // "Person"

Assim, pode-se concluir que, basicamente, a diferença é esta:

  • No seu primeiro exemplo, como o objeto está sendo construído usando a sua notação literal, ele irá herdar o protótipo do construtor Object (padrão para objetos literais).
  • No segundo exemplo, contudo, utiliza-se o construtor Person, uma função criada pelo próprio programador. Aí está a diferença.

Isso tudo está muito ligado ao funcionamento de protótipos no JavaScript. Para saber mais, leia esta outra pergunta.


A título de curiosidade, se você quiser criar um objeto que não possua nenhum parente herdado, você pode utilizar Object.create(null), sendo o primeiro argumento o protótipo que o objeto a ser criado herdará.

const example1 = {};
const example2 = Object.create(null);

console.log(example1.constructor.name); // "Object"
console.log(example2.constructor); // undefined

  • Agora fiquei mais confuso ainda, estou aprendendo sobre OOJS e não entendo muito sobre protótipo, construtor, herdar, polimorfismo, etc eu vou dar mais uma estudada sobre esses conceitos, assim quando eu voltar a rever essa resposta estará mais clara para mim, valeu! :) – felipe cardozo 13/04 às 17:28
  • 1
    @felipecardozo Sobre protótipo, um bom ponto de partida é aqui: pt.stackoverflow.com/q/15239/112052 – hkotsubo 13/04 às 17:35
  • @hkotsubo, obrigado! por compartilhar o link da resposta vou dar uma lida. – felipe cardozo 13/04 às 17:37

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.