1

Estou criando um servidor com Express em Node.js onde cada página HTML é diferente mas possui o mesmo código JavaScript no <head> do documento.

O que eu quero fazer é escrever esse código JavaScript uma única vez para injetá-lo em todos os meus arquivos HTML sem que eu precise alterar alguma coisa no meu servidor.

Eu gostaria de fazer algo como isto:

app.get("/", (request, response) => {
    const filename = path.resolve("templates/index.html");
    const jsCode = getDefaultCode();

    const content inject(filename, jsCode);

    response.send(content);
});

Resultado:

<!doctype html>
<html>
    <head>
        <title>Meu arquivo HTML</title>
        <meta charset="UTF-8">
        <script>
            // Código injetado.
        </script>
    </head>
    <body>...</body>
</html>

Eu sei que existe um pacote chamado handlebars, mas ele parece ser bastante complexo e eu gostaria de algo bem simples apenas para injetar meu código JavaScript nos arquivos HTML.

  • 1) Você pode usar regex para buscar um termo <title>, por exemplo, e adicionar o código após o termo; 2) Você pode usar template engine como haml, ejs, vuexpress etc. – Valdeir Psr 10/04 às 17:36

1 Resposta 1

1

Conforme colocado nos comentários, você pode usar expressões regulares para isso.

Você também pode, por exemplo, editar o seu arquivo e incluir algum "comentário especial", que usaremos para repor pelo script a ser injetado. Algo assim:

<!DOCTYPE html>
<html>
  <head>
    <title>Hello, world!</title>
    <meta charset="UTF-8" />
    <!-- inject::script -->
  </head>
  <body>
    Hello, world!
  </body>
</html>

Pode então criar uma função para encapsular esse comportamento:

function injectScript(file, script) {
  return file.replace('<!-- inject::script -->', `<script>${script}</script>`);
}

E basta passar o conteúdo do arquivo:

const { promises: fs } = require('fs');
const path = require('path');
const app = require('express')();

const filePath = path.join(__dirname, 'template.html');

const script = `
  window.addEventListener('load', () => {
    document.body.style.color = 'rgb(255, 0, 0)';
  });
`;

function injectScript(file, script) {
  return file.replace('<!-- inject::script -->', `<script>${script}</script>`);
}

app.get('/', async (req, res) => {
  try {
    // Obter o HTML:
    const file = await fs.readFile(filePath, 'utf8');

    // Injetar o script:
    const injected = injectScript(file, script);

    // Enviar o HTML com o script injetado:
    res.send(injected);
  } catch (error) {
    res.send(`Whoops. Erro: ${error.message}.`);
  }
});

const port = process.env.PORT || 3000;
app.listen(port, () => console.log(`Listening at port ${port}.`));

Veja funcionando no CodeSandbox.

Note que se você não puder editar os templates para adicionar o comentário, basta utilizar alguma tag que sempre estará no <head> como ponto de referência ao invés do comentário. Na minha opinião, </head> é o mais simples de ser utilizado nesse caso.

Assim:

function injectScript(file, script) {
  return file.replace('</head>', `<script>${script}</script></head>`);
}

Note no exemplo acima que trocamos </head> por uma tag de script e o fechamento da </head> logo em seguida.

Você pode também usar as chamadas template engines, que te ajudam a fazer isso com mais facilidade. Nunjucks é a mais simples na minha opinião, com uma sintaxe inspirada da template engine jinja2 do Python.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.