5

Como faço para calcular a hash de um arquivo torrent com PHP?

Já utilizei a classe BEncoded e funcionou, porém queria saber como funciona.

  • Você fala de um hash do arquivo inteiro? Ou é o hash das peças, tal como exigido na sua estrutura? (caso em que o correto a ser usado seria o SHA-1) Por que você quer calcular esse hash, que uso você tem pra ele? – mgibsonbr 16/12/14 às 21:20
  • 3
    magnet:?xt=urn:btih:640FE84C613C17F663551D218689A64E8AEBEABE. Queria saber como faço para descobrir esse btih. Se não me engano, tenho q descobrir o hash dos pedaços, mas não sei como. – Diogo Medina 16/12/14 às 22:14
7

Um arquivo torrent possui uma estrutura de dados com duas chaves de nível mais alto: announce - identificando o(s) tracker(s) a serem utilizados para download - e info - contendo os nomes dos arquivos e os hashes relevantes (das peças, creio eu, mas não tenho certeza). Para se criar links "magnet", usa-se o infohash que é justamente um hash dos dados codificados do info. Fonte.

Ou seja, para se calcular esse infohash é necessário abrir o arquivo torrent, interpretar sua estrutura e calcular o hash da parte relevante (pelo que entendi do citado acima, não e preciso decodificar a estrutura toda, mas ainda é necessário selecioná-la dentro do arquivo).

O detalhe é que, como o infohash é um hash da estrutura codificada, e o BencodeModel decodifica tudo, acaba sendo necessário codificar novamente a parte relevante, antes de aplicar o hash:

  • Decodifica e pega a parte relevante (info):

    $bencode = new BencodeModel();
    $data = $bencode->decode_file($form->fields['filename']->saved_file);
    $hash = $torrentmanager->create_hash($data['info']);
    
  • Re-codifica e calcula o hash:

    function create_hash($info)
    {
        $bencode = new BencodeModel();
        return urlencode(sha1($bencode->encode($info)));
    }
    

Fonte.

  • Vou estudar essa classe. Muito obrigado. – Diogo Medina 17/12/14 às 3:29
1

Tem várias formas dependendo do propósito.

Uma das mais comuns é usar MD5. Isto é feito com a função md5_file().

Também pode usar a sha1_file() que é mais lenta mas um dá um resultado um pouco melhor.

  • 2
    De fato, essa é a forma correta de se calcular o hash de um arquivo inteiro, mas no caso do magnet link somente uma parte do arquivo torrent precisa ser hasheada (a parte constante, que descreve o conteúdo; a parte que descreve os trackers pelo meu entendimento pode mudar, de modo que um hash dela não tem muita utilidade). – mgibsonbr 16/12/14 às 22:56
  • 1
    Com as informações adicionais parece ser, eu só respondi o que a pergunta falava. – Maniero 16/12/14 às 23:58

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.