4

Estava lendo sobre JsInterop e me deparo com um exemplo de código:

package com.example;

@JsType
public class Bar {
    @JsFunction
    public interface Foo {
        int exec(int x);
    }

    public static int action1(Foo foo) {
        return foo.exec(40);
    }

    public static Foo action2() {
        return (x) -> x + 2;
    }
}

A pergunta não tem nada com JsInterop, foi só onde eu peguei o exemplo

Note que, aqui, Foo é uma interface aninhada dentro da classe Bar. Diferente do que estou acostumado a ver com classes aninhadas, Foo não está anotada como estática.

Eu sei que, se a classe aninhada não for declarada como estática, como por exemplo:

package com.example;

public class Marm {

  public class Ota {
  }
}

toda instância da classe Ota tem uma referência para Marm.this, passada como argumento implícito para o seu construtor, podendo então acessar os campos e métodos privados da classe que a encapsula:

package com.example;

public class Marm {

    public class Ota {
        @Override
        public String toString() {
            return "" + Marm.this.n;
        }
    }

    private int n;
    public Marm(int n) {
        this.n = n;
    }

    public static void main(String... args) {
        Ota a;
        // se eu fizesse: a = new Ota();
        // teria este erro: No enclosing instance of type Marm is accessible. Must qualify the allocation with an enclosing instance of type Marm (e.g. x.new A() where x is an instance of Marm).
        a = new Marm(5).new Ota();
        System.out.println(a); // imprime 5
    }
}

Porém, eu fico com uma dúvida: uma interface aninhada tem o mesmo efeito se ela fosse "estática"? E, com Java 8 permitindo métodos default em interfaces, as interfaces aninhadas estão alheias ao Marm.this e não poderiam referenciá-lo?

E, aproveitando, e quanto aos métodos privados e estáticos da classe que a enclausura, os métodos default poderiam ter acesso a eles?

1 Resposta 1

3

Segundo a especificação da linguagem, uma interface aninhada é static por default. Ou seja, as duas formas abaixo são equivalentes:

public class Foo {
    public interface Bar {
        void fazAlgo();
    }
}

// ou
public class Foo {
    public static interface Bar {
        void fazAlgo();
    }
}

Em ambos os casos, a interface será usada da mesma maneira (de forma estática):

package outro.pacote.completamente.diferente;

import pacote.onde.esta.foobar.Foo;

public class TestFoo {
    public static void main(String[] args) {
        Foo.Bar bar = new Foo.Bar() {
            @Override
            public void fazAlgo() {
                System.out.println("fazendo algo");
            }
        };
        bar.fazAlgo(); // imprime "fazendo algo"
    }
}

Ou ainda:

// importando direto a interface
import pacote.onde.esta.foobar.Foo.Bar;

public class TestFoo {
    public static void main(String[] args) {
        Bar bar = () -> {
            System.out.println("fazendo algo");
        };
        bar.fazAlgo();
    }
}

No exemplo acima, poderia-se inclusive anotar a interface Bar com @FunctionalInterface, embora a documentação diga que não é obrigatório: "the compiler will treat any interface meeting the definition of a functional interface as a functional interface regardless of whether or not a FunctionalInterface annotation is present on the interface declaration".

Importante notar que continuam valendo as regras de visibilidade: se a interface não fosse public, a classe TestFoo não conseguiria enxergá-la.

E qualquer tentativa de acessar a interface de maneira não-estática dará erro de compilação. Ex:

Foo.Bar b = new Foo().new Bar() { // error: anonymous class implements interface; cannot have qualifier for new
    // etc...
};

Então para resumir:

Uma interface aninhada tem o mesmo efeito se ela fosse "estática"?

Uma interface aninhada sempre é estática.

E, com Java 8 permitindo métodos default em interfaces, as interfaces aninhadas estão alheias ao Marm.this e não poderiam referenciá-lo?

Como elas são static, não estão associadas a uma instância específica e por isso não conseguem referenciar o this da classe externa. Então o código abaixo não compila:

public class Foo {

    private int x;

    public interface Bar {    
        void fazAlgo();

        default void metodoDefault() {
           // error: non-static variable this cannot be referenced from a static context
           System.out.println(Foo.this.x);
        }
    }
}

E, aproveitando, e quanto aos métodos privados e estáticos da classe que a enclausura, os métodos default poderiam ter acesso a eles?

Para os métodos privados, ocorre o mesmo problema acima. Como a interface Bar não consegue acessar Foo.this, então ela não consegue acessar os métodos privados de Foo.

Já para os métodos estáticos, não há problema nenhum em acessá-los:

public class Foo {
    static void fooStatic() {
        System.out.println("método estático de Foo");
    }

    public interface Bar {
        void fazAlgo();

        default void metodoDefault() {
            Foo.fooStatic();
        }
    }
}

public class TestFoo {
    public static void main(String[] args) {
        Foo.Bar bar = () -> {};
        bar.metodoDefault(); // imprime "método estático de Foo"
    }
}

Lembrando que um método default de uma interface é automaticamente public, por isso eu consigo chamá-lo no exemplo acima.

Também é interessante notar que o exemplo acima funcionaria mesmo se o método fooStatic fosse private.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.