5

Minha dúvida surgiu após ler essa pergunta e suas respostas.

Muitas IDEs fornecem modos de compilar o código LESS ainda em desenvolvimento. No Netbeans, por exemplo, é possível configurar para sempre que o código .less for salvo, ser compilado e gerado o CSS. Nos projetos que preciso utilizar algum pré-processador eu crio uma estrutura semelhante a esta:

/assets
  /style
    /css
    |  style.css
    /less
      /build
         style.less
      | variables.less
      | mixins.less

Sempre que o código do diretório style/less/build for salvo, automaticamente um arquivo .css é criado em /style/css.

Então, no HTML basta referenciar o local em que se encontra as folhas de estilos, exemplo:

<link rel="stylesheet" href="assets/style/css/style.css"/>

Pra mim essa seria a melhor forma, ao invés de deixar esse processamento ser feito no dispositivo client que precisaria:

  1. Baixar o arquivo LESS
  2. Baixar o script que compila esse código (suponha que tenha vários outros scripts a serem baixados também)
  3. Compilar o código e transformar em CSS
  4. Apresentar o CSS

Estou a pouco tempo usando LESS, mas só vejo essa prática sendo vantajosa se por ventura um arquivo LESS for mais leve que um CSS (e olhe lá).


Então, minhas dúvidas:

  • Um arquivo .less é mais "leve" que um .css?
  • Quando compilar o código no computador do usuário é a melhor escolha?
  • Que benefícios/malefícios tenho ao optar por compilar o .less do lado cliente?
  • 3
    Ótimas respostas. Só gostaria de acrescentar mais uma informação que talvez seja útil. Como foi citado o NetBeans e o e Grunt, quero cityar o SublimeText, que com os plugins certos instalados, também compila o LESS a cada SAVE(Ctrl+S). Não sei exatamente qual faz isso, mas instalei os seguintes plugins para trabalhar com o LESS no Sublime: Lessc Less-Build Less2Css SublimeOnSaveBuild – Angelo Scali 17/12/14 às 20:35
7

Compilar o arquivo Less enquanto em desenvolvimento é opção do programador. Eu prefiro compilar (grunt faz isso sozinho para mim). Portanto, mesmo em desenvolvimento, utilizo o CSS, e não os arquivos Less. Em produção, sem dúvidas deve ser distribuído o arquivo CSS, e não o Less.

Respostas às suas perguntas individuais:

1. Um arquivo Less não é mais leve do que um CSS pois precisa ser compilado.

2. Não. Pode ser que o browser do usuário se quer suporte arquivos em Less e então seu site seria exibido "quebrado".

3. Acredito que nenhum benefício. Para malefícios, veja itens 1 e 2.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.