-5

Estou acostumado a fazer projetos em Python onde, ao inicializar o mesmo eu guardo uma variável dizendo quando ele iniciou (para poder medir o tempo de execução do projeto) assim:

import time
started_at = time.perf_counter()

Assim no final do código eu posso calcular a diferença entre o started_at e um novo time.perf_counter() e saber o tempo de execução do código.

Estou começando a estudar Golang agora e, ao tentar fazer a mesma coisa está aparecendo uma mensagem de erro "const initializer &time.Now() is not a constant" . Segue o código que comecei a montar:

package app

import "time"

const startedAt = time.Now()

O que preciso fazer para poder ter o mesmo comportamento do primeiro código em Golang?

2 Respostas 2

2

Para ter o mesmo comportamento você deve usar var e não const:

package app

import "time"

var startedAt = time.Now()

Quando a variável está dentro de uma função também é possível usar o := para criar a variável (como startedAt := time.Now()).


O Golang não permite utilizar funções como constante. Isto serve para tudo, mesmo aquilo que, em tese, é constante. Da mesma maneira que não pode usar const v = time.Now(), você não pode usar const v = math.Abs(1.2).


Toda regra tem exceções, existem poucas funções que podem ser usadas como const, a maioria delas é pertencente ao unsafe, que o próprio nome já dá uma pista do que se trata. Além de algumas funções (e em alguns casos) que já são da própria linguagem (com o len).

Se for ver a documentação do unfsafe, pode notar o comentário:

// The return value of Alignof is a Go constant.

Então, é possível utilizar um const c = unsafe.Sizeof([]int{}). Também pode utilizar const c = len("abc"), mas não pode usar len([]int{1,2,3}), já que slice não são constantes.

  • Simples, direto e exatamente o que eu precisava saber do "porque" não funcionar. Muito obrigado. – LeandroLuk 8/03 às 18:32
4

fazer projetos em Python onde, ao inicializar o mesmo eu guardo uma variável

Destaquei a palavra variável. Não consigo imaginar porque tentou usar uma constante em Go se em Python usou uma variável, se quer fazer o mesmo então escreva um código compatível, não introduza uma outra semântica.

Uma constante deve ser um valor que não mudará nunca. Um horário é a definição perfeita de algo que muda, é impossível pegar o mesmo dado em duas execuções.

Parece acreditar que constante é uma variável que não muda seu valor e isso não é correto. Para entender melhor: Constante é realmente útil? (siga os links).

O que preciso fazer para poder ter o mesmo comportamento do primeiro código em Golang?

Manter o dado como uma variável. Só trocar const por var ou atribuir com :=.

Se quer uma variável imutável, Go, hoje, não tem isso, assim como Python não tem nem mesmo constante.

Eu não acho que só isso fará o comportamento do código em Python acontecer em Go, afinal em Python está usando um biblioteca de análise de performance e em Go está usando uma biblioteca que trabalha com horário normal. Eu sei que é intuitivo a pessoa achar que é só pegar o horário que começou e que terminou a operação, subtrair um do outro e sabe quanto tempo demorou, mas essas bibliotecas de horário não costumam ter resolução e precisão suficiente para entregar resultados confiáveis para análise de desempenho.

Até onde eu sei se faz isso com go test, então pra que reinventar a roda?

Caminhonete com rodas quadradas

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.