2

Estou realizando um trabalho da faculdade e preciso medir o tempo de execução de uma função recursiva, porém quando eu faço a medição em nanosegundos a maior parte dos meus dados volta zerado.

Teria alguma forma de fazer uma medição mais precisa em C++ ? Em anexo está como fiz utilizando a biblioteca chrono:

auto t1 = chrono::high_resolution_clock::now();
resultado = fiboRec(n);
auto t2 = chrono::high_resolution_clock::now();
auto duration = chrono::duration_cast<chrono::nanoseconds>( t2 - t1 ).count();
cout << "O numero de Fibonacci na posicao " << n << " eh "<< resultado;
cout << "O tempo gasto foi de " << duration << " nanosegundos" << endl;

Alguns dos resultados obtidos foram os seguintes:

O numero de Fibonacci na posicao 20 eh 6765 O tempo gasto foi de 0 nanosegundos
O numero de Fibonacci na posicao 20 eh 6765 O tempo gasto foi de 1000000 nanosegundos
O numero de Fibonacci na posicao 22 eh 17711 O tempo gasto foi de 0 nanosegundos
O numero de Fibonacci na posicao 24 eh 46368 O tempo gasto foi de 999800 nanosegundos
O numero de Fibonacci na posicao 26 eh 121393 O tempo gasto foi de 0 nanosegundos
O numero de Fibonacci na posicao 28 eh 317811 O tempo gasto foi de 1998600 nanosegundos
8
  • Já chegou a se questionar se realmente o processamento não é rápido o suficiente para não ser detectado no intervalo de tempo perceptível para a versão da biblioteca chrono compilada na sua máquina? Por exemplo, qual o valor de n para a verificação? – Jefferson Quesado 20/02/20 às 12:30
  • Relacionado: pt.stackoverflow.com/q/258476/64969 – Jefferson Quesado 20/02/20 às 12:43
  • não sei se entendi bem, mas ai vai a saida que eu recebo do programa para alguns valores O numero de Fibonacci na posicao 20 eh 6765 O tempo gasto foi de 0 nanosegundos O numero de Fibonacci na posicao 20 eh 6765 O tempo gasto foi de 1000000 nanosegundos O numero de Fibonacci na posicao 22 eh 17711 O tempo gasto foi de 0 nanosegundos O numero de Fibonacci na posicao 24 eh 46368 O tempo gasto foi de 999800 nanosegundos O numero de Fibonacci na posicao 26 eh 121393 O tempo gasto foi de 0 nanosegundos O numero de Fibonacci na posicao 28 eh 317811 O tempo gasto foi de 1998600 nanosegundos – José Santos 20/02/20 às 20:05
  • 1
    Outra coisa que o seu experimento de performance não está levando em consideração são fatores aleatórios. Num sistema multi-processado, cada núcleo de processamento só pode executar uma thread de cada vez. Isso significa que, caso o núcleo que estivesse processando o seu programa seja desviado para outra atividade (e isso é comum, evita que o outro processo "morra de fome"), o tempo em que o núcleo de processamento passou executando o outro programa vai ser levado em consideração na sua contagem. Sem falar de flutuações aleatórias também não estão sendo descartadas... – Jefferson Quesado 20/02/20 às 20:21
  • 1
    Uma das maneiras mais comuns de se descartar essas flutuações do experimento que você não tem pleno controle é rodá-lo diversas e diversas vezes e obter uma média. Está linkado no meu segundo comentário coisas sobre o assunto. É importante ler a pergunta que eu disse ser relacionada e, também, os links dentro dela para se ter uma ideia melhor de onde você está caminhando ao testar performance – Jefferson Quesado 20/02/20 às 20:24

1 Resposta 1

0

Se você estiver compilando para windows pode tentar o QueryPerformanceCounter, mas não acredito que consiga uma melhora tão significativa.

Então a melhor opção é executar a função N vezes e tirar uma média.

*obs: os numeros nunca vão ser absolutos, vão ser relativos a presença de outros processos disputando a RAM e o clock da CPU, que ira aumentar/diminuir de acordo com uso.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.