0

Estou começando a POO (Programação Orientada a Objeto) e estou separando os meus atributos e métodos da classe em arquivos diferentes.

Eles estão lendo cada um porém na main.cpp está dando o erro "undefined reference to.. "

O estranho é que quando eu começo a digitar pra usar algum método, ele aparece pra eu escolher como atalho

Estou usando o VS Code;

ps: estou usando marca como int pra teste, pra ver se roda; Se eu escrevo o código normal tudo em um arquivo funciona normal. .

main.cpp:

#include <iostream>
#include <string.h>
#include <stdlib.h>

#include "Carro.h"

using namespace std;

int main(){

    Carro c1;
    c1.setMarca(3);
    c1.setAno(2018);

    Carro c2;
    c2.setMarca(4);
    c2.setAno(2020);

    cout << c1.getAno() ;


    return 0;
}

Carro.cpp:

#include <stdlib.h>

#include "Carro.h"


// Marca do carro:
int Carro::setMarca (int marca) { 
    this->marca = marca; 
}

int Carro::getMarca () {
    return marca;  
}


// Ano do carro:
int Carro::setAno (int ano) { 
    this-> ano = ano; 
}

int Carro::getAno () { 
    return ano; 
}

Carro.h:

#ifndef CARRO_H
#define CARRO_H

#include <stdlib.h>


class Carro {    
    private:
        int ano, marca;

    public:
        int setMarca(int marca);
        int getMarca();

        int setAno(int ano);
        int getAno();    
};

#endif // CARRO_H

.

erro:

inserir a descrição da imagem aqui

.

reconhecendo no vs code oa atributos na main:

inserir a descrição da imagem aqui

1 Resposta 1

0

Bom.. Eu consegui resolver em dois métodos:

- Primeiro (errado):

Basta tirar o #include "Carro.h" do arquivo .cpp e colocar no final do arquivo .h #include "Carro.cpp"

Porém o isso não eh recomendado.

O #include basicamente puxa o que está escrito naquele arquivo/biblioteca e coloca no lugar. Quando incluímos os as definições dos nossos atributos abaixo dos atributos criados acontece duas coisas:

  • Perde a essência da criação de outro arquivo. você pode fazer isso em um arquivo só, sem precisar separar em outros;

  • Em projetos maiores pode ter conflitos; Quando coloca o arquivo.h (ou .hpp) no início do arquivo.cpp vc esta colocando os seus atributos definidos da classe em cima do código, para que embaixo vc possa definir cada atributo. E isso vc pode fazer novamente no arquivo2.cpp, definir os atributos e dps configura-los novamente sem que haja interferência.

.

- Segundo (certo)

Basta colocar o #include "Carro.h" no inicio do arquivo.cpp e quando for compilar deve mandar compilar os dois arquivos: main.cpp e arquivo.cpp.

.

.

Nesse video (inserir a descrição do link aqui) mostra como depurar um programa em C/C++ simplesmente apertando F5 no VS Code, usei ele pra poder configurar minha compilação.

Para compilar dois arquivos, basta adicionar mais um arquivo no task.json:

// Meu task.json
{
    "version": "2.0.0",
    "tasks": [
        {
            "label": "echo",
            "type": "shell",
            "command": "g++",
            "args": [
                "-g",
                "main.cpp", 
                "-g",
                "Vetor.cpp",
            ],
            "group": {
                "kind": "build",
                "isDefault": true
            }
        },
        {
            "type": "shell",
            "label": "g++.exe build active file",
            "command": "C:\\MinGW\\bin\\g++.exe",
            "args": [
                "-g",
                "${file}",
                "-o",
                "${fileDirname}\\${fileBasenameNoExtension}.exe"
            ],
            "options": {
                "cwd": "C:\\MinGW\\bin"
            }
        }
    ]
}

Perceba que nos meus argumentos ("args") eu coloquei dois arquivos, assim roda normalmente :)

PS: toda vez que vc for depurar (apertar F5) vc precisa colocar o local do(s) arquivo(s) no "args" (o programa vai ser executado em uma janela(terminal) externa). Caso vc queira só rodar o programa precisa baixar uma extensão ("C/C++ Compile Run") e apertar F6 (o programa vai ser executado no próprio terminal do VS Code)

ATENÇÃO: A extensão só roda um único arquivo. Para usar o VS Code para compilar precisar do task.json onde vc fala quais arquivos devem ser compilados.

Caso você não queira todo esse trabalho, basta baixar uma IDE que ela já faz tudo isso pra você.

8
  • 1
    A solução que você encontrou está errada. Em um projeto pouca coisa maior você vai ter o problema de multiplas definições da mesma função. A propósito qual compilador que você está usando (Clang, Mingw, Gcc)? Você está compilando com comandos no terminal ou está usando o tasks.json ou algo que o valha? – user142154 20/02/20 às 0:52
  • Não entendi o problema que eu teria em multiplas definições. Meu erro era que não estava funcionando essa forma de programação, separada em três arquivos. Minha dúvida era como fazer a leitura de arquivos um com outro (basicamente) e dessa forma funciona, tudo esta sendo importado pra onde deve. Pra progrmar eu uso o VS Code, configurei o task.json pra depura e compila e tb instalei uma extensão que direto no terminal. A compilação é feita pelo Gcc (Mingw), ai configurei o VS Code pra depurar em cima disso. – Gui Reis 20/02/20 às 3:22
  • A única diferença ,basicamente , entre os tutoriais que eu achei na internet e nos cursos onlines foi de importar o arquivo .cpp no arquivo .hpp (ou .h). . Nos tutoriais eh ao contrário, o .cpp importava o .hpp (ou .h) – Gui Reis 20/02/20 às 3:23
  • O que #include faz é basicamente pegar o texto de um arquivo e incluir em outro arquivo. Na prática, o que a solução encontrada por você faz é incluir todas as definições dos métodos da classe Carro abaixo da classe. Isso acaba com todo o propósito de voce ter dois arquivos, pois para todos os efeitos você tem apenas um. E por que isso é um problema? Em um projeto maior, suponha que você tenha mais arquivos do tipo .cpp que você precisa incluir a "Carro.h", cada arquivo desses com a inclusão terá sua própria cópia das definições do método. – user142154 20/02/20 às 3:52
  • O compilador vai compilar essas definições e quando o linker for reunir o projeto, ele vai encontrar multiplas definições do método e vai reclamar.Isso é sempre assim? Não, no seu caso, o Linker aceitou numa boa porque existe apenas uma unidade de translação. E tambem tem duas exceções importantes que são os templates e as classes com funções inline que devem conter a declaração e a definição em um mesmo arquivo. – user142154 20/02/20 às 3:59

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.