4

Fiz o código abaixo mas tenho a sensação de que ele pode ser melhorado e que talvez eu esteja dando volta demais nele.

É um código em que eu tenho uma entrada de texto e caso ela não seja escrita com todas as letras em maiúsculas eu peço para a pessoa escrever novamente, caso esteja correto ele retorna 'Texto correto.'

n = input('Digite o texto todo em maiúscula: ')
res = n.isupper()

while res != True:
  n = input('Texto errado, digite tudo em maiúscula: ')
  res= n.isupper()
  continue

if res == True:

  print('Texto correto!')
0
6

Não chega a ser uma otimização só refatorei o seu código o deixando menos prolixo.

n = input('Digite o texto todo em maiúscula: ')
while not n.isupper():
  n = input('Texto errado, digite tudo em maiúscula: ')
print('Texto correto!')

Código funcionando no Repl.it

6

As duas respostas deram códigos certos, mas eu vou dar minha versão porque eu odeio quando ele viola o DRY, mesmo em código pequeno porque depois a pessoa aprende fazer sempre assim, então sem repetir partes relevante e acho que seria o "mais otimizado" que dá para fazer sem ficar ilegível ou fazer alguma maluquice:

while True:
    n = input('Digite tudo em maiúscula: ')
    if n.isupper():
        print('Texto correto')
        break

Veja funcionando no ideone. E no repl.it. Também coloquei no GitHub para referência futura.

Ele não diz que está errado, mas há correntes que indicam que isso nem é bom pra UX, pra que dizer que houve erro sem necessidade, mas se quiser fazer isso mesmo:

while True:
    n = input('Digite tudo em maiúscula: ')
    if n.isupper():
        print('Texto correto')
        break
    else:
        print('Texto errado')

Já não parece tão simples, mas pelo menos não tem dois códigos fazendo a mesma coisa (que em exemplo assim não é complicado, mas já vai aprendendo evitar esse tip ode coisa).

5

Dá para fazer assim:

n = input('Digite o texto todo em maiúscula: ')
while True:
    if n.isupper():
        print('Texto correto')
        break
    else:
        n = input('Texto errado, digite tudo em maiúscula: ')

while True cria um loop infinito, que só é interrompido pelo break - que por sua vez, só acontece se n.isupper() retornar True. Ou seja, se n.isupper() for True, ele imprime a mensagem e sai do while.

Repare que se um valor é booleano (como é o retorno de isupper), não precisa compará-lo com True ou False, basta só colocá-lo diretamente como condição do if.

No seu caso, if res != True poderia ser escrito como if not res, assim como if res == True pode ser simplesmente if res, mas na verdade essa variável res nem é necessária.

Se n.isupper retornar False, ele cai no else e pede que digite novamente o texto.


Só lembrando que isupper verifica se todos os chamados cased characteres da string são maiúsculos, e que deve haver pelo menos um destes na string.

No caso, cased characters são aqueles que pertencem às categorias Unicode "Letter, Uppercase", "Letter, Lowercase" e "Letter, Titlecase". Mas isso não significa que a string só contém esses caracteres. Por exemplo, se a string for "1A" ou "A, B", então isupper também retorna True (o dígito "1", a vírgula e o espaço não são cased characters, por isso não são verificados).

0
5

Uma one-liner para você:

f = lambda: input('Digite em maiúsculo: ').isupper() and 'Texto Correto!' or f()

Para executar:

f()
2

A partir da versão 3.8 do Python você pode utilizar a assignment expression:

while not (texto := input('Digite um texto todo em maiúsculas: ')).isupper():
    print('Erro! Por favor, digite o texto com todas as letras maiúsculas')

print(f'Agora sim, você digitou: {texto}')
0

Eu achei uma maneira mais leve e simples, reduzindo o número de variáveis e colocando o while em uma só linha só:

n=input(f'Digite o texto todo em maiúscula: ')
while not n.isupper(): n=input(f'Texto errado, digite tudo em maiúscula: ')
print(f'Texto correto!')

Eu coloquei o f no print para usar a memória flash (para não pesar na RAM) e usei o estado booleano de n em maiúscula diretamente no while. Espero ter ajudado!

5
  • 1
    Poderia descrever melhor esse detalhe de usar o prefixo f para usar memória flash e não RAM? Pois o prefixo f define que a string poderá ser interpolada, por que ela impacta na memória que será utilizada?
    – Woss
    13/05 às 15:40
  • Quando você imprime uma string, ela vai para a memória RAM para ser impressa. Porém, quando você coloca o f na frente da cadeia de caracteres, ela deixa de ir para a RAM e vai para a memória flash (mais rápida) para, posteriormente, ser impressa na tela. E é por isso que o código fica mais rápido quando você coloca o f na frente da string no print !!! 17/05 às 11:57
  • 1
    Mas qual é a relação das f-strings com a memória flash? Onde leu que isso acontece? Tem o link da documentação que afirma isso?
    – Woss
    17/05 às 11:58
  • Cara, eu vi numa videoaula há uns 2 ou 3 anos, quando eu programava mais em Arduino... Aí, quando eu fui aprender Python, também podia usar isso! Eu não sei por quê, mas funciona!!! 27/05 às 14:10
  • 1
    No Python não funciona assim. O prefixo f é para informar ao interpretador que a string será interpolada. Não tem ligação com a memória utilizada.
    – Woss
    27/05 às 14:31

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.