4

Tenho duas consultas que funcionam perfeitamente separadas, mas precisava de todos os registros delas juntas.

Seriam essas:

SELECT b.idBanca AS idB, b.DataHora AS dataHora, 
       b.Sala AS sala, t.idTrabalho AS idT, 
       p.Nome AS orientador, a.Nome AS aluno, t.Nome AS trabalho 
FROM Bancas b 
INNER JOIN Trabalhos t ON t.idTrabalho = b.idTrabalho 
INNER JOIN Professores p ON t.idProfessor = p.idProfessor 
INNER JOIN Alunos a ON t.idAluno = a.idAluno 
INNER JOIN ProfessoresBancas pb ON b.idBanca = pb.idBanca 
WHERE t.idSemestre = '$idSemestre' AND pb.idProfessor = '$idProfessor' 
ORDER BY dataHora 

e

SELECT b.idBanca AS idB, b.DataHora AS dataHora, 
       b.Sala AS sala, t.idTrabalho AS idT, 
       p.Nome AS orientador, a.Nome AS aluno, t.Nome AS trabalho 
FROM Bancas b 
INNER JOIN Trabalhos t ON t.idTrabalho = b.idTrabalho 
INNER JOIN Professores p ON t.idProfessor = p.idProfessor 
INNER JOIN Alunos a ON t.idAluno = a.idAluno 
INNER JOIN ProfessoresBancas pb ON b.idBanca = pb.idBanca 
WHERE t.idSemestre = '$idSemestre' AND p.idProfessor = '$idProfessor' 
ORDER BY dataHora

Só o que muda é o $idProfessor da clausula WHERE... Preciso dos registros das duas dentro do mesmo array chegando no PHP... Tentei com UNION, com SELECT encadeado e nada... Alguém saberia alguma alternativa?

8

Eu não conferi toda a query mas se é o que você está dizendo acho que isto resolve:

SELECT b.idBanca AS idB, b.DataHora AS dataHora, 
       b.Sala AS sala, t.idTrabalho AS idT, 
       p.Nome AS orientador, a.Nome AS aluno, t.Nome AS trabalho 
FROM Bancas b 
INNER JOIN Trabalhos t ON t.idTrabalho = b.idTrabalho 
INNER JOIN Professores p ON t.idProfessor = p.idProfessor 
INNER JOIN Alunos a ON t.idAluno = a.idAluno 
INNER JOIN ProfessoresBancas pb ON b.idBanca = pb.idBanca 
WHERE t.idSemestre = '$idSemestre' AND 
       (p.idProfessor = '$idProfessor' OR pb.idProfessor = '$idProfessor')
ORDER BY dataHora

Coloquei no GitHub para referência futura.

Você teve uma ideia interessante ao usar o UNION. De fato o que você precisa é fazer uma união mas existem diversas formas de fazer isto. Isto é possível fazer através de operadores lógicos. Um OR é uma união, assim como o AND que você usou é uma intersecção.

Um AND deve satisfazer todas as condições estabelecidas então t.idSemestre = '$idSemestre' AND pb.idProfessor = '$idProfessor' precisa achar tanto o semestre procurado na tabela t como o o professor na tabela pb também.

Se na verdade você pode ter um professor adequado para a condição em duas tabelas diferentes você pode olhar nas duas, como você fez e unir estas duas buscas no WHERE com o OR.

Note que primeiro você olha uma tabela para achar se o semestre atende a necessidade e só depois ele vai olhar o professor em qualquer das duas tabelas. Para garantir que estas duas buscas pelo professor sejam uma só expressão é usado os parênteses.

O ideal realmente é que a procura pelo semestre venha antes porque se o banco de dados não achar nada ele nem tenta achar o professor nas duas tabelas. Afinal em um AND se você tem o primeiro operando falso, não adianta mais olhar o segundo, toda a expressão já será falsa.

No OR ocorre o oposto. Se você achar um professor na primeira sub-expressão (primeiro operando) do OR ele nem precisa olhar mais para o segundo operando porque já é certa que a expressão será verdadeira.

Lembre-se que o WHERE será aplicado à todas as linhas obtidas pelas demais cláusulas do SELECT. Por isto um índice adequado pode ser útil para agilizar a seleção.

6

A sintaxe geral do WHERE é:

WHERE <condição1> AND/OR <condição2> AND/OR <condição3> ...

WHERE condição1 OR condição2

Se a condição1 OU a condição2 for verdadeira será realizada a consulta. O termo OR significa OU.

Observe que você pode estar combinando o uso do AND e do OR. Por exemplo:

WHERE (condição1 AND condição2) OR condição3

Nesse caso a condição1 e a condição2 precisa ser verdadeira para realizar a consulta ou somente a condição3 para satisfazer a condição. Já nesse outro exemplo:

WHERE condição1 AND (condição2 OR condição3)

Observe que os parênteses podem afetar a sua condição, nesse caso a condição1 precisa ser verdadeira e somente uma das outras duas condições serem verdadeiras (condição2 ou condição3)

Agora só resta adaptar na sua query, de acordo com as suas necessidades.

  • 1
    Muito interessante. – Lollipop 9/12/14 às 14:46
  • E ainda há muitas técnicas que abrangem a programação, principalmente a forma de interpretação de cada linguagem, a maioria padroniza os mesmos conceitos e princípios lógicos. – Corvo 9/12/14 às 17:47
0

O UNION era para resolver sua necessidade, bastaria remover o order by do primeiro SQL e colocar o UNION entre eles mas, não seria o mais correto afinal as querys são identicas a unica diferença é o seu id do professor o que acaba em código duplicado sem necessidade. experimente utilizar

WHERE t.idSemestre = '$idSemestre' AND
 (p.idProfessor in ('$idProfessor1','$idProfessor2',....,'$idProfessorN'))

Em questão de performance, procure fugir de OR/NOT pois o banco em muitas vezes pode acabar fazendo um table scan desnecessário.

Espero ter ajudado.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.