5

Não compreendi a utilização do 0 neste código:

SELECT substring ... 0 AS PARCELADO, ...
FROM ...

O que ele faz?

9

Você não colocou o código todo, por isto pode ser algo diferente do que parece.

Ao contrário do que muitos imaginam o SELECT pode selecionar qualquer informação válida no SQL. Então o 0 é uma informação válida, é um literal numérico.

Valor dummy facilitando a criação de código em tempo de execução

É comum usar o 0 no início ou no fim quando a query está sendo construída pela aplicação aos poucos. Quando você monta a lista de campos a serem selecionados para controlar se deve ter vírgula ou não fica um pouco mais complicado, então é simulado um campo extra para garantir a linearização do código.

Pode ser assim (em pseudocódigo):

query = "SELECT 0"
query += ", " + campo1
query += ", " + campo2

Ou também:

query = "SELECT "
query += campo1 + ", "
query += campo2 + ", "
query += "0"

Desta forma a vírgula não fica "solta".

Mantendo ordem natural dos dados

Também pode ser usado para que nenhuma ordem específica seja usada. Uma forma de você anular alguma ordem usada por causa das demais cláusulas é usar isto para indicar que explicitamente algo que torne todos elementos iguais para fins de comparação da ordenação:

ORDER BY (SELECT 0)

Ajudar no entendimento da query

Quando dados veem de fontes diferentes você pode querer saber qual parte da query resultou aquela linha, então usa uma coluna apenas para identificação:

SELECT 0, nome, ... FROM cliente WHERE id = 123
UNION ALL
SELECT 1, nome, ... FROM cliente WHERE id = 456

Coluna virtual

É possível que sua aplicação precise de uma coluna virtual (algumas vezes chamada de coluna calculada). Ou seja, apesar da sua tabela não ter aquela coluna, uma query específica precisa desta coluna por alguma razão.

Como dito antes, o SELECT pode pegar qualquer expressão e não apenas os campos da tabela. Estas expressões podem ser úteis para cálculos ou outras manipulações que a aplicação precise processar.

Como neste caso não há nenhum cálculo ou variação do dado é provável que esta informação será preenchida de alguma forma pela aplicação e será usada por ela ou servirá para alguma decisão no momento que o dado retornar para escrita no banco de dados.

A resposta do Caputo dá mais detalhes sobre esta possibilidade.

  • Essa pergunta não está muito boa de ser respondida. Poderia ser ainda o 0 do isNull – Marconcilio Souza 28/08/16 às 12:18
9

O uso de constantes em SQL preve que o resultado do campo seja sempre igual a constante.

Neste caso,

0 AS parcelado

Está trazendo todos os campos parcelado como 0. Supondo que existam 4 registros

| CampoA  |  CampoB  |
|    1    |  José    |
|    2    |  João    |
|    3    |  Pedro   |

Se eu fizer

SELECT
  CampoA,
  CampoB,
  0 AS Parcelado
FROM
  Minha Tabela

Eu teria como resultado

| CampoA  |  CampoB  | Parcelado |
|    1    |  José    |     0     |
|    2    |  João    |     0     |
|    3    |  Pedro   |     0     |

Tudo bem, entendi. Mas para que isso?

Isto pode ser usado como artifício para:

  1. Preencher este campo em RunTime via codigo
  2. Trazer um campo esperado por código legado
  3. Atender a um modelo de dados, onde este campo não seria necessário
  4. Ter um campo para ser checked ou unchecked na interface
  • Um tempo atrás aqui no site eu vi um caso com 0 WHERE (ou alguma coisa do tipo). É a mesma coisa? – Bruno Augusto 8/12/14 às 17:02
  • Acho que o 0 WHERE pode entrar também no caso que o @bigown citou. Aqui na empresa por exemplo, para obter metadados utilizam WHERE 1 = 2 visto que um nunca será igual a 2 – Caputo 8/12/14 às 17:27

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.