1

Eu tenho a seguinte modelagem do banco de dados até então:

Modelo

Estou com dúvida de qual a melhor forma de armazenar os produtos na tabela de pedidos.

Uma string com Id de todos os produtos para cada pedido na tabela? Acho muito ruim. Qual outra solução seria melhor?

Depois quero conseguir buscar um pedido e seus produtos relacionados a ele.

  • Como a relação entre pedido e produto é de N - N (um produto pode estar em vários pedidos, assim como um pedido pode ter vários produtos), você pode criar uma tabela associativa, onde cada registro contenha o id do produto e o id do pedido, permitindo que você realize consultas como "todos os produtos para X pedido" ou "todos os pedidos que tenham X produto". – Vinicius Gabriel 14/01 às 13:17
  • A resposta resolveu sua dúvida? Acha que pode aceitá-la? Veja o tour se não souber como faz. Isso ajudaria muito indicar que a solução foi útil para você. Também pode votar em qualquer pergunta ou resposta que achar útil no site todo (quando tiver 15 pontos). – Maniero 25/01 às 10:28
3

Você precisa de uma tabela de itens de pedido. Isto é chamado entidade associativa. Esta tabela estaria ligada ao pedido e uma entrada nela só existe porque existe um pedido. Isto é normalização básica.

Nesta tabela você teria uma chave primária composta pelo número do pedido mais o sequencial do item entrado. Poderia só colocar o código do produto, mas em uma aplicação real nunca é tão simples (por isso que eu falo que exemplos artificiais nunca ensinam bem como fazer algo, fazer um carro de papel é muito diferente de fazer um carro para andar nas ruas). Em geral terão vários dados referentes a este item do pedido.

Nem todos casos você precisa pesquisar os itens individualmente, por isso pode não ser tão vantajoso.

Por outro lado se for só o código mesmo, então não vejo algo tão ruim assim de fazer uma lista de ids na própria tabela. Não é tão comum fazerem isso no modelo relacional, mas não acho tão ruim quando faz sentido. Para um exemplo artificial que provavelmente é um exercício eu faria o relacionamento porque o objetivo deve ser este. Em caso real nem seria adequado como falei nos parágrafos anteriores, mas se fosse, tem alguns casos que pode ser melhor.

O modelo relacional foi criado em uma época que se exigia pureza, e os mecanismos existentes eram limitados para lidar com dados variáveis. Você precisa pensar na necessidade e na pureza do modelo.

1

Quando estamos trabalhando com um banco relacional nós buscamos estabelecer uma relação entre as tabelas quando fazer sentido. Como é o seu caso.

No seu caso, você precisa estabelecer uma relação entre pedidos (orders) e produtos (products).

Um pedido é feito de vários produtos e isto faz todo sentido. Então seu raciocínio está correto, porém a forma de executá-lo não.

Partindo do seu problema, podemos estabelecer algumas coisas para chegar em uma sugestão de solução final:

  • Um pedido tem vários produtos
  • Os produtos podem pertencer a mais de um pedido

Para estabelecer este relacionamento entre pedido e produto, ele pode ocorrer usando as propriedades já existentes dos bancos relacionais. Para isto, temos o que chamamos de "chave estrangeira". Uma chave estrangeira faz uma ligação de uma tabela com outra, guardando o identificador único (chave) da outra tabela.

Na maioria dos casos, podemos estabelecer a relação entre 2 tabelas colocando a chave estrangeira em uma delas. A escolha dependerá do relacionamento. Por exemplo, se uma pessoa pode ter mais de um endereço, e o endereço só pertence a pessoa, podemos colocar uma chave estrangeira no endereço com a chave da pessoa. Algo assim:

pessoa
id  | nome   
100 | Dherik
102 | Luan

endereco
id  | rua            | pessoa_id
400 | Rua Chile      | 100
401 | Rua Argentina  | 102
402 | Rua Peru       | 100

Contudo, no seu caso, não parece fazer sentido o produto ter a chave de pedido em sua tabela, pois o produto pode pertencer a mais de um pedido e um pedido pode estar associado com vários produtos.

Para resolver isto, você pode criar uma tabela intermediária para associar pedido e produto: a tabela pedido_produto. Assim, você teria este resultado (vou omitir algumas colunas por simplificação):

produto
id | name
5  | Garrafa
6  | Mouse
7  | Teclado

pedido
id | idClient
2  | 33
9  | 236

pedido_produto
id_pedido | id_produto
2         | 5
9         | 7
9         | 5
9         | 6

Desta forma, a tabela pedido_produto consegue estabelecer quais pedidos são associados a quais produtos.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.