3

Encontrei isso em um programa C:

int k;
char* nometreino;
char* nometeste;

FILE* arquitreino;
FILE* arquiteste;

scanf("%m[^ ] %m[^ ] %d", &nometreino, &nometeste, &k);

arquitreino = fopen(nometreino, "r");
arquiteste = fopen(nometeste, "r");

Nesse caso ele esta declarando as variáveis para abrir o arquivo, porem me perdi nesse scanf %m[^ ] e apos ele, vai ser aberto o arquivo que estao nas variaveis nometreino e nometeste certo?

Como funciona?

1 Resposta 1

4

Não é algo padrão e a maioria dos compiladores não aceitam isto, portanto é um bom motivo para não usar.

Se for usar o GCC pode aplicar para o scanf() alocar a memória necessária para o dado que será armazenado na variável ali. Então o primeiro placeholder criará um buffer para armazenar um dado e isto será apontado por nometreino, assim como o segundo para a outra variável.

Sem isto neste código daria um erro porque em lugar algum este espaço foi reservado antes.

Não sei detalhes mas meu entendimento é que ele sempre usará um malloc() para fazer isto, o que nem sempre é o que deseja.

Isto teria o mesmo efeito:

int k;
char* nometreino = malloc(101);
char* nometeste = malloc(101);
scanf("%100s[^ ] %100s[^ ] %d", &nometreino, &nometeste, &k);

Coloquei no GitHub para referência futura.

Na verdade quase isto, porque está alocando um espaço provavelmente maior do que precisa e se precisa mais não tem como usar, mas é mais ou menos assim que as pessoas usam. Tem uma resposta que fala sobre algo mais adequado, ainda que seja uma forma ingênua de fazer (outra). neste caso provavelmente o malloc()poderia ser substituído por um array na stack.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.