1

Desenvolvi a função recursiva vertical(), que aceita um inteiro não negativo como entrada e exibe seus dígitos empilhados verticalmente.

Por exemplo:

>>> vertical(3124)
3
1
2
4

Solução:

def vertical(n):
    if n< 10:
        print(n)
    else:
        vertical(n//10)
        print(n%10)

n = 3124
vertical(n)

Alguém poderia me explicar passo a passo como funciona a solução recursiva acima?

2 Respostas 2

3

Uma dica para entender o funcionamento de qualquer algoritmo é fazer o teste de mesa. Tudo bem que para algoritmos recursivos pode ser um pouco mais confuso, mas de qualquer forma vale a tentativa.


A ideia básica da recursão é resolver o problema de maneira... recursiva, ou seja, você resolve uma instância menor do mesmo problema, usando o mesmo algoritmo (e caso não seja recursão em cauda, você junta os resultados depois).

No seu caso, como seria um algoritmo recursivo para mostrar os dígitos de um número empilhados? Basicamente, seria algo assim:

  1. se o número só tem um dígito, basta imprimir o próprio número e pronto
  2. se o número tem mais de um dígito (vamos supor que a quantidade é N dígitos):
    • 2.1. imprima os N - 1 primeiros dígitos empilhados
    • 2.2. imprima o último dígito

O passo 1 acima corresponde ao if n < 10 (com o detalhe que não vai funcionar muito bem com números negativos, e a função poderia até verificar este caso e dar um erro, por exemplo, mas enfim). Esse é o caso básico, no qual não é necessário fazer nenhuma chamada recursiva.

O passo 2 corresponde ao else, quando o número tem mais de um dígito e precisamos da chamada recursiva.

Mas como resolver o passo 2.1? Simples, você executa o mesmo algoritmo, mas em vez de considerar todos os dígitos, você considera somente os N - 1 primeiros (ou seja, você chama a mesma função recursivamente, passando um número que só tem os N - 1 primeiros dígitos, e depois que ela retornar, você executa o passo 2.2).

No caso do número 3124, ficaria assim:

  • 3124 é menor que 10? Não, entra no else, que chama vertical(3124 // 10), ou seja, vertical(312) (o operador // é a divisão inteira, ou seja, ignorando as casas decimais do resultado). Esse é o passo 2.1, chamei a função recursivamente, passando somente os N - 1 primeiros dígitos.
    • agora estamos dentro da chamada vertical(312):
    • 312 é menor que 10? Não, entra no else, que chama vertical(312 // 10), ou seja, vertical(31) - novamente, é o passo 2.1
      • agora estamos dentro da chamada vertical(31):
      • 31 é menor que 10? Não, entra no else, que chama vertical(31 // 10), ou seja, vertical(3) - mais uma vez executamos o passo 2.1
        • agora estamos dentro da chamada vertical(3):
        • 3 é menor que 10? Sim, imprime 3 e a função encerra a sua execução (ou seja, a chamada vertical(3) não tem mais o que fazer e se encerra)
      • ainda estamos dentro da chamada vertical(31), e agora podemos executar o passo 2.2, que é imprimir o valor de 31 % 10 - o resto da divisão de 31 por 10, ou seja, 1.
    • ainda estamos dentro da chamada vertical(312), e agora podemos executar o passo 2.2, que é imprimir o valor de 312 % 10, ou seja, 2
  • ainda estamos dentro da chamada vertical(3124), e agora podemos executar o passo 2.2, que é imprimir o valor de 3124 % 10, ou seja, 4

Assim, o algoritmo imprime 3, 1, 2 e 4, nesta ordem. O que pode confundir é o fato de que a cada chamada recursiva o contexto muda: o número sendo analisado é outro, embora o algoritmo seja o mesmo.

Outro detalhe é que a cada chamada que entra no else, o passo 2.2 precisa esperar o passo 2.1 terminar. Mas como o passo 2.1 é a chamada recursiva, ela pode chamar novamente o passo 2.1, que faz outra chamada recursiva (e precisa esperar ela retornar para executar seu próprio passo 2.2) e assim por diante.

1

A ideia da recursão sub dividir o problema em problemas menores para que possa ser resolvido

 def vertical(n):
    if n < 10:
        print(n)
    else:
        vertical(n//10) # // divisão inteira 
        print(n%10) # modulo da divisão


# entrada

n = 3124
vertical(n) # n = 3124
vertical(n) # n = 312
vertical(n) # n = 31
vertical(n) # n = 3

funcionamento algoritmo vai executar todas as recursões passando divisão inteira ate ele cair no caso base que seria n < 10 e vai resolver debaixo para cima você pode pensar que ele coloca em uma pilha e depois remove da pilha obtendo o resultado na vertical para obter os resultados ele vai tirando modulo da divisão no print

3 
1 
2 
4
  • 1
    Teria como detalhar um pouco mais? Este programa em específico me deixou confuso. – Ed S 20/12/19 às 12:47

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.