13
  • Qual a diferença entre eles no contexto de programação?

  • Posso usar esses termos de forma intercambiável?

  • Caso eles sejam diferentes, qual é o termo correto para definir o que escrevemos?

2 Respostas 2

15

As pessoas os usam de forma intercambiável em muitos casos, mas não deveriam porque os significados precisos não são a mesma coisa, e é até difícil defini-los claramente, pelo menos em português.

Óbvio que o importante na maior parte do tempo é ser compreendido, se não tiver ambiguidade pode usar.

Código deveria ser algo amplo, mas tem muita gente que usa como se fosse algo específico, chama de código algo menor, algo que é um trecho, algo que pode ser uma instrução ou comando, mas ele só deveria ser usado formalmente para o todo.

Estritamente falando instrução só é usado em código baixo nível e se refere ao menor comando possível que o processador pode executar, é uma operação simples que ele consegue fazer, tal como fazer uma operação aritmética ou relacional, transportar dado nos registradores ou memória ou controlar o fluxo de execução do código.

Mas há algum uso informal quando se trata de linguagens de alto nível. Se usado corretamente o termo instrução deveria ser para algo mínimo, uma operação simples que a linguagem ou biblioteca manda executar, mesmo que ali já tenha uma grande abstração. Algumas pessoas usam como sinônimo exato para comando.

O comando é um meio termo, ele nem é algo mais complexo, ele determina algo maior a ser executado, embora possa eventualmente ser uma instrução simples, mas só porque tudo o que o comando quer fazer é simples mesmo, mas não é o todo.

O termo é um pouco controverso e na verdade usamos ele para traduzir statement que na verdade é só uma declaração, mas não só uma declaração de variável ou função, é a declaração de intenção do que quer que o computador execute.

Se estiver falando neste contexto seria isto, em outros contextos pode nem ter a ver com o código e sim com arquitetura ou engenharia geral.

A pergunta linkada no comentário acima tem resposta usando declaração como declaration mesmo, o que eu acho que sequer era a intenção da pergunta, mas enfim. Eu estou usando declaração como statement.

E justamente por criar essa confusão é comum preferirmos chamar de comando (que em inglês deveria ser command). Eu falei que era confuso logo no começo :)

if (x == 1 && y > 0) return;

Aí tem um (trecho de) código, que é um comando, composto por instruções (if, x == 1, y > 0, a condição composta por estas 2 relacionadas com && e o return). Como em alto nível não se costuma usar instrução, alguns podem entender um pouco diferente e pode até falar informalmente que este código todo seja uma instrução.

Então o comando pode ser considerado tudo o que está em uma linha (mesmo que tenha quebra visual de linha, mas ainda é uma linha no sentido de execução).

Lembrando que estou usando os termos muito informalmente, mas que foi popularizado assim.

3
+25

Segundo a Wikipedia:

Um programa em código de máquina consiste de uma sequência de bytes que correspondem a instruções a serem executadas pelo processador. [...] Uma instrução em código de máquina consiste em uma sequência de bytes, onde cada byte significa algo para o processador.

Entende-se, por isso, que um código é um conjunto de instruções. Novamente, segundo a Wikipedia:

Em ciência da computação, uma instrução é uma operação única executada por um processador e definida por um conjunto de instruções. Num sentido amplo, uma "instrução" pode ser qualquer representação de um elemento num programa executável, tal como um bytecode.

E segundo a Anhanguera de Niterói:

Uma instrução de máquina é a formalização de uma instrução primitiva que a máquina pode realizar diretamente.

Uma instrução é a menor ação que pode ser feita em um computador usando programação. Corresponderia a uma ação a baixo nível, como uma instrução em Assembly, ou mesmo uma instrução binária escrita em linguagem de máquina.

Ainda, segundo a Wikipedia:

Comando em informática é a representação atômica e elementar de uma ação do computador, podendo ser invocada por usuário, sistemas aplicativos ou programas.

Embora seja usada no contexto cotidiano como uma função ou operação (ex: goto, do...while, etc), o conceito mais "correto" de um comando, segundo o meu entendimento, é parecido com o de instrução: um comando único, indivisível. A menor coisa que pode ser feita em um programa.

Relacionado:

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.